Já se perguntou onde os chefs mais badalados do mundo comem quando não estão comandando seus restaurantes? Na nossa coluna “Onde os chefs comem” eles abrem o jogo e contam quais seus locais prediletos

chef-martin-onde-comer-sp
Martin Casilli (Foto: divulgação)

O jovem chef Martin Casilli, de apenas 25 anos, comanda o agitado Sky Hall Terrace Bar. Formado em gastronomia, ficou conhecido por participar da primeira edição do programa “MasterChef” no Brasil. Chef antenado, ele dá dicas de endereços na capital paulista que adora frequentar quando não está atrás das panelas. Confira!

Bar Boca de Ouro

Difícil citar apenas um prato do cardápio deste lugar que adoro e costumo frequentar sempre, mas amo de paixão o bolovo e a acelga apimentada.  Outra dica que dou é que você não deixe de provar a sensacional rabada e os pratos do dia.  Da carta, os drinques são minuciosamente preparados pelo barman.

R. Cônego Eugênio Leite, 1121 – Pinheiros

Firin Salonu

O chef Fred Caffarena é um monstro quando se trata de explorar o nosso paladar.  Seu menu intitulado Meyhane (todas as segundas) é uma benção onde podemos provar diversas delícias a um preço justo e acessível (R$15 cada)

R. Heitor Penteado, 699 – Sumarezinho

Izakaya Omoide Sakaba

Um tradicional izakaya onde encontramos pratos típicos muito bem elaborados. Destaco, sem dúvida alguma, o Gyutan e o Tebasaki Gyoza que são perfeitos nos mínimos detalhes.

R. Luís Góis, 1574 – Vila Mariana

Bar do Jiquitaia

Quando vou ao Jiquitaia, o meu cantinho favorito é o balcão do bar onde sempre começo pela bela caipirinha acompanhada do melhor torresmo da cidade. A junção do Marcelo com sua irmã Nina sempre proporciona as melhores combinações gastronômicas.

R. Antônio Carlos, 268 – Consolação

Fat Cow

Luiz Filipe é um chef que dispensa apresentações, mas sua parceria com Fábio Moon criou diversas maravilhas onde para mim habitam os melhores lanches de São Paulo.  Sempre que apareço por lá peço o FCFC (franguinho frito)  e o Gangnam Style – um hambúrguer com cebola caramelizada, queijo suíço e molho coreano secreto – que comeria todos os dias.

R. Iaiá, 173 – Itaim 

Posts relacionados