Há muito o que conhecer na Austrália! Em sua primeira visita ao país, a estilista Renata Figueiredo, que comanda a marca TIG, divide com o V&G seus days off por lá em 5 destinos distintos: Sydney, Melbourne, Brisbane, Gold Coast e Whitsundays

5 lugares imperdíveis para comer:
No geral, a Austrália é um país que não exige que gastemos muito para comer bem – pode apostar que um sanduíche na rua irá surpreendê-lo! Tudo isso porque a matéria prima deles é muito boa, a maioria sem agrotóxicos, livre de químicas, orgânico, em qualquer lugar que você vá! Esse cultivo faz parte da cultura deles.

Aqui vão alguns lugares com culinária e ambientes diferentes, bem gostosos, que indico para quem for visitar as seguintes cidades:

The Collective Palm Beach (foto: divulgação)

Chin Chin, em Sydney, restaurante de comida asiática que serve porções generosas e saborosas;

Long Time, em Brisbane, casa que prepara o melhor da culinária tailandesa;

Hôntô, em Brisban, elabora um misto de culinária japonesa com australiana;

The Collective Palm Beach, em Gold Coast, é a união de cinco restaurantes que servem cinco culinárias diferentes: asiática, italiana, mexicana, americana e a australiana, além de 2 bares;

Tipo 00, em Melbourne, um pasta bar.

Veja também:
Como aproveitar Sydney como um australiano
Top 5 pubs para brindar em Sydney, na Austrália

Onde badalar:
The Rocks, Sydney – é uma região histórica portuária em Sydney a apenas cinco minutos do Circular Quay. A área é incrível, tem desde museus e galerias e mercados de fim de semana à pubs com música ao vivo, baladas e vida noturna agitada.

Milk the Cow, Melbourne – é um wine & cheese bar, onde você pode provar centenas de tipos de queijos e vinhos diferentes. É super divertido e parada obrigatória para quem curte uma boa noite de queijos e vinhos!

Rooftop Glamping Hotel St Jerome’s, Melbourne – o primeiro hotel rooftop de Melbourne foi construído em cima do Melbourne Central com um conceito “glam” de primeiro mundo: a área é ocupada por 21 tendas com acomodação super luxuosa e tem um cocktail bar imperdível. Os australianos sabem como ninguém fazer do luxo simples e despretensioso. É uma das coisas que você só vê na Austrália!

James Street, Brisbane – essa rua em Brisbane  é cheia de bares, restaurantes, lojas, pop ups conceito, dentre outras. É onde tudo de mais legal acontece na cidade e está sempre movimentada!

Onde se hospedar:
Ovolo Woolloomooloo, Sydney: é um hotel boutique 5 estrelas localizado em Woolloomooloo, no cais em Cowper Wharf, ao lado dos Jardins Botânicos Reais e a 15 minutos da Ópera de Sidney. Seu prédio tem 100 anos e costumava ser um armazém. Ao montarem o hotel, suas características históricas foram mantidas, como as estruturas de ferro encontradas por toda a instalação; o mecanismo de roldanas e rampas usadas para transportar mercadorias ainda estão de pé em ambos os lados do lobby, artisticamente incorporados à decoração. O colorido toma conta de várias áreas de estar diferentes, uma mais bonita que a outra. Além disso, o hotel é preenchido por muita luz natural. Ao contrário do que vemos em muitos hotéis boutique, os quartos são super espaçosos e têm banheiros ótimos – sem contar que o preço pela acomodação é bem justo! Cada um é decorado de forma diferente do outro, com cabeceiras pintadas e móveis variados. Uma curiosidade: o hotel tem duas penthouses que são absolutamente agitadas – uma é chamada ACDC e a outra INXS, duas bandas icônicas de rock australiano! Eu adorei a experiência!

Palazzo Versace, Gold Coast – é um dos dois únicos Palazzo Versace do mundo – o outro fica situado em Dubai. Com acomodações superluxuosas, decor e arquitetura icônicos da Itália e do mundo Versace, o hotel conta com restaurantes premiados, um famoso spa, centro de fitness e bem-estar, além de um serviço extraordinário! Fica muito bem localizado na cidade mais iluminada da Austrália.

Praia Whitehaven, eleita a praia mais bonita do mundo inúmeras vezes (Foto: Renata Figueiredo)

De lá, além de estar na região das praias mais legais do país, Gold Coast ainda conta com uma das atrações mais imperdíveis para quem curte moda, arquitetura e desing: o shopping Pacific Fair, localizado em Broadbeach, foi recém reformado e ampliado em 2015, contando agora com mais de 400 lojas variadas entre designers nacionais em evidência e as icônicas brands internacionais. Diferente de qualquer outro shopping que já conheci, esse tem uma “vibe” completamente nova, fresh, e já foi considerado uma das “new generation destinations”: ele tem uma grande área em céu aberto, sua decoração (cadeiras, bancos, tapetes e mesas) é toda assinada por grandes designers, seu projeto é super moderno, com iluminação e ornamentos com pegada de outro mundo! O shopping é dividido em “áreas”: The Resort, The Patio, The Boulevard e The Food Court – neste último encontramos uma variedade extensa de restaurantes gostosos de culinárias variadas para almoçar ou jantar. Se estiver afim de tomar um drink, existem vários bares espalhados pela área. Mesmo que você faça uma viagem que não seja focada em compras, essa construção é um “must see” australiano! Não existe nada igual na Europa ou Estados Unidos.

Passeios que TEM que fazer:
Whitsundays, Hamilton Island: é um arquipélago ao largo da costa de Queensland, no nordeste da Austrália. De todas as suas praias, a mais imperdível é Whitehaven, que é acessível por barco, hidroavião ou helicóptero saindo de Airlie Beach, bem como Hamilton Island. Whitehaven já foi eleita a praia mais bonita do mundo inúmeras vezes e não é a toa: os diferentes tons de turquesa que formam seu mar, sua areia (que é a mais branca que já vi na vida!) e a composição perfeita de vegetação e montanhas ao seu redor formam um mosaico de tirar o fôlego. Estando por lá, não deixe de subir no Hill Inlet, uma entrada deslumbrante localizada no extremo norte da praia de Whitehaven que abriga o mirante que dá vista à toda essa imensidão de beleza. É de emocionar qualquer um!

Great Barrier Reef, o maior recife de coral do mundo

Uma vez por esses lados, não deixe de visitar a Great Barrier Reef, o maior recife de coral do mundo! Vale a pena fazer as atividades aquáticas turísticas para conhecer a beleza das cores e espécies que vivem submersas nesse mar transparente de tudo! Você pode fazer snorkeling, mergulho, passeio de helicóptero para vista aérea, dentre outras várias opções! É um must go!

The Farm, Byron Bay: uma das experiências mais inesquecíveis da viagem foi tomar café da manhã no The Farm, uma fazenda localizada em Byron Bay. Fazenda ativa, ela abriga uma coleção de microempresas, todas compartilhando um objetivo comum: “Grow, feed, educate”. Lá, você vê na fonte como a comida que eles servem foi cultivada – o mais legal é que o ambiente só usa métodos tradicionais e sustentáveis, todos 100% livres de qualquer química. Eles produzem inúmeros produtos com base natural e vendem numa lojinha ali mesmo. Uma floricultura com arranjos exóticos também é atração no local!

Os campos da fazenda abrigam porcos, gado e galinhas, todos vivendo livremente pelo espaço antes de serem usados para carnes e ovos no restaurante. São campos de flores e fileiras e mais fileiras de verduras e legumes plantados, também usados e vendidos no local. Além disso, há uma plantação de girassóis impressionante, enorme e maravilhosa! Eles servem café da manhã com um menu completo de pratos produzidos com orgânicos locais, sucos naturais, entre outros. É uma ótima pedida para um dia de sol e para quem curte comer em ar livre!

Lone Pine Koala Sanctuary (Foto: acervo pessoal)

Eat Street Market, Brisbane: luzinhas penduradas e sinais em neon tornam o mercado aberto um ambiente charmoso e aconchegante para toda a família. É como se fosse uma área enorme com 70 “vendinhas” de todos os tipos e das mais variadas culinárias do mundo reunidas em Brisbane. As opções de comida são complementadas por cervejas artesanais, coquetéis e vinhos finos, sorvetes, tudo ao som de músicos locais. Super movimentado e um ponto de encontro dos australianos, o Eat Street Market é uma opção perfeita para comer maravilhosamente bem sem gastar muito! Ele acontece às sextas e sábados, das 4pm às 10pm. Vale visitar no fim de tarde para acompanhar o céu sendo colorido pelo pôr do sol australiano.

Lone Pine Koala Sanctuary: Para visitar os coalas e os cangurus, alimentá-los, fazer carinho neles, tirar foto… experiência única, né?

Observações importantes!

– É imprescindível alugar um carro quando for à Gold Coast. São muitas praias lindas para conhecer, sem falar em Byron Bay, que é incrível, mas afastado!

– É necessário tirar visto de turismo para entrar na Austrália. Vacina contra febre amarela também deve estar em dia!

Posts relacionados