Por Eduardo Sena 

O ano começou e, com ele, surgem aqueles encontros com os amigos, a velha promessa de se encontrarem todos os meses que, normalmente, só é cumprida em janeiro, jantares para contar como foram as férias… Nessas horas, há quem pense em espumantes, vinhos e champanhe, até porque o glamour e o requinte da ocasião pedem, certo? Errado. Vem ver.

Comprovadamente mais versátil que outras bebidas queridinhas dessa época do ano, a cerveja que vai muito bem o ano todo e embala as festas e confraternizações, também vai à mesa com toda classe para acompanhar lindamente os principais pratos e sobremesas.

E na hora do brinde ela também brilha! São cervejas especiais, complexas, algumas rolhadas e feitas para servir com toda pompa de um espumante francês, mas claro: com a sagacidade e malemolência da bebida mais popular dos brasileiros.

A pergunta é: você vai começar o ano como todo mundo, ou vai se permitir uma experiência nova, criativa e deliciosa?

Pra te ajudar, escolhi algumas cervejas que além de fazer bonito com seus convidados, vão provocar uma explosão de sabores durante as refeições e, claro, farão dos seus brindes algo delicioso e cheio de possibilidades, como um verdadeiro brinde de começo de ano deve ser.

Eisenbahn Pilsen

Uma das cervejas preferidas de quem está começando a apreciar cervejas premium, a Eisenbahn Pilsen é uma puro malte muito versátil e uma das mais vendidas do país.

Com ótimo equilíbrio entre amargor e dulçor, além do corpo leve e sabor refrescante, é uma cerveja com ótima aceitação, principalmente entre as mulheres. No aroma, ela traz notas que lembram pão, biscoito e lúpulo suave. Na boca, muita refrescância e um amargor suave para harmonizar com aquele Chester, com frutos do mar, peixes e queijos. Também é uma ótima pedida para o esquenta antes do jantar e aquele churrasco de confraternização.

Nome: Eisenbahn Pilsen

Estilo: Premium American Lager

Garrafa: 355 ml

Teor alcoólico: 4,8%

Copo: lager

Temperatura de serviço:  0 a 4ºC

 

Bamberg Rauchbier

Já ouviu falar em cerveja defumada? Pois é, eis um estilo muito peculiar, nascido em Bamberg, na Alemanha, e que merece ser desbravado, já que nasceu pra harmonizar com bons pratos. O sabor característico da cerveja vem dos maltes, que passam por uma defumação em forno à lenha transformando aroma e sabor com notas de defumado e caramelo. Nem precisa dizer que ela vai muito bem com churrasco e com pratos intensos, como embutidos, porco e feijoada.

A dica é a Bamberg Rauchbier, uma versão nacional do estilo que já foi eleita a melhor do mundo. Deu vontade? É só experimentar!

Nome: Bamberg Rauchbier

Origem: Brasil

Estilo: Smoked Helles

Garrafa: 600 ml

Teor alcoólico: 5,2%

Copo: caneca

Temperatura de serviço:  5 a 7ºC

Fuller’s London Porter

Ela é inglesa, premiadíssima e conhecida mundialmente como a mais fina Porter que existe. Se você ficou com sede só com essa introdução, dê mais uma salivada e me acompanhe.

A Fuller’s London Porter é uma cerveja suave, escura, com amargor e corpo médio baixo, mas com aroma intenso que traz notas de torrado, de café e chocolate. Uma cerveja que combina com uma refeição do começo ao fim, já que harmoniza com carnes de caça, com aquele Chester assado e até com sorvete de creme. Com uma cerveja dessa, sabor e assunto não vão faltar à mesa, não acha?

Nome: Fuller’s London Porter

Origem: Londres

Estilo: Brown Porter

Garrafa: 500 ml

Teor alcoólico: 5%

Copo: pint

Temperatura de serviço:  8 a 10ºC

 

La Trappe Dubbel

Uma cerveja supertradicional e de fama internacional, a La Trappe Dubbel é uma clássica cerveja trapista, referência no estilo Belgian Dubbel.

Feita com toda a paciência e cuidado por monges nos mosteiros Trapistas, essa Dubbel premiadíssima tem cor marrom escuro, aroma frutado e notas de baunilha, caramelo e chocolate torrado. Na boca, você nota que o caramelo se repete, mas ela ainda traz notas de mel e frutas secas, que vão bem com peru, cordeiro, sobremesas com chocolate, pudim, e até com um belo panetone de frutas. Tentador? Eu também acho!

Nome: La Trappe Dubbel

Origem: Holanda

Estilo: Belgian Dubbel

Garrafa: 750 ml

Teor alcoólico: 7%

Copo: cálice

Temperatura de serviço:  8 a 12ºC

 

Wäls Brut

O nome traz notas de internacionalidade, mas não se engane: esta beleza de estilo belga é, na verdade, uma genuína Bièrre Brut feita aqui mesmo, na mineiríssima cervejaria Wäls.

Eleita a melhor cerveja do mundo na categoria Specialty Beer no estilo Brut/Champagne, em 2015, pelo World Beer Awards (WBA), é uma cerveja delicada, feita com o mesmo processo de fermentar Champagne e faturada por nove meses em cave com temperatura e umidade controladas.

É uma cerveja complexa e delicada, de cor dourada e aromas que remetem ao vinho branco e notas cítricas. O perlage fino e duradouro lembra os melhores espumantes e tem 12% de teor alcoólico e simpatia por peixes, lagostas e brindes memoráveis, como o que fiz no meu casamento.

Nome: Wäls Brut

Origem: Brasil

Estilo: Bière Brut

Garrafa: 750 ml

Teor alcoólico: 12%

Copo: flauta

Temperatura: 5 a 7ºC

Agora é com você! Aproveite o início do ano para fazer algo diferente. Faça escolhas novas, criativas e impressione seus convidados. Bora? Então vem porque eu já fui!

Santé!

 



Sobre Eduardo Sena 

Publicitário, pós-graduado em gestão de mkt e sommelier de cervejas, escreve em blogs e revistas desde 2004 e é autor do livro “Hora do Gole aquela pausa entre umas e outras”. Sedento por novidades, compartilha suas experiências etílicas e de lifestyle no perfil @horadogole, em seu site Hora do Gole e aqui, sempre com muito bom humor.

Posts relacionados