No mesmo lugar (e dos mesmos donos) do antigo UN, o restaurante Ichi abre as portas na Rua Padre João Manuel, nos Jardins, com releituras de clássicos da culinária japonesa e carta de drinks, que é uma atração à parte.

São Paulo, SP – Comandado pela sushiwoman Alice Celidonio, uma das raras mulheres brasileiras a assumir o balcão de um sushibar, o restaurante com ares moderninhos oferece o combo que tem feito sucesso na capital paulista: ambiente badalado, DJ, boa comida e ótimos drinks.

New style sashimi de salmão (Foto: Tina Bornstein)

O cardápio muito bem executado foi desenvolvido com base na culinária tradicional japonesa, porém as apresentações são modernas e impressionam.  De entrada peça o shot de ostra, com sake, molho ponzu, picles de pepino e wasabi (R$ 18), diferente e delicioso. Para quem frequentava o UN, o famoso bolinho de arroz frito crocante com tartar de atum ou salmão foi mantido no cardápio (R$ 22, atum e R$ 18, salmão).

No menu ainda tem buns, os pães cozidos no vapor que têm feito sucesso no Brasil, recheados de barriga de porco (R$ 14, dupla), salmão (R$ 14), tartar de wagyu com trufas negras, escalope de foie gras e tempurá de cebola (R$ 36) ou vegetariano (R$ 14), tartares servidos com molho a base de wasabi e shoyu (R$ 39, atum ou R$ 32, salmão), e os chamados new style sashimis, temperados com gengibre, cebolete, gergelim, selados com azeite quente e finalizados com molho cítrico, que são divinos (R$ 25, peixe branco – R$ 40, vieiras – R$ 28, polvo – R$ 22, salmão).

10 restaurantes tradicionais japoneses em SP

Claro que os sushis e sashimis também são deliciosos e completam a refeição, mas se quiser algo diferente peça o Daikon roll, com uma manta de nabo, alga nori, pepino, abacate, cebolinhas, ovas de massagô e peixes (R$ 22) ou o roll de siri mole, empanado e frito, com abacate, cebolinhas e ovas de massago (R$ 28). Uma outra ótima opção é o ceviche de lula com caju (R$ 32) ou o de peixes com frutos do mar (R$ 38).

Ceviche de lula com caju (Foto: Tina Bornstein)
Salada de cogumelo (Foto: Tina Bornstein)

Os vegetarianos têm bastante opções, como o ceviche de quinoa, cogumelos e abacate (R$ 27), a salada deliciosa – que mesmo quem não for vegetariano vale experimentar – de cogumelo, queijo parmesão, alho poró frito e azeite trufado (R$ 29), além de tirashi de cogumelos salteado com legumes (R$ 28) e um tartar de abacate (R$ 18).

Primeiro restaurante especializado em comida japonesa vegana abre na capital paulista 

Já a carta de drinks fica sob os cuidados dos especialistas Fernando Spolaor e Leonardo Massoni, que dividiram da seguinte maneira: shots, drinks de assinatura, vintages, gin & tonic, para dividir e garrafas e doses. Os drinques autorais contêm referências diretas da cultura milenar japonesa, com itens que remetem ao Japão místico.

Entre os de assinatura está o AHASHIMA (R$ 32), que leva J.W. Double Black, Sake Ju Daiti, Norishiroppu, Daidai, Supaishina awa (espuma de gengibre com wassabi), guarnecido com katsuobushi e smoke bitter. Os drinques vintages são inspirados no pai da coquetelaria japonesa, o alemão Louis Eppinger, e se referem a coquetéis clássicos criados em solo japonês ou com a intenção de homenagear a troca de culturas com outros países. Por exemplo, o BAMBOO COCKTAIL (R$ 36,00), combina vinho Jerrez, Noilly Prat, orange bitter, angostura bitter e twist de limão siciliano. O MILLION DOLLAR (R$ 36), outra indicação de Massoni e Spolaor, leva Gin Tanqueray, Carpano Clássico, Noilly Prat, abacaxi, clara de ovo e abacaxi desidratado.

Com funcionamento somente durante a noite, o ambiente de 240 m² tem decoração moderna e iluminação planejada, que muda de cor de acordo com o set list do DJ convidado, e que fica mais noturna com o passar da hora. Ótimo ambiente para reunir os amigos!


Ichi Restaurante Japonês
Rua Padre João Manoel, 1.050 – Jardins / São Paulo – SP / Funcionamento: Terça-feira à Sábado das 19:00 à 01:00 e Domingo das 19:00 à 00:00

Posts relacionados