Com proposta jovial, decoração moderna e rica em detalhes de madeira e gastronomia “farm to table“, Wood Hotel abre as portas na charmosa Gramado 

Wood Hotel chega a Gramado
Fachada do novo Wood Hotel, em Gramado (Foto: Carol Fiacadori)

A cidade de Gramado, localizada na Serra Gaúcha, é famosa pelos seus chocolates e pelos clássicos espetáculos de Natal – que são uma atração à parte. É um dos destinos mais procurados por brasileiros (principalmente no inverno) devido à fácil acessibilidade e também pela sua cultura que remete a países europeus. Há todos os tipos de turistas: famílias e seus filhos pequenos; casais apaixonados à procura de mais romantismo; grupos de amigos jovens que aproveitam os fondues oferecidos pelos inúmeros restaurantes e por aí vai.

A boa notícia é que a cidade acaba de ganhar mais um empreendimento hoteleiro. O Wood Hotel, empreendimento do Grupo Casa da Montanha, trouxe modernidade a Gramado, mas não perdeu a essência clássica em sua arquitetura vista de fora. A fachada segue o estilo bávaro e é repleta de madeira, assim como seu interior – o que nos remete às regiões serranas e de temperaturas mais baixas, claro. O intuito do Wood é atrair o público jovem, com uma proposta descolada. Oferece um serviço ímpar, tornando-o um hotel boutique, repleto de delicadezas que fidelizam o hóspede.  Sua localização é privilegiada e está bem no Centro, em uma rua perpendicular à Borges de Medeiros, a avenida mais conhecida da cidade. É possível realizar tudo a pé e seu entorno conta com uma boa variedade de comércio. 

O lobby, pequeno e acolhedor, ainda cheira a madeira, já que as peças extraídas de árvores também fazem (e muito!) parte da decoração. O hotel privilegia tons neutros e terrosos e todos os detalhes chamam a atenção do hóspede, pois há um incrível cuidado por trás do empreendimento. As texturas também ganham força na ambientação e, por isso, até o teto tem seu charme, além da lareira e mesa de centro.

Ao todo, o Wood conta com apenas 23 acomodações, divididas em duas categorias: Wood Room e Wood Suite. O Wood Room é ideal para duas pessoas e conta com cama queen size, smart TV e soundbar, além de um banheiro no tamanho certo, mas com apenas uma pia. Alguns deles contam com uma pequena varanda, com uma vista deliciosa de Gramado e seus prédios clássicos. O Wood Suite recebe famílias de até quatro pessoas e a diferença é visível logo na entrada. O espaço é maior e, por isso, há ambientes integrados. A sala conta com sofá-cama e um quadro de madeira em cima. A curiosidade é que este objeto de decoração torna-se uma beliche com uma caminha de solteiro, perfeita para crianças. O banheiro também é mais espaçoso, todo fechado com vidro e oferece uma banheira de imersão. As cubas são fora do sanitário e, ao contrário do Room, conta com duas pias e um charmoso jardim vertical. A semelhança entre os dois quartos é o minibar, por conta do hotel. Abastecido diariamente com nuts, doces e apimentadas, frutas secas, chá, além de uma máquina de café à sua disposição e do frigobar com águas, sucos, cervejas e refrigerantes.

Wood Hotel chega a Gramado
Wood Room (Foto: Carol Fiacadori)

GASTRONOMIA

Junto ao lobby estão o bar e também o restaurante, comandado pelo chef Rodrigo Bellora, que preza pela gastronomia slow food, isto é, dá prioridade aos pequenos produtores e valoriza ingredientes locais. Em parceria com seu sub-chef, Marko Culau, Bellora faz visitas às feiras orgânicas de Gramado e Canela e seleciona os melhores produtos para compor as refeições do Wood. Nas entradas, destaque para o carpaccio de lagarto, servido com lascas de queijo curado e finalizado com pimenta rosa. As PANC’s (plantas alimentícias não convencionais) também ganham espaço e tornam-se em uma deliciosa salada com creme de amendoim e mini legumes. Também há opções para compartilhar, como o snack de polenta brustolada com milho orgânico e ragu de bochecha de porco. Entre os pratos principais, a boa pedida é a costela laqueada com demi glace de Butiá (fruta típica da região), farofa aromática de milho e cúrcuma e legumes vivos, ideal para dividir.

Wood Hotel chega a Gramado
Restaurante Wood Hotel (Foto: Sergio Azevedo)

É importante ressaltar que o menu da casa é sazonal, portanto, não se assuste se for ao Wood e o cardápio estiver completamente diferente. Essa é mais uma proposta da valorização de ingredientes de qualidade. Além do trabalho em conjunto com os agroecológicos, os chefs também estão investindo em uma horta própria, localizada nos fundos do restaurante, para utilizar nos preparos dos pratos.

Wood Hotel chega a Gramado
O “Brioche”, do café da manhã, acompanha ovo mollet caipira e pancetta frita (Foto: Carol Fiacadori)

O bar também busca excelência em seus preparos e tem a carta de drinques assinada pelo bartender Gustavo Wiesel. Os coquetéis são variados e alguns têm receitas autorais, enquanto outros já são clássicos no ramo da coquetelaria. Faça a experiência completa e sente-se no balcão (desses que contam com uma linda pedra de mármore) e observe os preparos bem de pertinho.

O Wood tem uma proposta diferente no quesito ‘café da manhã’. Das 7h às 11h é possível aproveitar um buffet completo. Mas, não espere por frios, como presunto. Queijos? Esses sim – e muitos! Há opções como morbier, colonial, serrano, branco e de cabra (todos feitos em parceria com produtores locais). Prepare-se para encontrar salames cortados na pontinha da faca, copa lombo, presunto cru e alguns outros embutidos. Geleias (feitas no próprio hotel), doce de leite, iogurte e granola também são algumas das opções, além de, claro, manteiga, requeijão e nata (estes também de fabricação própria). O pão de queijo é uma atração à parte, servido quentinho e bem fofinho. É produzido também no Wood e com queijo colonial. Pães de fermentação natural também compõem as mesas. Além do buffet à vontade, o café conta com menuzinho com opções quentes, como o “brioche” com ovo mollet caipira e pancetta frita, além dos tradicionais ovos mexidos. Depois das 11h a refeição continua sendo servida, mas com um cardápio reduzido. É possível aproveitar até às 17h, ou seja, ideal para as pessoas que querem aproveitar umas horinhas a mais de sono. O café da manhã é oferecido no mesmo ambiente do restaurante e algumas opção ficam expostas no balcão do bar, tudo bem intimista.

Rua Mário Bertoluci, 48 – Centro – Gramado/RS 

*A jornalista viajou a convite do Wood Hotel

Posts relacionados