Ao pousar na Indonésia, prepare-se para conhecer lugares que nunca mais sairão da memória: praias paradisíacas, florestas, arrozais, templos e cultura de encher os olhos de qualquer ocidental. Algo como um mundo novo. Ilan Wallhash, CEO da GSP Travel, listou os 10 passeios indispensáveis pelo arquipélago

O arquipélago soma cerca de 17 mil ilhas, tem praias magníficas, templos admiráveis e riqueza cultura, social e gastronômica que vão deslumbrar turistas. Reserve, ao menos, 10 dias para se perder por lá e, na hora de fazer o roteiro, fique de olho nessas dicas. De shows imperdíveis às melhores praias, aqui têm todos os highlights desse destino inesquecível.

– Assista a um show de Kekak Dance (foto ao lado), uma dança hindu-balinesa, parecido com um drama musical;

– Vá a um Beach Club em Seminyak;

– Aulas de surf em Canggu, que fica perto de Seminyak, uma das praias mais badaladas e descoladas de Bali;

Veja também: Os oito restaurantes preferidos da chef Morena Leite, em Bali

– Reserve, ao menos, 4 dias para se perder por Ubud, cidade cultural de Bali cercada por arrozais e vilas agrícolas. O destino reúne passeios imperdíveis, como templos hindus, artesanato, restaurantes, possibilidade de visitar vulcões de helicóptero, Monkey Forest, o santuário do macaco de cauda longa balinês, yoga, retiros espirituais, cachoeiras, além das belíssimas paisagens dos campos de arroz (foto ao lado);

– Não vá embora sem provar o Nasi Goreng, que significa arroz frito, um clássico da culinária local;

– Se puder, vá para as ilhas próximas: Nusa Penida, Lembongan e Gilis. De barco, a viagem dura cerca de 45 minutos. Lá as praias são espetaculares e o mergulho sensacional!;

– É do time que ama aventura? Faça então trekking nos vulcões Mount Batur, Kintamani, no Mount Agung, o Bratan e o Mount Merbuk;

– Visite as praias, que são maravilhosas. Destaco a Uluwatu (foto abaixo), que tem ondas famosas para surf e um pôr do sol incrível, a Nusa Dua, Nyang Nyang, Melasti e Pantai Tegal;

– Aprecie a noite de Bali, que é bem agitada, tem vários nightclubs e bares. O interessante é encontrar pessoas de todas as partes do mundo, com muita tecnologia e DJs super famosos;

Komodo National Park, em Tenggara, é onde “moram”os Dragões de Komodo, raros sobreviventes dos tempos pré-históricos. É lá também um dos pontos mais fantásticos para mergulho da Indonésia.

*Fotos: Shutterstock

O que visitar pelos arredores de Bangkok, na Tailândia

 

Posts relacionados