Não é só de comida que vivemos, driques sempre estão na nossa agenda. E como somos ecléticas, vamos do boteco ao bar transadinho. Happy hour, date, coquetel antes do jantar ou mesmo para emendar a refeição. Quer saber quais os 10 bares que amamos? Confira abaixo!

Balsa

Um apartamento antigo em meio ao centro histórico de São Paulo sedia o Balsa. Um bar que é dividido em diferentes ambientes e para ter acesso é necessário subir quatro andares de escada. Seu bar principal fica localizado no primeiro espaço, no cômodo que, antigamente, era a sala da casa e por lá, ficam mesas, cadeiras, sofás e quadros que ornam em uma decoração totalmente vintage. Suba mais alguns degraus e encontre o terraço, ambiente que reúne grande parte do público frequentador. Afinal, tem uma linda vista para o centro da capital. Peça um drinque clássico ou qualquer cerveja long neck e curta a noite! Importante lembrar que o Balsa tem funcionamento em dias específicos, normalmente às quintas e sextas-feiras, portanto, vale consultar o site da casa.

Rua Capitão Salomão, 26, 4º andar – Centro Histórico / Tel: (11) 94177-7477

Terraço do Balsa Bar, com vista para o Centro da cidade (Foto: reprodução Facebook)

Veja também: os doces prediletos do Viagem&Gastronomia em São Paulo

Bar do Cofre, no Farol Santander (Foto: Carol Gherardi)

Boca De Ouro

Pode ser considerado um dos balcões mais disputados da cidade. A excelência em preparo de drinques fez o Boca de Ouro, em Pinheiros, conquistar uma legião de fãs, inclusive e principalmente, os próprios bartenders de outros estabelecimentos. Uma das vantagens da casa é ficar aberta até tarde, então, se for lá pelas tantas da madruga, não se assuste ao encontrar um bar lotado e um balcão que não para. Aproveite e peça os clássicos da casa: o drinque macunaíma, feito com cachaça branca, xarope de açúcar, suco de limão e Fernet branca e bolovo. Combinação perfeita para um início ou fim de noite.

Rua Cônego Eugênio Leite, 1121 – Pinheiros / Tel: (11) 4371-3933

Bar do Cofre

Dos mesmos donos do Sub Astor (que também está nesta lista), ele ocupa o antigo cofre do prédio do Farol Santander, no centro da capital paulista. O lugar inusitado fez com que seja um dos mais disputados e diferentes bares da cidade, é programa imperdível. O ambiente manteve as características originais, como portas circulares feitas de concreto e aço reforçado, além de pisos e paredes de mármore. O bar é comandado pelo time de  Fabio la Pietra, de onde sai um menu autoral de drinques e muitos clássicos.

Farol Santander – R. João Brícola, 24 – Centro Histórico / Tel: (11) 3101-1217

Veja também: os 15 restaurantes mais frequentados pela equipe V&G em São Paulo

Bar dos Arcos

Sua locação em um dos cartões postais de São Paulo já encanta na chegada. Com duas áreas, um lounge que aceita reservas e outra formada por arcos de tijolo, onde passava o antigo sistema de ventilação do teatro, e mesas iluminadas, que dão um toque moderno ao local de 1980. A carta de drinques é comandada pela  barwoman argentina Chula, que se encarregou pela escolha das demais bebidas da casa, como destilados e cervejas. E  Rodrigo Augusto (ex-Mocotó) assina as comidinhas em um dos bares mais cool de SP.

Theatro Municipal – Praça Ramos De Azevedo, s/n – República / Tel: (11) 2039-1250

Bar dos Arcos (Foto: Tales Hideki)

Dona Onça

Não conseguimos pensar e ir no Dona Onça, a casa da chef Janaína Rueda no centro de São Paulo, e não pedir uma caipirinha Onça Pintada acompanhada de uma porção de linguiça artesanal. A diversão é ficar na rua mesmo ou em uma das mesas espalhadas pela calçada e, se a fome persistir, emende o almoço com uma das mais leves feijoadas da capital.

Edifício Copan – Av. Ipiranga, 200 – 27 e 29 – República / Tel: (11) 3257-2016

Caracol

O Caracol chegou a Vila Buarque para completar o cenário gastronômico-cultural do Centro da cidade, que está em ascensão desde o último ano. Como proposta, o bar oferece a combinação de drinques bem executados, comidinhas e música em seu melhor estilo. Em um corredorzão – que conta com balcão e um espaço estilo lounge nos fundos – a programação é bem variada e por lá passam inúmeros DJs que mesclam variados sons, desde música brasileira até o hip hop americano. Vale consultar o Instagram da casa e acompanhar quais são as novidades de cada noite.

Rua Jaguaribe, 76 – Vila Buarque / Tel: (11) 4117-9877

10 pizzas imperdíveis em São Paulo

Boa combinação no Periquita, gin e coxinha (Foto: Daniela Filomeno)

Periquita & Gin Club

O Periquita Gin Club, nos Jardins, chegou para satisfazer os mais exigentes amantes de Gin, com quase 50 marcas. As comidinhas são assinadas pela chef Renata Cruz, como o pastel de costela e coxinha com massa impecável, crocante e bem recheada. O lugar fica onde era o antigo Alucci Alucci, que passou por uma reforma que deixou o ambiente descolado e delicioso. E de quebra tem um parklet na calçada.

R. Vitório Fasano, 35 – Cerqueira César / Tel: (11) 3796-4636

Seen

Com uma vista para o skyline dos Jardins, na cobertura do hotel Tivoli, um DJ com música animada e gente bonita compõe o bar que é arrumadinho. Dates nas mesinhas, turmas nas maiores e um delicioso balcão que pode também pedir drinques criados ali na hora pelos simpáticos bartenders.

Tivoli – Alameda Santos, 1437 – Jardim Paulista / Tel: (11) 3146-5923

SubAstor

Chegue ao Astor, clássico boteco paulista com ares cariocas, desça alguns lances de escada e se surpreenda com o SubAstor, um bar que é referência mundial em alta coquetelaria. Seu ambiente intimista, à meia luz, e um balcão todo iluminado convidam os amantes de drinques para apreciar a mágica de perto. Acomode-se bem perto do bar e sinta o prazer em ver os movimentos coqueteleiros que reúnem incríveis sabores, ordenados pelo mixologista Fabio de La Pietra. Mas, se ainda preferir um espaço mais reservado, sente-se em uma mesinhas baixas ou até mesmo no balcão compartilhado, e aproveite os drinques combinados com algumas comidinhas.

Rua Delfina, 163 – Vila Madalena / Tel: (11) 3815-1364

Os drinques do SubAstor têm assinatura de Fabio de La Pietra (Foto: Ricardo D’Angelo)

Veja também:

Onde os bartenders bebem? Em São Paulo, com Laércio Zulu

Posts relacionados