{My Darling Londres} Durante os meses mais quentes do ano no hemisfério Norte, Londres se enfeita de flores. Não apenas nos lindos parques da cidade, mas também nas fachadas residenciais, nos canteiros espalhados pelas ruas e também nos campos mais afastados da região metropolitana

Para quem tem plano de viajar para Londres tanto na primavera quanto no verão, não pode deixar de conhecer alguns dos pontos mais floridos e encantadores da terra da rainha, conforme listado abaixo. Mas, vale lembrar que as datas em que elas estão no “full bloom” podem variar um pouco ano a ano, em função do clima.

Veja também: top 5 cafés instragramáveis em Londres

Confira a lista completa abaixo: 

Camélias: encontradas no meio de março no Chiswick House and Gardens

Magnólias: também disponíveis no meio de março no Chelsea e Notting Hill

Magnólias no Notting Hill (Foto: @mydarlinglondres)

Cherry Blossoms: disponíveis no começo e meio de abril, no Ravenscourt Park, Regent’s Park, Battersea Park, Greenwich Park e Notting Hill

Tulipas: floridas no meio de abril e começo de maio e é possível encontrá-las no St. James Park e no Buckingham Palace

Glicínias: encontradas no final de abril e começo de maio no Chelesa, Richmond, Holland Park, Notting Hill e Peckham Rye Common

Azaléias: disponíveis em maio no Plantation at Richamond Park

Rosas: as clássicas flores são encontradas em junho e julho no Queen Mary’s Rose Gardens

Lavandas: de cheiro marcante, são encontradas floridas no meio e final de julho, disponíveis no Mayfield Lavender e Hitchin Lavender

Girassóis: floridos e encantadores no final de julho e começo de agosto também no Hitchin Lavender

Cherry Blossoms, Tulipas e Glicínias (Fotos: @mydarlinglondres)

Veja também: cinco restaurantes veganos em Londres

___________________________________________________________________________

A coluna My Darling Londres é assinada por Carla e Marília, duas amigas brasileiras que moram em Londres há mais de seis anos. Juntas, criaram o @mydarlinglondres, uma série de guias online que dá dicas não turísticas da cidade, complementado por um perfil no Instagram. Os guias podem ser adquiridos através do ETSY (clique AQUI). 

Posts relacionados