A pequena Monte Verde, a apenas 170km de São Paulo, é destino queridinho por casais apaixonados em busca de frio e aconchego. Mas, acredite, a cidade oferece muito mais que isso. É também destino ideal para amantes de gastronomia e o Festival Gastronômico de Monte Verde, que esse ano completa sua 8ª edição, é a prova disso.

Localizada ao sul de Minas Gerais, a charmosa Monte Verde possui um ar europeu que se mistura a hospitalidade típica do povo mineiro, e somado ao fato de ter mais de 200 hotéis e pousadas e uma infinidade de boas opções gastronômicas, tornou-se um dos destinos turísticos mais procurado de MG.

Uma boa oportunidade para conhecer ou revisitar a cidade será a 8ª edição do Festival Gastronômico de Monte Verde, que acontece de 18 a 29 de outubro, com o tema principal “Sabores e Saberes da Serra”. Serão mais de 25 estabelecimentos participantes, com pratos criados exclusivamente para o evento, além de programação com diversas palestras, oficinas e aulas com chefs convidados e locais. Para conferir a programação completa, clique aqui.

O Viagem&Gastronomia teve o privilegio de conferir em primeira mão alguns pratos e estabelecimentos que irão participar do festival, confira abaixo:

A Casa do Fondue, ideal para esquentar as noites de frio da cidade serrana, o restaurante tem uma infinidade de fondues, desde os tradicionais até de leite ninho, além de rodízio de fondue, daqueles que fazem a gente esquecer completamente a dieta. Para o festival o menu especial será um Consomê de Vinho (filé mignon, frango, oito tipos de molho, batata temperada, batata rosti, mini salsicha, legumes e pães).

Consumê de Vinho da A Casa do Fondue – Rua Rolinha, 50 (Foto: divulgação)

Garagem Vemaguet 67, ambiente descolado e com mesinhas ao ar livre, terá como estrela do festival uma gostosa costelinha suína ao molho de vinho tinto com risoto de abobrinha servido em uma cestinha de parmesão. Muito saboroso!

Costelinha com risoto de abobrinha da Garagem Vemaguet 67 – Av. Monte Verde, 653 (Foto: Tina Bornstein)

Villa Amarela, o restaurante e bar tem cardápio variado, com muitas opções de entradas, saladas, carnes, pescados e massas, mas a especialidade da casa é a comida mineira. O prato participante do festival é o leitão à pururuca, uma farta porção (eles dizem que é para duas pessoas, mas serve facilmente três) com torresmo, tutu de feijão, banana frita, ovo frito, couve refogada, linguiça calabresa e, é claro, três bons pedaços de leitão.

Leitão à pururuca da Villa Amarela – Av. da Fazenda, 10 (Foto: Tina Bornstein)

Villa Donna Bistrô, o pequeno e aconchegante bistrô é comandado por Dona Sônia, que serve ótimas massas, polentas e risotos. Para o festival, o prato especial será um gnocchi de batata da terra frito com molho de tomate e ragu com quatro tipos de carne de comer rezando.

Gnocchi de batata da terra frito da Villa Dona Bistrô, na Galeria Europa – Rua Rolinha, 33 (Foto: divulgação)

Outros programas gastronômicos bacanas para fazer durante sua estadia:

Arsenal da Cerveja, um empório de cerveja com rótulos do mundo todo, tanto para consumir no local quanto para levar para casa. O sommelier do local entende tudo e é ótimo para indicar as cervejas que melhor harmonizam com cada tipo de prato.

Arsenal da cerveja – Av. Monte Verde, 858 (Foto: Tina Bornstein)

Geleias Edelweiss, a marca é bem conhecida na cidade e mantém uma loja no centrinho, além da fábrica em um sítio nos arredores. Produz 16 sabores de geleia, entre elas sabores inusitados e que são uma delícia como caju, physalis e maça com gengibre, além de doces de corte. O carro-chefe da marca é a geleia de morango, que vem com pedaços inteiros da fruta.

Geleia de morango Edelweiss – Av. Monte Verde, 856 (Foto: Tina Bornstein)

Manduca Embutidos Artesanais, uma pequena fábrica de embutidos artesanais que tem um espaço para degustações e venda dos produtos. Para o festival, terão alguns produtos especiais como bacon e joelho defumado sem osso. Precisa agendar visitação.

Manduca Embutidos Artesanais – Rua do Selado, 600 (Foto: Tina Bornstein)

Mistral Verde, uma distribuidora de vinhos que em seu pequeno espaço oferece degustações com a venda de vinho em taça, além de petiscos para acompanhar. No catálogo, uma surpreendente linha de vinhos mineiros da vinícola Luiz Porto, vale experimentar.  Rua Rolinha, 33 – loja 2.

    Pousada Carícia do Vento

    Onde Ficar
    Ficamos hospedadas na Pousada Carícia do Vento, muito bem localizada, é possível ir a pé para o centrinho. Tem desde românticos chalés até confortáveis quartos na casa principal. O café da manhã é farto, com deliciosas opções caseiras de bolos, doces e pães. Serviço atencioso. R. Parelha, 128 - Centro / Tel: (35) 3438-2828
    http://www.pousadacariciadovento.com.br/

    Posts relacionados