Florestas tropicais, praias paradisíacas, montanhas verdes debruçadas ao mar e cachoeiras abundantes. Gastronomia, resorts luxuosos, cidades descontraídas, surfe, mergulho e vida animal. Um pequeno resumo do Havaí, que faz entender o porquê quem vai para lá volta encantado

Quando pensava no Havaí eu só tinha a imagem de surfistas, praias rústicas e tubarões. Sim, é uma visão um tanto limitada, mas também nunca havia me interessado em pesquisar e saber mais deste lugar tão distante. Talvez exatamente por este motivo: é muito longe. E agora não só mudei de ideia como já estou planejando a próxima visita para explorar todas as outras ilhas. O Havaí vale o investimento de tempo e dinheiro.

Montanhas de origem vulcânica, muito verde e um mar azul anil impressionante (foto: Shutterstock)

Para começar, vale saber: Havaí (ou Hawaii) fica nos Estados Unidos e faz parte dos 50 estados norte americano. Pode parecer besteira, mas muita gente pensa que é um país. Trata-se de um arquipélago composto por 100 ilhas no Oceano Pacífico, sendo o mais isolado dos estados, a mais de 3 mil km do continente. Sua formação vulcânica é o ambiente ideal para a vida marinha, ondas para deixar os mais exigentes surfistas satisfeitos e muitas outras atividades. É um local para descanso e para se reconectar com a natureza.

Tons de azul, muitos corais e riqueza de vidas marinha e vegetal de Wreck beach, em Lanai (foto:@danielafilomenoseripieri)

Das 100 ilhas, atóis, ilhéus que compõem o arquipélago, são oito as principais: Big Island (Hawai’i), Kauai, Lanai, Maui, Molokai e Oahu. Sendo que duas não são abertas para visitação: Kaho’olawe (antigo alvo de teste de armas) e Ni’ihau (também da marinha). O Havaí oferece uma combinação espetacular de natureza, praias lindas, vulcões, cachoeiras…junto com cidades, como Honolulu, que é a maior delas. Para chegar são quase 9h de voo de Dallas ou Houston ou 6h de Los Angeles; mas assim que chegar, em poucas horas, irá esquecer o longo voo e verá que vale a pena. É lindo!

Na Pali Coast (foto: Shutterstock)

A economia tem o turismo como primeira fonte de renda. E eles levam isso a sério, o que se traduz em um serviço atencioso, gentil e eficiente. Ainda mais nos resorts cinco estrelas espalhadas pelas ilhas. Curiosidade: Barack Obama é o único presidente dos Estados Unidos nascido no estado do Havaí, em Waikiki (Oahu).

Com praias lindas e um mar de um azul anil que chega a hipnotizar, cada ilha é especial. Resultado? Certamente vai querer voltar muitas outras vezes para admirar e explorar esta maravilha do turismo e da natureza.

Ilhas do Havaí:

Kauai

Quarta maior ilha do Havaí também é chamada de “Ilha-Jardim”, tamanha sua imensidão verde. Não é à toa que os filmes Jurassic Park e Jurassic World foram filmados quase inteiros por lá. Fica bem ao norte e tem sua geografia marcada por montanhas altas que desaguam no mar, com muitas cachoeiras. É a ilha ideal para os amantes de esportes ao ar livre, como caiaque no rio Wailua ou trilha pelo Kokee State Park. Aqui fica o famoso Waimea Canyon e as montanhas em espiral da costa de Na Pali.

Os cânions verdes de Kauai (foto: Shutterstock)

Oahu

Mais populosa ilha, Oahu é a moradia da maioria dos havaianos e chamado de “coração do Havaí”. Honolulu é a capital e maior cidade, além de ser um hub de voos para outras ilhas. Levando o título de cidade grande, tem arranha-céus que contrastam com o jeito e vida relax dos turistas que a procuram. Visite Pearl Haurbor e seu museu para entender um pouco da Segunda Guerra Mundial.

A capital do Havaí, Honolulu, contrasta o verde e mar com seus arranha-céus (foto: Shutterstock)

Oahu ainda abriga a meca dos surfistas, famosas por suas ondas gigantes, North Shore. Com clima praiano e descontraído, contrasta com a cidade grande. A temporada de surfe é de novembro a fevereiro. A ensolarada costa de Leeward Coast abriga luxuosos hotéis, como o Four Seasons Oahu, e os parques Paradise Cove Luau e Wet n’ Wild Hawaii.

Waikiki Beach em Honolulu (foto: Shutterstock)

Big Island

Big Island, originalmente Hawai’i, abriga nada menos que cinco vulcões em seu território. Dentro do Hawaii Volcanoes National Park, tem dois ativos (Kilauea e Mauna), um em repouso, um extinto e um embaixo d’água.

Contraste da lava e a floresta na Big Island (foto:@danielafilomenoseripieri)

O Kilauea, o mais ativo do mundo, está em erupção desde 1963 e faz o território da ilha crescer a cada dia (aqui sobre onde ver as erupções). A costa de Big Island é cheia de cachoeiras, uma seguida da outra, formando uma paisagem impressionante, florestas tropicais e praias estonteantes, inclusive a mais famosa de areias negras, a Punaluu Black Sand Beach. De cidades a natureza, a Big Island é parada obrigatória no roteiro no Havaí.

Cachoeiras na costa (foto:@danielafilomenoseripieri)

Maui

A segunda maior ilha do Havaí é imperdível no inverno: seu canal é palco da migração das baleias jubartes e berçário, onde um verdadeiro espetáculo da natureza acontece. O passeio de barco é inesquecível, são tantas, que até em um sobrevoo de uma ilha para outra dá para ver as baleias e seus filhotes. O Santuário Marinho Nacional da Baleia fica entre as ilhas de Maui e Lanai. Maui ainda possui o Haleakalā National Park e a estrada cenográfica Hana Highway.

Makena Beach, em Maui (foto: Shutterstock)

Maui também é famosa por suas praias, com 120 milhas de costa, destas 30 milhas de praias, muitas com estrutura para receber turistas.

Lanai

Ilha com 98% de seu território particular pertencente a Larry Ellison, da Oracle, Lanai tem grande parte do seu território vazio. Apenas três estradas e uma pequena vila, perto do seu aeroporto. A praia de Hulopo’e atrai visitantes de Maui que atravessam a balsa em busca de sua localização: o Parque Nacional. Esta pequena baía é habitat de golfinhos e uma quantidade expressiva de vida marinha, devido a barreira de corais (ótimo para mergulho e snorkel).

Hulopo’e Beach em Lanai (foto:@danielafilomenoseripieri)

Lanai também é conhecida pela Wreck Beach, onde há um grande navio naufragado, e pelo “Garden of the Gods”, jardim de pedras com aspecto da cratera lunar.

Molokai

Com os mais altos penhascos à beira-mar do mundo, a ilha de Molokai abriga o Parque Histórico Nacional Kalaupapa e a maior concentração da população nativa, que ainda vive a base de atividade rural. A praia Papohaku é uma das maiores de areia branca do Havaí com quase 5km de extensão, também chamada de Three Mile Beach. A ilha ainda tem colônias de isolamento de portadores de lepra preservadas, desde seu fechamento em 1969.

Como estive somente em Lanai, Maui (à bordo) e Big Island (vulcões), o site Visite os USA tem uma série de dicas de onde visitar no Havaí.

Posts relacionados