A qualidade de vida em Genebra, na Suíça, também reflete na sua gastronomia. A terra dos bancos, relojoarias, chocolates e fondues tem uma pluralidade gastronômica que encanta. São diversos estrelados, muitas pequenas e simpáticas casas e tantos outros cantinhos charmosos, ideal para um bom chocolate quente.

Auberge de Savièse, para um tradicional fondue 

Falando em fondue e raclettes, afinal estamos na Suíça, o Auberge de Saviése é aconchegante e muito frequentado por locais. Além do tradicional e saboroso fondue de queijo gruyére (Chf $24), o chef Mathias Bigot desenvolveu uma técnica de cozinhar o queijo de cabra e oferece a opção sem lactose (Chf $29).

A mesa mais disputada

O tradicional e mais antigo hotel da cidade, Beau Rivage, abriga o La Chat Bottè, um premiado francês/mediterrâneo. O mais requintado restaurante de Genebra quebra sua formalidade com um serviço atencioso e muito eficiente. Aliás, serviço impecável parece palavra de ordem na cidade. O menu degustação de três pratos custa Chf $120 e Chf $150 o com quatro.

Entre as delícias, os Dublin Prawns in kadaïf, lagostins crocantes enrolados em uma massa bem fina, com um molho cítrico a base de diversos tipos de limões e laranjas, mais tomate seco. No almoço, existe uma opção mais em conta de 60 francos com dois tipos de pratos.

Asian

Para os amantes da culinária asiática e japonesa, são três as opções imperdíveis. No hotel La Reserve está um achado da gastronomia cantonesa, o estrelado Tsé Fung do chef Frank Xu. Suas delícias podem ser provadas em um menu fechado ou a la carte. A degustação Emerald (Chf $148) tem oito pratos, entre eles Fried Rice (arroz frito), assinatura do chef Xu. Já o menu Diamond (Chf $188), oferece o imperdível Pecking Duck Two ways, o pato laqueado em duas formas, uma delas a tradicional panqueca e a outra arroz de pato.

Na cobertura do hotel Four Seasons, está o Izumi, melhor japonês de Genebra. No verão e dias com clima gostoso, ele muda para o rooftop, que tem uma vista maravilhosa da cidade. Peça o Tataki de salmão (Chf $18) com molho de mostarda e missô. Não se cansou da culinária do oriente?

Em frente ao La Chat Botté, no hotel Beau Rivage, o Patara é o melhor tailandês da cidade.

A terra do Chocolate

A bicentenária (desde 1818) Martel Chocolatièr Genève faz sucesso pela sua patisserie e doces. As eclairs e macarrons são deliciosos. A casa ainda tem um café para degustar as delícias ali mesmo, com um bom chocolate quente (overdose de chocolate!).

Em frente ao lago Léman de Genebra, na praça do Monumento Brunswick, uma simpática casinha de madeira e suas mesinhas espalhadas pela praça chama à atenção. O Cottage Café é um convite para uma parada em plena a Quai du Mont-Blanc. Com sorte, além da vista linda do centro antigo da cidade, poderá observar a Mont Blanc, uma das maiores montanhas dos Alpes e de toda Europa. Para pedir? Há um menu repleto desde rótulos de cervejas e vinhos, para um ótimo fim de tarde, até um gostoso chocolate quente para aquecer os dias frios.

*Fotos: Daniela Filomeno 

Posts relacionados