Já se perguntou onde os chefs mais badalados do mundo comem quando não estão comandando seus restaurantes? Na nossa coluna “Onde os chefs comem” eles abrem o jogo e contam quais seus locais prediletos. O convidado dessa semana é Patrick Laine, o chef responsável pelo restaurante Ômer, no Hôtel Paris de Monte-Carlo, em Mônaco

Patrick Laine (Foto: divulgação)

Nascido em Sainte-Foy-lès-Lyon, uma comuna na região metropolitana de Lyon, na França, Patrick Laine decidiu desbravar o mundo e foi atrás do que realmente gostava: cozinhar. Em 1993, após estudar na escola de hotelaria de Bonneville, em Alta Sabóia, começou como chef júnior de Alain Pic, na Maison Pic de Valence e ficou por lá durante dois anos. Após nove meses nas cozinhas do Ministério do Interior, onde prestou serviço militar, Patrick se uniu a Marc Veyrat em 1996 e, em 1997, ele começou assumiu sua primeira posição em um dos restaurante de Alain Ducasse, no Louis XV – Alain Ducasse, como chef júnior. Porém, logo após este período, o chef decidiu expandir os horizontes e passou uma temporada no La Bastide de Moustiers, mas, depois de um longo tempo, decidiu voltar para Mônaco e tornou-se sub-chef no Louis XV – Alain Ducasse, em 2007. Em 2009, o Le Grill, restaurante no Hôtel de Paris Monte-Carlo, abriu uma vaga de sub-chef e naturalmente a posição foi oferecida a Patrick, que aceitou a oportunidade. Em 2014 tornou-se chef no La Trattoria Sporting Monte-Carlo e, em 2017, retornou ao Le Grill após um período de reformas. Atualmente, Patrick continua em Mônaco e é o chef do novo restaurante de Alain Ducasse, no Hôtel de Paris-Monte Carlo, o Ômer. Na coluna de hoje ele indica seus lugares preferidos em algumas cidadezinhas da França, além de um restaurante especial em Mônaco. Confira:

Veja também: 

O melhor de Mônaco, por Carol Bassi

 

Ambiente externo do novo Ômer, em Mônaco (Foto: divulgação)

Mônaco

Stars’n’Bar

Um lugar moderno com uma decoração inspirada nos Estados Unidos, onde você pode saborear hambúrgueres e carne. O chef vai para lá quando está com pressa e come o “Salad Carrera”: tortilla de farinha orgânica crocante recheada com salada mista, tomate, cebola, milho, frango com purê de abacate, queijo cheddar e molho Ranch.

6 Quai Antoine 1er, 98000 – Monaco

Além disso, o chef também indica outros lugares para passeios mais rápidos. Em Mônaco, você encontra os melhores produtos locais no Marché de la Condamine. E, para comer alguns barbagiuans, o melhor lugar é o A Roca, uma espécie de mercearia que oferece diversas especialidades culinárias de Mônaco.

Marché de la Condamine – Avenue Place d’Armes, 98000 – Mônaco 

A Roca – 15 Avenue Place d’Armes, 98000 – Mônaco

La Turbie, França

Café de la Fontaine

O restaurante ideal para compartilhar uma refeição amigável. Tem uma cozinha autêntica e rústica. O restaurante ideal para compartilhar uma refeição amigável. Uma cozinha autêntica e rústica, onde Patrick Laine pede regularmente uma andouillette.

4 Avenue du Général de Gaulle, 06320 – La Turbie – França 

Nice, França

Olive & Artichaut

Este restaurante oferece sabores mediterrâneos com produtos regionais. Patrick gosta de deixar o chef Thomas Hubert surpreendê-lo com o especial do dia.

6 Rue Sainte-Reparate, 06300 – Nice – França

Megève, França

Flocons de Sel

Emoldurado pelas montanhas e localizado dentro do hotel Flocons de Sel, este restaurante três estrelas Michelin propõe uma culinária autêntica e refinada. O chef gosta de pedir o menu degustação e provar um pouco de cada sabor, já que é a melhor maneira de descobrir a cozinha, os produtos e os sabores do chef Emmanuel Renaut.

1775 Route du Leutaz, 74120 – Megève – França

Booking.com

Posts relacionados