Foto: divulgação

Já se perguntou onde os chefs mais badalados do país comem quando não estão comandando seus restaurantes? Na nossa coluna “Onde os chefs comem” eles abrem o jogo e contam quais seus locais e pratos prediletos. O convidado de hoje é Riccardo Rossi, chef do Pina Restaurante, em São Paulo.

Nascido em Manciano, na Toscana, Riccardo Rossi nunca imaginou outro ofício. A avó era cozinheira, a mãe também e, por mais que ele não tivesse o desejo de trabalhar em suas trattorias, tinha certeza que queria cozinhar. Seu primeiro trabalho foi no De Caino, na época uma estrela Michelin, em Montemerano. Riccardo ainda passou pelo Il Pellicano (também estrelado, em Porto Ercole), foi para Londres, onde também passou por restaurantes italianos, e, na sequência, passou sete anos no Relais La Suvera (em Siena). Aos 23, 24 anos foi a vez do cozinheiro implementar a culinária italiana na Rússia e nos Estados Unidos. Desde 2014 fincou raízes por aqui.

Pizzaria Speranza: Gosto muito de ir lá, porque o atendimento é bom e a pizza lembra muito as feitas na Itália. Meu pedido de sempre é a Marguerita especial.

R. Treze de Maio, 1004 – Bela Vista / Tel: (11) 3288-8502 (Foto: divulgação)

Barbacoa: O rodízio deles é de primeira. Nunca falham no ponto da carne (principalmente, quando se pede a mal passada). Também é imbatível o buffet de saladas: farto e rico de opções.

R. Dr. Renato Paes de Barros, 65 – Itaim / Tel: (11) 3168-5522 (Foto: divulgação)

Mocotó: Apesar de ser distante de onde moro, quando surge uma oportunidade eu vou, porque vale muito a pena. O atendimento pode não ser o melhor, mas a comida é saborosa demais. O meu prato favorito de lá é o escondidinho de carne seca. Todas as vezes que vou, não consigo resistir a porção de torresmo!

Av. Nossa Senhora do Loreto, 1.100 – Vila Medeiros / Tel: (11)  2951-3056 (Foto: divulgação)

Veloso Bar: Já fui lá muitas vezes! Adoro sentar na bancada do bar, ficar conversando com o Genésio. Suas caipirinhas são demais e a coxinha é de gourmet.

R. Conceição Veloso, 54 – Vila Mariana / Tel: (11) 5572-0254 (Foto: divulgação)

Cabana Burger: Desde que fui pela primeira vez, virei freguês. Adorei o burger e a batata frita com o sabor de alecrim. Lembra a batata feita pela minha avó.

Rua Oscar Freire, 56 / R. Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 753 / Shopping Morumbi (Foto: divulgação)

 

Sobre o Restaurante PINA, comandado por Riccardo Rossi:

Foto: divulgação

Plantas, imagens da Toscana do início do século 20, frases em italiano, um mezanino e um parklet florido tornam o pequenino Pina especialmente aconchegante. Ali, sem afetações, o chef Ricardo Rossi prepara e serve o que ele mesmo comeria. Como quase todos os restaurantes típicos de sua região, incluindo os que sua avó e sua mãe tiveram, a cozinha do Pina é clássica, sem invencionices. No cardápio, há o spaghetti pomodoro e basilico (“No tomate não vai açúcar e nem cenoura, faço como se estivesse na Itália”), carbonara e ao pici al pesto di dragoncello (fio mais grosso enrolado à mão com molho à base de estragão), assim como as versões recheadas. Entre elas, os raviólis, seja o recheado com abóbora e cantucci (biscoito de amêndoas) servido com fonduta de queijo pecorino trufada, seja o de vitelo ao molho de limão e noz moscada. Para finalizar, o tiramisù, feito com autêntico mascarpone e finalizado à mesa com uma dose de espresso bem tirado, disputa a preferência dos habitués com a mousse de zabaione e vinho marsala.

Pina

Jacurici, 27 – Itaim Bibi / Tel.: (11) 3071 2501 / Horário funcionamento: Segunda-feira à domingo: das 12h às 15h – Quarta/Quinta/Sexta-feira e sábado: também das 19h às 23h

 

Confira também os restaurantes queridinhos do chef José Barattino, do Eataly SP:

Onde os chefs comem? Com José Barattino, chef do Eataly SP

 

Posts relacionados