Casa Levi, na Mooca (Foto: divulgação)

O chef padeiro Walter Ramos, proprietário da Casa Levi Padaria Artesanal, dá dicas do que fazer em um dia pela Mooca, tradicional bairro paulistano

Comece o dia tomando um belo café da manhã na Casa Levi! O espaço oferece um cardápio delicioso com brunches e lanches, além de ter ambiente família e seu pet ser muito bem vindo. Depois, vá caminhando até o Parque Sabesp Mooca. O local possui o nome do radialista e locutor esportivo Fiori Gigliotti.  Brasileiro, nascido no interior de São Paulo, filho de imigrantes italianos. O parque fica localizado onde há a torre da caixa d’água, o maior reservatório de água da América latina. É administrado pela SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo SA). A infraestrutura possui rota acessível, espaços lúdicos, museu aberto, espaço para caminhadas, playground, posto de coleta seletiva e bicicletário, além da flora conter espécies como ipês, caroba, quaresmeira e muitas outras. Acontecem várias atividades esportivas e culturais por lá também.

Museu da Imigração (Foto: divulgação)

Depois, que tal dar um pulo no passado? O Museu da Imigração é um lugar cheio de história. Ele foi reinaugurado em 2014 com um novo plano museológico e exposição de longa duração. O prédio foi tombado pelo Conpresp e pelo Condephaat, depois que passou por um restauro completo desde sua construção, em 1888. Lá, você pode pesquisar seus antepassados, além de desfrutar da arquitetura e locações.

Veja também:
Os novos restaurantes de São Paulo
Hamburguerias temáticas em São Paulo
Motivos para conhecer São Paulo

Já que você chegou até o museu, é mais que obrigatório o passeio pelo Trem Cultural dos Imigrantes. É uma locomotiva à vapor, de 1922, que percorre um percurso de 3 Km, mostrando uma vila ferroviária do século passado e antigos trens da SP Railway, primeira ferrovia do Estado de São Paulo. Os colaboradores deste passeio são atenciosos e explicam toda a história com carinho.

Pausa para o almoço! Dentre tantos lugares maravilhosos que o cenário gastronômico da Mooca oferece, gosto bastante do Cadillac bbq – ele é do mesmo proprietário do Cadillac Burguer – que também vale muito a visita. Com uma inspiração texana, a casa é linda, com uma ambientação sensacional e o prato-queridinho da casa é o Brisket, peito de boi defumado sem pressa na churrasqueira a lenha fechada, até que a carne derreta ao corte. É de comer ajoelhado!

Cadillac bbq (Foto: divulgação)

Após a refeição, dê um pulo no Casarão do Vinil – para quem ama música, como eu, é uma perdição. Você encontra discos de vinil de todos os artistas que você possa imaginar. Do samba ao rock, dá pra passar um belo tempo garimpando.

Outro passeio bem legal é o Roller Jam, um rinque de patinação para crianças e adultos. O lugar é bacana e tem ótima música – a ideia é se soltar ao som do groove, jazz e soul music. Tudo bem se você não tiver prática, o espaço tem uma equipe de instrutores de olho nos menos habilidosos. 

 

 

Posts relacionados