Aos poucos a capital paulistana vai se movimentando após as festas de final de ano. Selecionamos poucos (mas ótimos!) programas para este fim de semana em São Paulo. Confira abaixo:

COMER E BEBER 

O que fazer em SP no primeiro fim de semana de 2019?
O Ozoni é uma clássica sopa japonesa para o início do ano (Foto: divulgação)

Ao novo ano!

As primeiras semanas do mês serão marcadas com novidades da chef Telma Shiaraishi, do restaurante Aizomê. O Ozoni, uma sopa tradicionalmente preparada pelos japoneses no primeiro dia do Ano Novo, será servida pela cozinheira em duas versões: na pop-up do Aizomê na Japan House São Paulo e no próprio restaurante. O prato quente contém mochi (bolinho à base de arroz socado) e outros ingredientes (no Japão cada região tem sua própria versão).  A receita da Japan House leva caldo de frango em sua base, kombu, cogumelos, vegetais, mochi branco grelhado, cenoura, nabo, bardana e acelga, com cebolinha e myoga finalizando. Já no Aizomê, o preparo é feito com caldo à base de caldo de pato com fatias de magret, cenoura, nabo, bardana, acelga, mochi branco e mochi verde grelhados, finalizado com cebolinha e myoga. Na Japan House está disponível desde ontem, 2, e será servida até o dia 6, por R$10. No Aizomê, o Ozoni entra no cardápio a partir do dia 8 e fica até 12 de janeiro. Pode ser pedido como um dos itens do almoço ou jantar e também no menu à la carte, por R$40. Onde? Japan House São Paulo – Avenida Paulista, 52 / Aizomê Restaurante – Alameda Fernão Cardim, 39 / Quando? Japan House: 2 a 6 de janeiro / Aizomê: 8 a 12 de janeiro 

Mais brunch

O Camden House, um dos clássicos endereços para brunch em São Paulo, conta com uma novidade: essa refeição deliciosa, estendida até o meio da tarde, será servida todos os dias. Agora é possível saborear panquecas, eggs benedicts e toasts em qualquer dia da semana, de terça a sexta, das 8h às 16h. Entre as opções oferecidas estão a bruschetta de avocado, feita no pão da casa, com espinafre, queijo de cabra, bacon e tomate confitado, acompanhada de iogurte caseiro com manga, banana, mel e chia embebida em leite de coco natural (R$39). As panquecas são servidas em três versões: tradicional com manteiga e maple (R$27); com compota de frutas vermelhas (R$19) ou com bacon e maple (R$29). Há também opções de ovos pochés, acompanhados por molho holandês e muffin inglês, além dos benedicts (com bacon, R$29), florentine (com espinafre, R$29) ou royale (com peixe de pesca sustentável, curado na cozinha, R$31). Há também o clássico café continental, além do autêntico café inglês. O continental (típico da Europa) é servido com pães feito na casa, ovos mexidos, manteiga, compota, mel, iogurte e granola (R$38). Já o inglês é uma opção mais robusta, com linguiças, cogumelos, ovos fitos, feijão e bacon (R$42). A casa também inclui ice teas – leves e refrescantes – em seu cardápio. Onde? Rua Manuel Guedes, 243 – Itaim Bibi

O que fazer em SP no primeiro fim de semana de 2019?
O Café Continental é uma das novidades do Camden House, servido com pães, ovos mexidos, manteiga, compota, mel, iogurte e granola (Foto: Mário Rodrigues)

KIDS

Ritmo de férias

O Museu da Imigração privilegia as crianças nesta temporada de férias. O “Mundo de Brincar” tem início hoje, 3, e acontece até o dia 31 de janeiro, somente de quarta a domingo. Há visitas temáticas, mostra sobre refúgio, contação de histórias, entre outras atividades como parte da programação. O projeto “Mundo de Brincar” traz um ambiente lúdico (que também é oferecido em julho) com uma experiência única, com interação entre pais e filhos, com jogos de tabuleiro, piscina de bolinhas, brinquedos educativos, livros, quebra-cabeças, cama-elástica, fantoches e desenhos para colorir. O espaço foi desenvolvido para crianças de até 10 anos. Na mostra “Sonhos Refugiados”, os desenhos de crianças sírias refugiadas trazem o que elas desejam para o futuro. Veja a programação completa clicando aqui.

CULTURA

#VemProCentro

O Centro de São Paulo tem ganhado cada vez mais atenção ao longo desses anos. Pensando nisso, o Pátio Metrô São Bento oferece uma programação especial durante o mês de janeiro. A partir do dia 8, acontecerão tours guiados pelo triângulo histórico do Centro de São Paulo. Os passeios acontecem às terças-feiras, às 11h, e aos sábados, às 11h e 14h. Cada giro tem cerca de duas horas de duração e sempre saem do Pátio Metrô São Bento, com passagens pela Rua Boa Vista – que engloba a Associação de S. Paulo, Ladeira Porto Geral e Antigo escritório Ramos de Azevedo; Patteo do Collegio; Casa 1, Beco do Pinto, Solar da Marquesa de Santos; Praça da Sé; Largo São Francisco; Rua São Bento – com Largo do Café, Praça Antônio Prado, Edifício Martinelli; Largo São Bento/Mosteiro de São Bento. O ponto de encontro é a Praça da Colmeia, que fica dentro do metrô São Bento, e é necessário retirar a senha para o tour com 20 minutos antecedência. O número máximo de participantes é de 20 pessoas. Onde? Pátio Metrô São Bento – Largo São Bento, s/n – Centro / Quando? Sempre às terças e sábados / Quanto? Gratuito

O que fazer em SP no primeiro fim de semana de 2019?
A Catedral da Sé faz parte do roteiro guiado pelo Centro de São Paulo, oferecido pelo Pátio Metrô São Bento (Foto: Shutterstock)

Atividade física em foco

Neste sábado, 5, tem início a 24ª edição do Sesc Verão. O projeto reúne cerca de 1.800 atividades esportivas e recreativas em todas as unidades de São Paulo capital. Basquete, handebol, voleibol, demonstração de snowboard, patinação artística, surfe, natação, ginástica laboral, passeio ciclístico e aulas de skate são algumas das modalidades que estarão disponíveis até 5 de março. É possível conferir a programação completa no site do Sesc, basta clicar aqui.

FESTAS/SHOWS

Neste fim de semana, entre os dias 4 e 6, Fafá de Belém faz apresentações no Teatro Paulo Austan – no Sesc Pinheiros, saudando o cantor Chico Buarque. A cantora apresenta um repertório com preciosidades buarquianas com músicas que marcaram épocas e se tornam clássicos. “As vitrines”, “Gota d’água”, “Mulheres de Atenas”, “Construção” e “Sob Medida” são algumas delas. Os shows contarão com a presença de João Rebouças, responsável pelo piano; Raul Mascarenhas, no sax; Renato Loyola com o baixo e Ricardo Costa, na bateria. Onde? Rua Pais Leme, 197 – Pinheiros /  Quando? 4, 5 e 6 de janeiro/ Quanto? A partir de R$12

Posts relacionados