Mais do que um grande centro financeiro, Frankfurt é uma boa opção para os amantes da cultura. Confira dicas para um roteiro de apenas um dia na cidade

Desde tempos remotos, Frankfurt serve como entreposto comercial e sede de feiras. Não é à toa que a cidade se transformou num grande centro financeiro, sede de instituições importantes, como o Banco Central Europeu, e abriga eventos mundialmente conhecidos, como a maior feira de livros do mundo. Com essa fama de lugar de negócios, Frankfurt soa como um destino pouco turístico, o que não é verdade.

Do topo da MainTower: uma das melhores vistas panorâmicas de Frankfurt

Quinta maior cidade da Alemanha, Frankfurt vai muito além das transações e acordos comerciais. Terra em que nasceu o gênio literário Johann Wolfgang von Goethe, a cidade é um fervo cultural e, se você tem apenas um dia para conhecê-la, uma boa maneira de começar a explorá-la é pela região em torno do Rio Meno, que abriga dezenas de museus interessantes. As estrelas dessa área são o Museu Städel, uma referência mundial em acervo e ensino de belas-artes, Museu das Culturas do Mundo (Museum der Weltkulturen), o Museu Alemão do Cinema (Deutsches Filmmuseum), que vai provar para você que a produção cinematográfica germânica vai além de Adeus Lênin, e o Museu Alemão da Arquitetura (Deutsches Architekturmuseum).

Como é a cena gay em Frankfurt?

Lorsbacher Thal: pratos típicos com vinho de maçã

Após o tour pelos museus, nada melhor que descansar e reabastecer as energias experimentando um pouco da culinária da cidade. Um bom restaurante para conhecer os pratos de Frankfurt é o Lorsbacher Thal, que serve o que há de mais típico, como o molho verde (Grüne Soße) e o vinho de maçã (Apfelwein).

Devidamente alimentado, o tour cultural pode continuar com uma visita ao prédio da Bolsa de Valores de Frankfurt na Börsenplatz (Praça da Bolsa), onde os entusiastas da fotografia podem visitar a mostra da Art Collection Deutsche Börse, um das principais coleções internacionais de fotografia contemporânea. Saindo dali, vale ir a MainTower, onde se tem uma das melhores vistas panorâmicas de Frankfurt.

Drosselgrasse: a rua da gastronomia em Rüdesheim na Alemanha

Uma parada obrigatória é o centro antigo da cidade que foi totalmente bombardeado durante a Segunda Guerra Mundial. Apenas um edifício sobreviveu: a Haus Wertheim, que na época era a sede dos bombeiros e hoje funciona como restaurante. A área foi totalmente reconstruída e está exatamente igual ao que era antes da guerra. Em pouco mais de um hora, é possível conhecer bem essa região e ainda dá para visitar o Kleinmarkthalle, o mercado municipal. Desse ponto da cidade, é possível ir caminhando até a Zeil, o melhor local de compras de Frankfurt. Ali estão concentradas quase todas as lojas que agradam os diferentes tipos de orçamento.

Haus Wertheim: único prédio que sobreviveu aos bombardeios da Segunda Guerra Mundial

Rüdesheim am Rhein: tranquilidade, bons vinhos e história na Alemanha

Para encerrar a visita em Frankfurt, a melhor maneira é conhecer a carta de drinques do Jambo, um bar que possui uma grande variedade de rótulos de gins e coquetéis muito originais. O local é lotado de gente bonita.

Feito com gin, cerveja de gengibre, sálvia, alecrim, pimentão, licor de framboesa, xarope de açúcar e lima, o Mombasa Dawa é um dos melhores drinques do Jambo

Como chegar

Há voos diretos pela Lufthansa de São Paulo para Frankfurt.

Onde ficar

Uma boa pedida para se hospedar em Frankfurt é no Maritim Hotel, que fica bem próximo a estação de trem e do lado de uma estação de metrô.

Fotos: Ricky Hiraoka

Modelo Alicia Kuczman revela hotspots imperdíveis de Berlim

Posts relacionados