Ele é branquinho, bem pálido e, antes de provar, você até pensa que não é tão interessante assim. De fato, a aparência do bun, ou bao – como é chamado pelos seus criadores, os chineses – não é a mais atraente de todas. Mas, nós garantimos: é extremamente saboroso quando recheado de diferentes formas. A novidade é que uma casa especializada no pãozinho acaba de chegar em Pinheiros, na capital paulista

O Bao Bao Baby traz quatro tipos de recheio aos clientes (Foto: Carol Fiacadori)

O bun (leia-se “bã”) tem uma massa leve, macia e úmida, feita com fermentação natural. Seu aspecto é pálido, bem branquinho mesmo, e traz uma neutralidade, ou seja, é possível recheá-lo de diversas formas, seja com carne de porco, boi, frango ou até mesmo cogumelos. Seu cozimento é feito no vapor, que o torna ainda mais suave, e a forma para recheá-lo é parecida com um taco mexicano. Esse pãozinho chinês não é tão novidade em São Paulo. Afinal, casas asiáticas já apostam nesta tendência há algum tempo, mas nunca como protagonista. Mas, desde dezembro de 2018, Paulo Yoller, do MEATS, e Sae-young Kim, do New Shin La Kwan, decidiram embarcar nesta aventura e trouxeram o bun aos holofotes paulistanos.

O Bao Bao Baby, o nome dado ao novo empreendimento, tem uma proposta jovial, bem descontraída e está localizado em Pinheiros, próximo ao MEATS. O atendimento é simples, desses que a gente adora: você faz o seu pedido no balcão, realiza o pagamento e aguarda alguns minutos para receber seu bun. Da cozinha, toda envidraçada, Yoller e sua equipe comandam com maestria cada pedido e, assim que estiver pronto, grita o nome do cliente para que cada um o retire. O cardápio conta com quatro tipos de recheio: boi, ave, porco e vegetariano – cada um sai por R$12. É possível também pedir a “Fazendinha”, o combo que traz um sabor de cada bun. Para saboreá-lo com calma, vá até os fundos do estabelecimento, se acomode em uma das mesas coletivas e se entretenha com os diversos neons das paredes, além de observar de pertinho toda a produção. Mas, se quiser aproveitar a Rua dos Pinheiros, vá para a parte exterior e aproveite os bancos colocados na rua.

Não há um menu impresso. Na parede em cima do caixa tem um letreiro com desenhos divertidos e cada sabor com seus respectivos ingredientes. A ideia é mudar constantemente o cardápio, ou seja, variar os recheios, mas manter todas as categorias citadas acima. Outro ponto que vale a pena destacar é que o Bao Bao adotou a política colaborativa, isto é, há um painel de pimentas na casa e cada cliente pode levar a sua e deixar lá, para que outras pessoas usufruam, mas sempre com o bom senso. Por ora, o Bao ainda está trabalhando em sistema soft opening e promete inauguração oficial ainda neste mês.

Bao Bao Baby 

Rua dos Pinheiros, 257 – Pinheiros – São Paulo 

Posts relacionados