Conhecida como a “cidade mais feliz do mundo”, a capital da Dinamarca traz uma vida leve aos seus moradores e oferece pontos turísticos incríveis. Saiba o que há de imperdível por lá

Por Natalia Abreu

Copenhagen tem o título de “cidade mais feliz do mundo” e um dos níveis de vida mais altos do planeta, mas nada disso tem relação com luxo. As razões desta felicidade se dão ao extremo grau de confiança que as pessoas têm umas nas outras e a forma como encaram a vida, baseada nos pequenos prazeres. Essa felicidade pode ser observada no próprio cotidiano dos moradores, como em um simples passeio de bicicleta pela cidade.

Comece seu tour pelo canal de Nyhavn, que é repleto de charmosas casas com fachadas coloridas, bares, cafés e restaurantes. É de lá que sai o passeio de barco pelos diversos canais da cidade. O Nyhavan foi escavado por soldados em meados de 1670 para permitir o acesso dos barcos mercantes. Muitos comerciantes instalaram-se ao seu redor e deram início à era de ouro de Nyhavn. Os dias de prosperidade chegaram ao fim após o bombardeiro na cidade durante as Guerras Napoleônicas. Um tempo depois, a região ganhou reputação por ser um antro de prostitutas e marinheiros e, durante este período, ali viveu seu morador mais famoso, o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, escritor de “A Pequena Sereia”.

Copenhagen, a cidade mais feliz do mundo, oferece boas atrações turísticas
O canal de Nyhavn é um dos pontos turísticos mais famosos de Copenhagen (Foto: Natalia Abreu)

Outro ponto que vale muito a pena ser visitado e, na minha opinião, é um dos lugares mais interessantes da cidade, é a “cidade livre” de Christiania (teremos uma matéria totalmente dedicada a ela). É uma comunidade independente, fundada na década de 70 por hippies, em uma área militar abandonada. Os Jardins de Tivoli, inaugurado em 1843, é outra atração que vale a visita. É um dos parques de diversão mais antigos do mundo em funcionamento. A entrada é paga e os brinquedos também, mas é um passeio delicioso e os jardins são atrações à parte.

Copenhagen, a cidade mais feliz do mundo, oferece boas atrações turísticas
Os Jardins de Tivoli reúnem diversos turistas em busca de diversão (Foto: Natalia Abreu)

Veja também:

As inusitadas Igrejas de Londres
República Tcheca e seus Patrimônios da Unesco
Madri: Mercado de San Miguel é um resumo da Espanha em um único lugar

Na Dinamarca tudo é lindo, organizado e caro, muito caro.

A principal região comercial de Copenhagen é chamada de StrØget e é o maior shopping a céu aberto do mundo – que também teremos uma matéria especial sobre as compras na cidade.

Por fim, não deixe incluir em seu roteiro a fábrica da Carlsberg, a cerveja dinamarquesa mais famosa do mundo, criada pelo mestre cervejeiro J.C Jacobsen. Aproveite o passeio e faça uma degustação no final.

*Texto e fotos por Natalia Abreu

______________________________________________________________________________________________________________


Formada em Relações Públicas na Faculdade Cásper Líbero, Extensão Universitária em Business pela University of California/ San Diego (UCSD) e pós-graduada em Marketing pela Universitat Pompeu Fabra em Barcelona, a profissional de Marketing Natalia Abreu é uma travelholic daquelas que ninguém duvida. Seu tempo livre é direcionado para planejar viagens e tem uma bucket list de mais de 40 países de brilhar os olhos…. aliás, ela diz que quer conhecer o mundo com seus próprios olhos.

Posts relacionados