Por Mayara Corrêa

O queijo de Oaxaca é um queijo de corda, típico da região (Foto: Mayara Corrêa)

Se você estiver passando por Oaxaca, no México, recomendo que aproveite os tradicionais brunchs oaxaqueños. É possível encontrar na maioria dos hotéis da cidade e em alguns restaurantes. Não deixe de provar o chocolate quente. Oaxaca é conhecida pelo seu chocolate, e a bebida tem um sabor único, que lembra uma mistura de especiarias com a matéria prima. Os huevos divorciados também não podem ficar de fora. É um prato típico de lá, servido com dois ovos pochê, separados por dois tipos de molhos, o vermelho e o verde (por isso o nome “huevos divorciados”). Geralmente vem acompanhado de tortillas e pasta de feijão. As limonadas também são típicas e refrescantes e, neste quesito, a criatividade não tem limites. A mais comum é feita com limão espremido, água com gás (ou sem, se você pedir) e, normalmente, eles acrescentam sementes de chia – o que deixa a textura bem agradável. Em alguns outros lugares é possível acrescentar frutas também. Em um dos restaurantes que visitei vinha com pitaya amassada ao invés da chia. Incrível!

Um dos meus lugares preferidos para brunch foi o restaurante Catedral. Lá, resolvi inovar e trocar os ovos pelo famoso queijo de Oaxaca, que é um tipo de queijo de corda bem conhecido na região. Vem com um molho levemente apimentado e é servido com tomates. Combine com uma limonada típica e seja feliz! Para finalizar optei por um tiramisù, pois não resisto quando vejo no menu. Sou amante desta sobremesa (e também crítica, afinal, fiz um tour pela Itália e provei inúmeras receitas nos restaurantes). Neste ponto, os italianos ainda continuam ganhando na disputa do tiramisù perfeito. Os mexicanos fizeram uma linda apresentação, dessas dignas de post no Instagram, porém o sabor deixou a desejar.

Tiramisù do restaurante Catedral (Foto: Mayara Corrêa)

Os lugares que servem brunch que eu provei e aprovei: Restaurante Catedral, Casa Oaxaca, Hotel Azul (Cocina Azul) e La Olla.

Posts relacionados