Chef Mariana Fonseca também assina o menu, destacando ingredientes naturais, com comidas coloridas e vibrantes em que são preservados o sabor e aroma dos alimentos.

São Paulo, SP – Abre nesta terça-feira (27.03) a nova unidade do já conhecido Kouzina, da chef Mariana Fonseca. Sucesso nos Jardins, o restaurante grego desembarca no bairro de Pinheiros, mais especificamente no número 57 da rua Francisco Leitão. Na filial, os pratos com gosto de cozinha de vó convidam os clientes a uma viagem pela Grécia.

O cardápio segue a mesma linha da matriz, com recém-criações da chef Mariana, como: Salada Paros (beterraba com laranja, nozes e iogurte com queijo de cabra), Salada creta (melancia e feta), e acompanhamentos como abobrinha com feta, hortelã e romã. Entre as sobremesas, a Halva (doce de gergelim torrado), servida na tuille com sorvete de gergelim, é uma das novidades.

Salada creta de melancia (Foto: Rubens Kato/Divulgação)

Clean, o projeto arquitetônico lembra as casinhas brancas com detalhes em azul de Santorini (na costa do Mediterrâneo). Ao lado das grandes janelas do salão principal, bougainvilles (aquela florzinha rosa) enfeitam a decoração. Debaixo de um pergolado, mesas de madeiras – inclusive uma grande e rústica para ser compartilhada – acomodam os visitantes. Ao todo, 100 lugares, incluindo as banquetas no bar.

Complementam o novo restaurante outros dois ambientes: um interno e outro externo, que cabem mais 20 pessoas sentadas. No lounge, mesas mais baixas servem de espera ou almoço e jantar informais. Além de um pátio a céu aberto, cercado por oliveiras e bougainvilles, com detalhes tipicamente gregos como uma chaminé usada nas casas da Grécia.

Halva, sobremesa tipicamente grega (Foto: Divulgação)

SERVIÇO
De seg. a qui., das 12 às 1h (almoço e jantar sem intervalo), sex. e sáb., das 12 às 2h (direto, também sem intervalo). Dom., das 12 à 00h. Aceita todos os cartões de crédito e Débito. Mas não aceita vales-refeição, cheques nem reservas – Rua Francisco Leitão, nº 57, Pinheiros / Tel.: (11) 3063-5959

NÃO DEIXE DE LER:

SP: Nos Jardins, Kouzina “transporta” para uma tarde no Mediterrâneo

Posts relacionados