Em time que está ganhando não se mexe? Mexe sim! O Aragon, restaurante espanhol que há anos faz sucesso nos Jardins, abre bar descontraído anexo à casa principal

O Tapas de Aragon abriu as portas recentemente e é uma boa pedida para um encontro descontraído com os amigos ou um date especial. O novo empreendimento do Grupo Aragon, que mantém com maestria o Aragon há sete anos, tem menu criado a quatro mãos pelo chef executivo Fernando Rios – que já trabalhou nas cozinhas do Dom Curro, Santi Cucica e do renomado chef Píer Paolo, além de passagens pelo Natural History Museum (NY) e San Sebastian (Espanha) – e pelo Chef Júlio Rafael – cuja experiência adquiriu ao lado de Alex Atala, Emanuel Bassoleil e Erick Jacquin. 

Atum (Foto: Tina Bornstein)
Atum selado do novo Tapas de Aragon (Foto: Tina Bornstein)

No menu quase todos os pratos e tapas são feitos ou finalizados no forno, parilla ou até mesmo na chapa francesa, com boas opções para compartilhar. E o gostoso por lá é exatamente isso, sentar sem pressa e dividir um pouco de tudo enquanto, entre um bom drinque e outro, o tempo passa sem perceber.

Comece com as Croquetas, bolinhos típicos da Espanha feitos com bechamel que podem ser de pato e cogumelos ou frango com jamón, ambas versões acompanham o molho aioli (R$ 19 com quatro unidades). Se quiser fugir das friturinhas o Pincho feito com camarão, lula, polvo e tomate cereja (R$ 38 – dois espetos) feito na chapa e finalizado com molho de manteiga de ervas e limão siciliano ou o atum selado com ricota artesanal, molho romesco e azeite de tangerina (R$ 38) são deliciosos. 

Pincho de camarão, lula e polvo (Foto: Tadeu Brunelli)
Pincho de frutos do mar (Foto: Tadeu Brunelli)

O Bao com barriga de porco, gochujang, aioli, pepino em conservas e folhas verdes (R$ 28 – duas unidades) também vale a pena, mas pedido obrigatório de verdade é a Coca (R$ 42 cada), uma espécie de pizza tradicional espanhola com massa de longa fermentação que é difícil parar de comer. A de cebola caramelizada é incrível, mas tem também a coberta com jamon ibérico e outros recheios. 

Se depois de todas essas “entradinhas” você ainda aguentar tem os pratos principais, como o Ancho de porco (veneto) com legumes orgânicos (R$ 62), Angus na brasa com fricassê de cogumelos, ovo mollet e chips de mandioquinha (R$ 76) e o Arroz de rabada, com linguiça artesanal espanhola e tomate defumado (R$52). 

Bao de barriga de porco do Tapas de Aragon (Foto: Tadeu Brunelli)
Bao de barriga de porco do Tapas de Aragon (Foto: Tadeu Brunelli)

Para bebericar vale escolher os coquetéis de assinatura própria como o Aragon feito vodka, curaçau red, shrub de amora e suco de tangerina (R$ 28), o Mandarino que é composto por vodka, licor de mandarino, tangerina, manjericão, angustura de laranja e finalizado com tangerina desidrata (R$ 28) e o Serena feito com cachaça envelhecida, suco de limão, xarope de caju com pimenta jamaicana e noz moscada (R$ 28). Se preferir, vá com os clássicos como o Whiskey Sour (R$ 28), Sangria e Clericot (R$ 28 – a taça), Negroni Ibérico (R$ 36), dentre outros, todos feitos nos dois bares da casa, um localizado logo na entrada e outro que fica aos fundos do salão, espaço que também abrigará DJ em noites especiais.

Tapas de Aragon (Foto: Tadeu Brunelli )
O novo Tapas de Aragon (Foto: Tadeu Brunelli)

 

Tapas de Aragon
Al. Ministro Rocha de Azevedo, 1373 – Jardins / Tel.: (11) 3085 1887 / Funcionamento: terça a sexta, das 17h às 2h, e sábado e domingo, das 12h às 2h.

Booking.com

Posts relacionados