Em uma sobreloja em Pinheiros, a jovem cozinheira apresenta o Kith Restaurante, com proposta acolhedora para receber amigos e sentir o prazer de sentar à mesa

Seu currículo premiado deu força para abrir o novíssimo Kith. A chef Juliana Faingluz já passou por casas brasileira renomadas, como Maní e D.O.M e também investiu na carreira internacional, em espanhóis premiados, como Quique Dacosta, El Celler de Can Rosa e Hotel Maher. O empreedimento, do qual é a responsável pela cozinha e também sócia, está localizado no segundo andar de uma loja pertinho de uma das esquinas movimentadas da Rua dos Pinheiros, com decoração clean e moderna, com ares joviais e inspirações industriais.

Arroz de camarão com alho-poró, molho de ostra, amendoim, rúcula e raspas de limão (Foto: Daniela Filomeno)

O menu muda semanalmente e oferece uma comida trivial contemporânea em três tempos, por R$55. Mas, engana-se quem pensa que as receitas são simples: ingredientes bem selecionados e uma mistura que imprime sabor estão entre as opções. A abóbora assada com rúcula e um leve molho cítrico ou o arroz de alho-poró (bem aromático), molho de ostra, amendoim e raspas de limão com espetinho de camarão são algumas das boas pedidas. Há também outras sugestões de prato principal, como espetinhos de carne com vinagrete de cebola assada, salada morna de batata e farofinha de pão com alho e salsinha e o milanesa de carne com purê de batata e dijon e repolho roxo na brasa. Além disso, a chef sempre apresentará uma opção vegetariana. Há versões de moqueca como a de pupunha e banana da terra com arroz cateto e farofa crocante.

A churrasqueira é a protagonista da cozinha, toda envidraçada, e a brasa do carvão é utilizada para grelhar carnes e legumes para servi-los em espetos individuais. Há também doces reconfortantes, como a maçã assada, crumble de canela e sorvete de creme e o delicioso pudim de leite ninho. A chef defende sua culinária como a mistura de sua bagagem pelo Brasil e também no exterior. As harmonizações ficam por conta dos vinhos frisantes servidos em lata, uma novidade e praticidade garimpada pela chef pelas vinícolas do sul do país – há opções de tinto e rosé.

Kith Restaurante – Rua Bianchi Bertoldi, 168 (2º andar) / não abre aos sábados e domingos

Para finalizar, pudim de leite ninho (Foto: Daniela Filomeno)

Posts relacionados