O fim de semana chegou e este é ainda mais especial, afinal, é feriado de Páscoa. É uma boa oportunidade para aproveitar a cidade de São Paulo sem tanto movimento. Selecionamos alguns restaurantes que valem a pena e também exposições imperdíveis. Confira todos os detalhes abaixo na agenda V&G da semana

Gastronomia 

Agenda SP: como aproveitar o feriado de Páscoa?
O combinado que acompanha o Teishoku de Outono do Junji Sakamoto (Foto: Carol Fiacadori)

Junji Sakamoto

O restaurante mais descontraído do chef Jun Sakamoto, o Junji Sakamoto, tem mais uma novidade de teishoku individual. Para este outono, ele preparou um combo especial, separado em três etapas e para começar, a sugestão é o tempurá de shissô servido com spicy tuna (duas unidades) e uma saladinha de algas. Seguido por um combinado, com nove peças – sendo três fatias de sashimi (você pode optar por salmão ou atum), três niguiris (atum, peixe branco e salmão) e três baterás. Para finalizar, o prato quente é um yakissoba, servido com costela desfiada. O valor é de R$81 por pessoa e é muito bem servido. Onde? Shopping Iguatemi – Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232 – Jd. Paulistano

Basilicata – Pão, Empório e Restaurante 

O empório, que já clássico no bairro do Bixiga, apresenta sua nova happy hour. O bar tem uma carta de drinques completa e tem variações para todos os gostos. Agora, de segunda a sexta-feira, os clientes poderão aproveitar os coquetéis especiais, feitos com gin, e servidos em dobro. Mas, para quem não abre mão dos clássicos, a Basilicata também sugere o famoso Aperol Sptriz, Pisco Sour e Magarita, Negroni, além dos autorais da Famiglia Basilicata, como o Rossini Basilicata – feito com licor de morangos silvestres, notas de frutas de vermelhas e espumante levemente cítrico e o Siracusa, com Campari, limoncello, limão siciliano, espumante e água gaseificada especial. Onde? Rua Treze de Maio, 596 – Bela Vista

Dinner in The Sky

O projeto, que nasceu na Bélgica (e está presente em mais de 50 países), chega ao Brasil para a temporada de 2019. O evento será realizado durante abril, maio e junho, em frente a Ponte Estaiada do Morumbi. Os participantes sobem, através de um guindaste, e tem uma visão incrível da capital paulista. Há três tipos de “subidas”: almoço (com entrada, prato principal e sobremesa); coquetel/sunset (com aperitivos e sobremesa) e jantar (com entrada fria, entrada quente, prato principal e sobremesa). Todas as experiências acompanham bebidas alcoólicas inclusas, como cerveja, vinhos e gin. Os ingressos variam entre R$350 e R$600 e estão à venda no site, basta clicar aqui, com vagas limitadas.

Onde comer na Páscoa? Selecionamos 25 restaurantes com menus especiais para a data

Gelato Boutique

Para o período de Páscoa, a chef gelatiere Marcia Garbin, da Gelato Boutique, preparou sabores especiais para compor suas vitrines. Entre os dias 17 e 30 de abril, as lojas receberão receitas que são sucesso da gelateria, mas todos criados com base de cacau. São eles: chocolate belga, chocolate antico (sem leite), bianco passione (chocolate branco com maracujá e nibs de cacau), chocolate rubi (chocolate rosa), chocolate gold (chocolate caramelizado). Além disso, os clientes que visitarem as duas unidades da Gelato Boutique, poderão aproveitar a casquinha feita com chocolate sem glúten. Os sabores serão vendidos em pote ou casquinha (pequeno R$13, até 2 sabores / médio R$15, até 3 sabores / grande R$18, até 3 sabores) ou para levar para casa e no delivery, por R$49 com pote de 480ml. Onde? Rua Pamplona, 1023 – Jardins ou Shopping Cidade São Paulo: Avenida Paulista, 1230 – Bela Vista

Wishlist V&G: cinco ovos de Páscoa saudáveis

Bar Candeeiro

Neste mês de abril, o bartender Laércio Zulu introduziu um novo projeto ao Candeeiro, bar em que é responsável pelo balcão. A casa, que enaltece os ingredientes brasileiros, tem como base cachaça, rum e tequila em sua carta de bebidas e, por isso, o “Molhando a Palavra” recebe mixologistas de todo o Brasil para criarem coquetéis com insumos nacionais. O evento, que acontece sempre às segundas, recebe no próximo dia 22, Adriana Pino, vencedora do World Class Brasil 2018, para elaborar seu drinque feito com rum quatro anos, cachaça Tiê branca, fermentado de chá preto, hibisco, dandá e limão rosa. Além disso, Zulu também preparará algum clássico do Candeeiro e ambos os drinque sairão por R$27. Onde? Rua Doutor Melo Alves, 205 – Cerqueira César / Quando? 22 de abril das 19h às 23h

Latitude 12

O circuito gastronômico de São Paulo acaba de ganhar mais um restaurante. Especializado em comida baiana, o Latitude 12 desembarca na Vila Madalena e é comandado pelo chef soteropolitano, Rodrigo Abib, e seuu nome vem de uma referência geográfica da Bahia. Com uma culinária regional, a casa reproduz pratos baianos típicos do litoral, feitos e servidos como nos restaurantes de barracas de praia da capital baiana. No cardápio, é possível encontrar o famoso acarajé servido sem recheio R$12,50/unidade) ou com recheio (R$18/unidade) ou em porções de seis (R$42,90) ou com 12 unidades (R$78,90). Além disso, outros clássicos baianos se apresentam à mesa, como o abará, vatapá e feijão de leite. Nos principais, há sete opções de moqueca, com destaque para a mista de camarão e peixe (R$129,90), para a de siri catado com mamão verde (R$139,90) e para a moqueca vegana, com carne de jaca (R$105,90). Todas elas são preparadas e servidas para duas pessoas. O cardápio ainda conta com opções como o Camarão no abacaxi, uma seleção de camarões servida ao molho de abacaxi ao leite de coco e creme de leite (R$ 159,90); o Bobó de camarão (R$ 159,90) e o escondidinho de carne do sol ou de fumeiro (carne de porco defumada), que saem por R$ 69,90 e também servem bem duas pessoas. Onde? Rua Fradique Coutinho, 1048 – Vila Madalena

Agenda SP: como aproveitar o feriado de Páscoa?
O Acarajé com recheio do novo Latitude 12 (Foto: divulgação)

Confira abaixo a degustação às cegas de ovos de Páscoa do V&G:

Cultura 

Japan House

Neste mês, duas novas exposições desembarcam na Japan House da Avenida Paulista. A partir do dia 23, o público poderá acompanhar de perto a “Japão 47 Artesãos“, que traz design, artesanato, contemporaneidade e tradição. Em cartaz até 17 de julho, a curadoria foi feita pelo designer japonês Kenmei Nagaoka, do D&Department Project. A exposição ocupará o segundo andar da Japan House que terá cenário para descobertas de um Japão moderno, com características, habilidades e sensibilidades através de peças feitas por artesãos das 47 províncias que compõem o Japão. Além disso, a Japão 47 Artesãos traça um panorama do Japão atual, com itens que revelam histórias e características individuais de cada província e demonstra o apreço e respeito que a cultura japonesa carrega por seus conhecimentos milenares e suas técnicas em constante aprimoramento. E, também a partir do dia 23, a Japan House recebe a “Fluidez“, que tem como principais elementos a água, luz e música. A mostra, que ocupará o térreo do centro cultural, tem instalação inédita com assinatura do estúdio de inovação criativa WoW e tem como ponto de partida o movimento das águas e de pequenas partículas, que se assemelham às dinâmicas dos elementos vivos. O resultado é um ambiente fantástico formado por nove pilares de água e partículas metalizadas, com capacidade de 500 litros cada, que a partir de uma ampla sincronia entre movimento, música e luzes, cria um fluxo orgânico com intensa energia e vitalidade. Onde? Avenida Paulista, 52 – Bela Vista / Quando? Japão 47 Artesãos: 23 de abril a 17 de julho / Fluidez: 23 de abril a 4 de agosto

Agenda SP: como aproveitar o feriado de Páscoa?
A partir do dia 23, a Japan House recebe a exposição Japão 47 Artesãos (Foto: divulgação)

MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo

O MAM – localizado no Parque Ibirapuera – recebe a mostra Passado/Futuro/Presente, que é uma exposição de arte contemporânea feita apenas por artistas brasileiros. Ela se refere às relações entre o passado e o futuro e os trabalhos expostos foram feitos com arte enraizada num presente caracterizado pela diversidade sem precedentes e pelo constante intercâmbio de ideias em escala internacional. A mostra inclui pintura, escultura, instalação, fotografia, vídeo e performance e apresenta um olhar sobre a prática de artistas reconhecidos como pioneiros da sua geração. A mostra traz trabalhos de artistas seminais, bem como várias âncoras históricas da década de 1970 que ilustram continuidades e rupturas conceituais entre passado e presente. Cinco núcleos estruturam a exposição com limites porosos, permitindo aos visitantes traçar seus próprios caminhos. Onde? Parque Ibirapuera – Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, acesso pelos portões 1 e 3 / Quando? Até 28 de julho

Agenda SP: como aproveitar o feriado de Páscoa?
Vista aérea do MASP em São Paulo (Foto: Shutterstock)

MASP

A exposição de longa duração do MASP é a “Acervo em Transformação“. Os trabalhos, expostos nos cavaletes de cristal, foram trazidos do Museum of Cntemporary Art Chicago (MCA). Nesta ocasião, a ordem cronológica segundo a qual as obras estão dispostas foi invertida, em uma apresentação que começa com as obras mais recentes até as mais antigas, que estão no fundo da galeria. A seleção inclui lacunas históricas da coleção do MASP, como René Magritte, Wifredo Lam e Roberto Matta; artistas ligados à pop art, como Andy Warhol e Robert Rauschenberg; um artista autodidata, como Forrest Bess, outro fora do circuito euro-americano, caso de Marwan, um artista afro-americano, Kerry James Marshall, outro cubano-americano, Felix Gonzalez Torres, bem como um grande conjunto de obras de mulheres, Cindy Sherman, Cristina Ramberg, Dorothea Tanning, Gertrude Abercrombie, Gladys Nilsson, Louise Bourgeois, Marlene Dumas, Miriam Cahn e Sherrie Levine. Embora haja um foco na arte figurativa, o que reflete a coleção do MASP, algumas obras do MCA flertam com a abstração — como as de Gonzalez Torres e de Levine, do mesmo modo como outras do MASP, como as de Lygia Clark e de Rubem Valentim. Onde? Avenida Paulista, 1578 – Bela Vista / Quando? Até 30 de dezembro 

Kids

Mooca Plaza Shopping

Para quem deseja se sentir em um parque de diversões, mas não quer sair de São Paulo, o Mooca Plaza trouxe uma atração imperdível até 26 de maio. Crianças e adultos poderão aproveitar a Roda-Gigante do shopping. Localizada no estacionamento tem 30 metros de altura e 20 cabines (cada cabine suporta até seis pessoas) e, além disso, o brinquedo ainda tem um jogo de luzes para deixar a atração mais especial. A atração veio diretamente da Itália e tem acessibilidade para pessoas cadeirantes. Os ingressos variam entre R$15 e R$40 e funciona todos os dias, de domingo a segunda, mas com horários distintos: de segunda a quinta-feira das 14h às 22h e sextas, sábados, domingos e feriados, das 10h às 22h. Onde? Rua Capitão Pacheco e Chaves, 313 – Mooca / Quando? Até 26 de maio

Teatro J. Safra

O Teatro J. Safra recebe, a partir deste fim de semana, o musical da “A Pequena Sereia”, pela primeira vez em São Paulo. Inspirado no conto de Hans Christian Andersen, o espetáculo tem texto e direção de André Breda e a adaptação conta a histórica clássica da princesa dos mares, que idealizada o mundo dos seres humanos. Ariel, o personagem principal, tem diversos sonhos que são considerados muito grandes para se limitarem apenas no mar e também em seu coração. A sereia se apaixona por um humano e será capaz de qualquer coisa para conhecer da melhor forma o mundo dele e conta com a ajuda de seus amigos. O musical fica em cartaz até dia 20 de maio e os ingressos custam a partir de R$20. Onde? Rua Jorge Kryss, 318 – Barra Funda / Quando? Até 20 de maio

Confira cinco restaurantes para ir com as crianças na Páscoa em São Paulo

Posts relacionados