Em uma agradável cobertura de um prédio tombado de 1930, Esther agrada com culinária descomplicada e vista linda do centro de São Paulo

Localizado no antigo apartamento do chef Olivier Anquier, uma cobertura na Praça da República, em um prédio tombado de 1930 está o Esther Rooftop. Com uma vista linda do centro de São Paulo, tem um cardápio que convida o foodie a experimentar vários pratos.

O edifício Esther foi um dos primeiros a serem construídos no centro de São Paulo e representa a verticalização da cidade, além de ser um marco da arquitetura modernista com projeto de Vital Brazil e Adhemar Marinho.

esther-rooftop-petisco

Os petiscos chamam a atenção, como o imperdível Wontons fritos de camarão e frango (R$ 40, cestinhas crocantes com cremoso de abacate e chips de Loris). Ou as lascas de presunto cru com tranças crocantes de azeitonas e alecrim (R$ 36).

esther-rooftop-terrine

De entrada, a caseira terrine de porco, com picles e pão (R$ 32), em uma receita caseira do chef Benoit Mathurin, sócio da casa, juntamente com Anquier e seu irmão. Ou a chamada “estrela da casa”, a sardinha inteira com uma deliciosa manteiga com algas, limão siciliano e pão (R$ 25).

esther-rooftop-sardinha

No almoço, um farto menu executivo (R$59) tem opções como a barriga de porco com purê cremoso de cenoura. Ou o fish and chips, receita inglesa com um molho delicioso. O menu do jantar tem opções como pernil de cordeiro com ragout de feijão carioca (R$ 58) ou ensopado de frutos do mar thai (R$ 72).

esther-rooftop-fish-and-chips

De sobremesa, o Brioche Esther (R$ 25) é uma receita trazida do restaurante Pierre, em Paris, quando Benoit era chef. Ela também está incluída no menu do almoço.

esther-rooftop-brioche

Peça um bom vinho branco gelado e aproveite a vista, coisa rara em São Paulo!

esther-rooftop-vista

Praça da República, 80 Centro – Tel: 11.3256-1009

Fotos: Daniela Filomeno

TV V&G no Centro de São Paulo:

Onde comer no Centro de São Paulo

Endereços imperdíveis para comer no centro de São Paulo

O que visitar em São Paulo:

5 regiões históricas para conhecer em São Paulo

 

Posts relacionados