Paris tem uma infinidade de lugares movimentados para aproveitar e relaxar. Bares, baladas e festas estão sempre no roteiro da cidade. Mas, quer algo melhor que aproveitar tudo isso junto com uma boa gastronomia? Listamos aqui os restaurantes parisienses mais animados – tem desde estrelado até tradicional

Cristal Room
O restaurante foi reformado há pouco tempo e está localizado no primeiro andar da Maison Baccarat, um museu dedicado ao cristal. A cozinha é comandada e assinada pelo chef Mathieu Mécheri que oferece uma gastronomia criativa e contemporânea, inspirada nos cristais. Nas entradas o destaque vai para o ovo misterioso, marinado com pimentas. O espaço é supercharmoso e sua iluminação é feita por 157 luzes cintilantes presentes no clássico lustre Baccarat.
11 Place des États-Unis, 75116 

O ambiente colorido do Cristal Room da Baccarat (Foto: divulgação)

La Belle Époque

Reúne muitas parisienses que estão em busca de um ambiente discreto, porém elegante, como é o caso do Belle Époque. É o lugar ideal para quem deseja ter uma refeição mais animada, com olhares atentos, e também quer apreciar clássicos da culinária francesa.
36 rue des Petits Champs, 75002 

Batata com caviar do Caviar Kaspia (Foto: divulgação)

Caviar Kaspia

Foi fundado em 1927 por uma família tradicional russa como uma boutique para comercializar o caviar. A intenção inicial era vangloriar a iguaria tão respeitada ao redor do mundo e, principalmente, formalizá-la na França. Como parte do projeto, o ingrediente deveria se tornar um prato essencial em todos os jantares e também eventos de prestígio. Tornou-se uma instituição de verdade (com restaurantes pop-ups) e ficou conhecida pelo caviar e outros ótimos produtos vindos do mar. Neste ano, o Caviar Kaspia chegou à Galeria Lafayette em um espaço aconchegante e acolhedor, homenageando os códigos originais da casa. Pratos, itens de confeitaria, café, coquetéis e champagnes fazem parte dos pedidos diários.
40 boulevard haussmann Galeries Lafayette-Coupole, 75009

Ralph’s

Está localizado dentro da flagship store do Ralph Lauren, no Boulevard Saint-Germain. O restaurante fica em uma casa do século XVII e é decorado com itens clássicos franceses. Os parisienses lotam a casa quase todas as noites e apreciam uma gastronomia americana contemporânea e também a coquetelaria autoral. O brunch também faz parte do cardápio para que os moradores e/ou visitantes de Paris sintam-se nos Estados Unidos.
173 Boulevard Saint-Germain, 75006 

Le Stresa

O restaurante foi fundado em 1951 por um casal italiano que chegava à Paris. Em 1984, se aposentaram e cederam os negócios a Antonio e Claudio Faiola – irmãos gêmeos também vindos da Itália. A casa tornou-se um empreendimento familiar e Marco Faiola assumiu a cozinha e trouxe receitas tradicionalmente italianas, feitas por sua mãe, mas incorporou alguns toques modernos. A culinária é desenvolvida de acordo com as estações do ano, utilizando ingredientes frescos e de qualidade para trazer ainda mais sabores aos pratos.
7 rue Chambiges 75008 

L’Avenue é um dos restaurantes mais badalados de Paris (Foto: divulgação)

L’Avenue

É um dos restaurantes mais badalados de Paris, localizado na clássica Avenue Montaigne, com uma varanda para ver e ser visto. Sua decoração é inspirada nos artigos de luxo parisienses e oferece uma cozinha despretensiosa. Faz parte do Grupo Costes, responsável por outros empreendimentos gastronômicos na cidade.
41 Avenue Montaigne, 75008  

LouLou

A sua localização é única e privilegiada, no Museu de Artes Decorativas, dentro do Louvre. O restaurante oferece mesas debruçadas no Jardim de Tullieres, muito disputadas pelos frequentadores. Mas, calma, no andar cima também é possível ter uma linda vista de Paris. A gastronomia tem inspirações italianas e, dependendo da época, também poderá apresentar pratos inspirados na Riviera Francesa, já que a cozinha é orquestrada por dois chefs: Benoit Dargère, francês, e Diego Compagno, italiano.
107 rue de Rivoli 75001 

O famoso jardim do LouLou (Foto: divulgação)

L’Atelier de Joël Robuchon

A casa, que conta com duas estrelas Michelin, é toda vermelha e traz aspectos típicos parisienses. Apenas com 40 lugares, oferece uma cozinha aberta ao público, cercada por um balcão, onde é possível assistir a maestria de quem trabalha por ali. O menu à la carte oferece pequenas porções da culinária clássica francesa para que o cliente possa aproveitar de tudo um pouco. Como já diz em seu nome, o cardápio do l’Atelier é assinado por Joël Robuchon, um dos maiores chefs da história da França, que faleceu no início deste ano.

Hôtel du Pont Royal: 5 rue de Montalembert 75007 Paris, França

O vermelho é a cor predominante no l’Atelier de Joël Robuchon (Foto: divulgação)

Posts relacionados