Pertencente ao Les 3 Valléss, maior área esquiável do mundo com 600 km, Courchevel é elegante e charmosa. Além do esqui, Courchevel também é conhecida por sua gastronomia: é a estação de inverno com o maior número de restaurantes estrelados, sem contar os tradicionais, com excelentes opções na montanha e um aprés-ski animado. Nossa editora-chefe Dani Filomeno conta porque o destino faz tanto sucesso

Courchevel (Foto: Daniela Filomeno)

Courchevel, na França, foi a primeira estação de esqui planejada e construída do zero em 1946. Aqui, é possível chegar na maioria dos restaurantes de carro ou esquiando – e isso é uma vantagem para que não esquia. Ou seja, da para aproveitar muito dois pontos altos de Courchevel mesmo para os não praticantes do esporte: a comida e a vista. Maravilha, não? Courchevel pertence ao Les 3 Vallées, maior domínio esquiável do mundo, com pistas para todos os níveis (mais de 320 somando 600km de pistas interligadas) – a grande maioria acima dos 1,8 mil metros de altitude, ou seja, neve boa na temporada de inverno. 

Por ser planejada, também é inovadora na compactação de neve e tem avançadas instalações de neve artificial (são mais de 600 máquinas), garantindo um ótimo nível do começo até o final da temporada (que acaba em meados de abril). Além, claro, da localização geográfica, que propicia o esporte de inverno com paisagens estonteantes, com a montanha Mont Blanc ao fundo.

São cinco vilarejos, destes três mais conhecidos: Courchevel 1500 (Village), 1650 (Moriond) e Courchevel 1850, o mais sofisticado deles. A região integra Meribel, Val Thorens, Brides-les-Bains, Menuires, Orelle e St Martin de Belleville – onde você pode cruzar esquiando. São mais de 160 lifts e outros meios de locomoção dentro do seu complexo. Das suas pistas, vistas de tirar o fôlego do Vale e da montanha Mont Blanc. 

Courchevel 1850

Em Courchevel são três vilarejos mais conhecidos pela a altitude que estão localizados: Courchevel 1500 (Village), 1650 (Moriond) e Courchevel 1850, conhecido pelos seus hotéis luxuosos e restaurantes estrelados. O centrinho de Courchevel 1950, Croisette, é recheado das melhores grifes, lojas de esqui e ótimos restaurantes.

Courchevel, França (Foto: Daniela Filomeno)

Courchevel, sem dúvida, é um dos destinos mais disputados no inverno europeu. Em muitos hotéis é necessário reservar com um ano de antecedência, e muitos habitués já deixam suas malas de esqui no hotel, quando chegam, tudo está lavado e no closet, luxo, não? Para quem preferir alugar chalés e apartamentos de diversos tamanhos também estão disponíveis.

Slopes

A região é ótima tanto para iniciantes quanto para esquiadores mais experientes. Metade das pistas são mais fáceis, são 52 pistas verdes e 147 azuis; as mais difíceis são 117 vermelhas e 34 pretas, destes 80% acima dos 1,8 mil metros de altitude, mínimo de 1,3 mil metros e máxima de 3,230 metros, o que garante neve boa parte da temporada. Toda a região é interligada por lifts, bubles, botton lifts e outros meios de locomoção dentro do seu complexo. 

Gastronomia

Quem não gostaria de combinar tudo isso com uma ótima gastronomia? Courchevel é a estação de inverno que concentra a maior quantidade de restaurantes estrelados, mas mesmo os não tão sofisticados são incríveis. Definitivamente, a comida na montanha é maravilhosa! Acompanhada de um bom vinho nacional então… eu costumo dizer que esquio para chegar no restaurante, mas se você for da turma que pula a parte do esporte, não se preocupe, você chega de carro. A variedade de pistas e facilidade que se locomove de um vale para o outro é impressionante. Por isso Courchevel faz tanto sucesso.

Leia mais:

Onde comer na montanha em Courchevel e região? 

8 restaurantes estrelados em Courchevel, na França

Courchevel com Crianças

Daniela Filomeno em Courchevel (Foto: acervo pessoal)

Courchevel é um destino super kids friendly. Tornando-se ideal para as férias em família, afinal, esquiar é um dos programas de férias de inverno mais gostosos para se fazer com crianças e adolescentes. De pistas temáticas, cabana indígena com chocolate quente no meio da montanha e parque de esqui, com saltos, além de slead e parque aquático, para quem não quer esquiar. Aqui uma matéria completa das melhores pistas e locais para curtir com as crianças

O que mais me encantou nessa região?

Foi esquiar com a vista mais linda que já vi, a gastronomia e a diversidade de atividades para crianças (tem vários parques de neve no meio das pistas). E a geografia? Que paisagem! São várias montanhas pontiagudas, muitas vezes é possível ver a Mont Blanc.  Além da diversidade de pistas, que não precisa repetir o mesmo caminho em uma temporada, se não quiser. Facilmente consegue se locomover de Courchevel para Meribel ou Val Thorens. Ou seja, pode se hospedar onde melhor se encaixar no seu bolso. Après-ski animados, para coroar o dia de esqui, ou um belo restaurante com vinho francês (nada como o vinho nacional) para terminar a noite. Não tem como os três vales (Les Trois Vallées) não ganhar o seu coração.

Mala de esqui

Não é tão fácil fazer uma mala de inverno e requer alguns itens essenciais. Uma lista para ajudar vocês!

Daniela Filomeno em Courchevel (Foto: acervo pessoal)

Mala básica do que usar para esquiar:

  • Underwear térmica de esqui (basicamente uma calça legging – importante ser até a canela para não pegar na bota de esqui – e uma blusa de manga comprida térmica e dryfit)
  • Meia própria para esqui, existe inclusive uma com bateria recarregável para esquentar os pés
  • Calça e jaqueta específica para o esporte (tem que ter bolsinho interno para ski pass) e outras praticidades
  • Fleece ou uma malha mais quente para dias com o frio mais rigoroso, bem negativos ou nublados
  • Luva de esqui, também existe recarregáveis ou pode colocar um sachê para aquecer
  • Goggles, óculos de esqui (tem lente para dia de sol e para dia nublado) – se usar espelhado em dias nublados terá dificuldade em enxergar, principalmente à tarde
  • Capacete – essencial, um tombo bobo pode machucar seriamente
  • Bota e o esqui você geralmente aluga no hotel ou nas casas especializadas pelo período da temporada
  • Lip Balm (para não ressecar lábios), protetor solar, creme para mãos e óculos de sol para a parada do almoço. Em casa: hidratante corporal e rosto, bem potentes
  • Beber muita água! O tempo é muito seco, essencial!
  • Não sabe esquiar, um bom instrutor é o melhor investimento. Esqui é técnica, essencial aprender. Você pode se machucar!

    V&G Kids: Courchevel, os melhores locais para curtir com as crianças

    A Courchevel da DJ Marina Diniz, na França

     

    V&G Kids: Courchevel, os melhores locais para curtir com as crianças

Booking.com

Posts relacionados