Contato com a natureza e trilhas com paisagens estonteantes recheadas de muita história. Estes já seriam motivos suficientes para visitar o Peru, mas imagina viajar com mais um propósito? Esta é a nova tendência em viagens de luxo, ou seja, buscar hotéis que respeitem a cultura local, preservem as raízes e ofereçam uma imersão profunda na cultura local.

Vale Sagrado, Peru – Bem no coração do Vale Sagrado, coração do Império Inca, o Explora Valle Sagrado é um exemplo destes locais que trouxeram propósito às viagens e convidam para uma imersão mais profunda. O hotel está às margens do rio Urubamba, em uma das fazendas mais remotas do vale, perto do pequeno povoado de Urquillos, entre Cusco e Machu Picchu. Rodeado pelos mais importantes vestígios dos Incas, o Explora Valle Sagrado precisou de nove anos para absorver a cultura, história e geografia do lugar e os resultados falam por si.

Explora fica em um vale em meio ao Vale Sagrado

Grande parte do tempo de desenvolvimento foi dedicado à descoberta de novas rotas, seguido de um convite para explorar. Cada rota é uma viagem em si, e foi projetada para oferecer uma compreensão mais profunda do que os rodeia. As explorações incluem opções de trilhas a pé, de bicicleta ou rotas contemplativas com van pelas paisagens da região, sítios arqueológicos e povoados locais.

Por dentro do novo restaurante MIL Centro em Moray, de Virgílio Martinez (Central)

Casa de Banho Pumacahua (Foto: Rodrigo Zorzi)

Com 50 quartos, o Explora oferece sofisticação, boa gastronomia e serviço atencioso. A sua localização é privilegiada para explorar as paisagens do Vale Sagrado, com muitas explorações exclusivas e propostas diferenciadas de entrar em contato com a cultura local. Todos os planos do hotel incluem hospedagem, transferências, refeições e bebidas, e uma seleção de mais de 20 explorações desenvolvidas pelo Explora. Uma delas é a visita à comunidade de Cuper Bajo, associada a visita de Chinchero (veja mais), onde pode observar de perto o processo das tecelãs que mantém a tradição na fabricação de tecidos e peças de alpaca. O hotel também oferece uma caminhada com visita as Salinas de Maras (confira matéria aqui), que é imperdível.

Jacuzzi do explora (Foto: Rodrigo Zorzi)

Onde comer em Cusco e Vale Sagrado

Como chegar?

Após o desembarque em Lima, capital do Peru, os viajantes devem fazer uma conexão para a cidade de Cusco. Uma vez em Cusco, a equipe do hotel Explora se encarrega de buscar os hóspedes – que depois de uma estrada de 1h30, chegam ao Explora Valle Sagrado.

Quando visitar?

O Peru tem duas estações marcantes: seca e úmida. O inverno é o período seco, que vai de abril a outubro. Já o verão, é húmido, o que significa chuvas e vai de novembro a março. o Peru tem mais uma peculiaridade: seu território abriga de deserto a Floresta Amazônica, isso significa que deve consultar o clima da região que pretende visitar, já que formam microclimas.

Vista do Explora (Foto: Daniela Filomeno)

O Vale Sagrado é melhor ser visitado no inverno, fora da estação chuvosa. De abril a outubro são as melhores épocas para visitar . De novembro a março chove muito, não é recomendável. Lembre que o clima no Vale Sagrado muda muito rapidamente o dia todo, é possível ver chuva, frio, calor e vento em um mesmo dia. Ou seja, uma mala com peças impermeáveis e trocas de roupas é essencial. E não esqueça tênis de caminhada. Vai precisar!

Conheça o povoado peruano que parou no tempo

 

Posts relacionados