A galerista Nara Roesler passas suas dicas de como aproveitar ao máximo a Art Basel Miami 2019

Berna Reale, Ginástica da pele, 2019 © Galeria Nasa Roesler
Berna Reale, Ginástica da pele, 2019 © Galeria Nasa Roesler

Tenho participado da Art Basel Miami desde o início dos anos 2000. Desde então, acompanho a cidade engrandecer sua cena artística se tornando cada vez mais interessante e enriquecedora para os amantes da arte. Esse ano, temos algumas exposições imperdíveis, fora o nosso stand na feira, que traz uma importante seleção de obras dos nossos artistas.

A Art Basel traz duas seções de curadorias especiais. No setor Meridians, Artur Lescher com seus pêndulos geométricos em metal que se relacionam com a arquitetura será um grande destaque. No mesmo setor, o inglês Isaac Julien apresenta uma impressionante vídeo-instalação com 9 telas, que trata da seminal arquiteta brasileira Lina Bo Bardi. Finalmente, no setor Kabinett, a exposição individual de Tomie Ohtake é uma ótima oportunidade para conhecer melhor a pintura da artista nipo-brasileira com suas influências Zen. Esse ano fizemos parcerias com as galerias Victoria Miro, OMR e Jessica Silverman, e também aconselho uma visita aos seus stands.

Fora do espaço da feira, meu maior highlight é a exposição de Vik Muniz no Sarasota Museum of Art. Além disso, a importante coleção Jorge Perez abre um novo espaço expositivo, o Espacio 23, com uma exposição coletiva que conta com obras de Alberto Baraya, Michelangelo Pistoletto, Ai Wei Wei, William Kentridge, entre outros. A instalação de Yayoi Kusama, no ICA Miami, também é uma obra incrivelmente impactante e popular, além da programação do Bass Museum of Art que tem obras de Ugo Rondinone, Lara Favaretto e Haegue Yang.

Guia Miami 2019: galerias brasileiras na Art Basel Miami 

Posts relacionados