St. Barthélemy, mais conhecida como St. Barth, tem tudo que o Caribe traz: areias brancas, mar azul turquesa e praias paradisíacas. Mas com um requinte único. A gastronomia não poderia ficar atrás, de primeira, tem muitos restaurantes badalados que transformam a noite em uma verdadeira festa.

Apesar de ser extremamente agitado e muito procurado por suas beach parties, o Nikki Beach, localizado na praia de Saint-Jean, surpreende na sua gastronomia. Para acompanhar, uma das garrafas magnum do vinho rosé francês mais pedido na ilha: Domaine Ott.

nikki-beach
Nikki Beach

A diversão no final do dia é emendar o almoço na bagunça do restaurante que parece viver em festa, muito frequentado por celebridades como Jay Z, Beyoncé, Ashton Kutcher, Bono Vox, entre outros. Aproveite a ampla seleção de sushis ou delícias como o lobster roll (€ 22) com aspargos, abacate e molho teriaki (doce a base de shoyo); e delícias francesas, como o saboroso linguine ao vôngole com molho de vinho branco (€ 30),

E é nesta mesma praia que fica o badalado hotel Eden Rock, que também possui o restaurante On The Rocks, na encosta com uma vista linda. Saint-Jean fica ao pé do aeroporto: vale gastar um bom tempo, esticando a canga na areia para ver a movimentação dos aviões, que parecem que vão tocar a areia. Peça para saborear o ceviche de peixe local com limão, frutas exóticas e coentro ($36) ou as vieiras grelhadas com lulas, chorizo e feijões ($56). De sobremesa, o souflê de banana vem acompanhado de sorbet de maracujá ($23).

edenrock-stbarths
Black Cod (bacalhau fresco) caramelizado no saquê e molho Ponzu do On The Rocks

E falando em bagunça, vale conhecer o Bagatelle (que tem também um brunch maravilhoso, com menu à la carte com delícias como o coquetel de camarão, a € 18; ou mousse de Nutella, a € 9) e o mais notório Le Ti, que a uma certa altura da noite trocam, literalmente, os pratos em cima de suas mesas por dançarinas sob fogos pisca-piscas nas garrafas de champanhe. Antes que isso aconteça, peça pelo famoso 30 a 60 dias Angus Prime Rib ou o spaguetti ao molho de trufas negras.

le-ti
Le Ti vira uma verdadeira festa depois do jantar

Um dos melhores hotéis da ilha, o Cheval Blanc Isle de France (leia-se o luxuoso grupo LVMH – Louis Vuitton Moët Henessy) também abriga o delicioso restaurante La Case de l’Isle. Ao ar livre, para quem não estiver hospedado, vale um belo almoço de frente para a paradisíaca praia, com as criações delicadas do chef francês Yann Vinsot, como linguini com lagosta (€ 35) e parillada do mar com salmão, dourado, camarões e atum (€ 45). A carta de vinhos franceses e champagnes é de impressionar:  são mais de 150 rótulos.

case-isle
Mesas externas do La Case de l’Isle

Ainda na França, o sofisticado L’ Esprit Saline, que tem a assinatura do chef Jean-Claude Dufour (ex-Eden Rock), traz a culinária francesa com toques modernos, como o ravióli de lagosta com molho de citronela (€ 28), com ingredientes frescos, em um delicioso jardim na praia de Salines.

lesprit-st-barth
Entrada do L’ Esprit Saline, do chef Jean-Claude Dufour

Com vista para a Baía de Flamand, o La Langouste, como o próprio nome sugere, tem como especialidade a lagosta, escolhida em um tanque na hora. Também tem uma variedade de frutos do mar e peixes cujos sabores misturam a cozinha local (criola) com a francesa.

Vista da Praia de Flamand do Baie des Angeles Suites, onde fica o La Langouste
Vista da Praia de Flamand do Baie des Angeles Suites, onde fica o La Langouste

O famoso L’ Isola, que fica no centrinho da capital Gustavia, é disputado por ser um dos melhores italianos da ilha. Seus pratos são elaborados com ingredientes vindos direto de lá, como a tradicional lasanha à bolonhesa (€ 95) e uma ótima Cotoletta Alla Milanese (vitela, € 115). Seu ambiente é acolhedor, ideal para um delicioso e romântico jantar.

l-isola-st-barts

Fotos: Daniela Filomeno, Yotam Sandak (Eden Rock), reprodução Facebook, Conexão Destinos e divulgação

Posts relacionados