Todo ano diversas listas surgem com destinos que vão bombar no ano seguinte. Dani Filomeno faz as suas apostas sobre locais – não tão tradicionais – que acredita que vão pipocar nas timelines em 2020. Confira!

Puglia

A Itália é um dos destinos mais fascinantes do mundo e já sabemos o porquê: histórias milenares, cultura, beleza arquitetônica e uma gastronomia típica. Há tempos o país está no radar de turistas do mundo inteiro, com cidades como Roma, Florença, Veneza e até a região da Toscana. Mas já pensou em explorar o extremo sul do país, lá onde chamam de salto da bota? A Puglia, ou Apúlia, em português, é uma região que reúne cidades históricas, pitorescas e lindas praias, que tornam o lugar único. Seu litoral é banhado pelos mares Jônico e Adriático e é um prato cheio para paisagens deslumbrantes. Ir para a Puglia é desbravar um destino italiano totalmente diverso, já que, além das praias belíssimas, a região também conta com hospedagem em fazendas históricas, conhecidas como masserias. Suas cidades medievais tem joias como Alberobello, famosa pelos seus trulli, construções com telhados cônicos, listada como Patrimônio Mundial da Unesco, ou Cisternino, eleito um dos borgos mais lindos do mundo. Não te convenceu ainda? A burrata vem daqui, que tal?

Leia mais: Porque você vai querer conhecer a Puglia, na Itália

O encanto de se hospedar em uma Masseria

O luxuoso Borgo Egnazia na Puglia, Itália

Conheça Alberobello e seus trulli, Patrimônio Mundial da UNESCO

Japão

Do outro lado do mundo, acontece o perfeito encontro da tradição milenar com construções futuristas, a harmonia do bem estar do cidadão pensado no coletivo, o planejamento e muito trabalho, mas com a colaboração da população. Além disso, o Japão também oferece uma gastronomia saudável e é adepto da medicina oriental, ou seja, tem como dar errado? Essa é só uma pequena lista dos inúmeros motivos para conhecer este destino tão impressionante. O país da Ásia Oriental abre as portas para o futuro, assim como é conhecido, mas também conta com uma boa dose de realidade e encanta seus turistas pela mistura do antigo e moderno, com templos e tradições milenares e arranha-céus futuristas.

Leia mais:  Conheça Quioto, a antiga capital imperial do Japão

Japão, a incrível terra do futuro

Top 5 melhores hotéis de Tóquio, no Japão

Sua cultura também impressiona: ocidentalizada, é uma mistura intrigante que, por exemplo, conta com monges com celulares na mão, tem a milenar cerimônia de chás, além de santuários em meio aos escritórios e lojas de fast food ao lado dos tradicionais doces de feijão. E, claro, tudo funciona em uma perfeita harmonia e te faz querer desbravar ainda mais o país. E a gastronomia vai além da culinária japonesa com os melhores e mais estrelados restaurantes do mundo. Agora, não deixe de se programar com antecedência e reservar um bom balcão de sushi com pouquíssimos lugares. Atrás dele, um sushiman renomado prepara na frente dos pouco mais de oito felizardos niguiris feitos na hora que derretem na boca. Um bom exemplo é o Sawada, melhor sushi que já comi na vida.

Butão

O Butão é um pequeno país, espremido entre a Índia e a China, que reserva inúmeros mistérios. E quando falamos em pequeno, significa que sua área territorial é um pouco menor que o estado do Rio de Janeiro. No extremo leste do Himalaia, o país é conhecido pelas suas fortalezas e mosteiros construídos em meio à natureza, como é o caso do Mosteiro de Takshang, construído no século XVI, situado a três mil metros acima do nível do mar, sendo um dos principais cartões-postais butaneses. A crença de seu povo já é um ótimo motivo para incluir o Butão em sua bucket list.

Desde 1972, a felicidade de seu povo é mais importante que as riquezas produzidas no país, assim como foi declarado pelo rei Jigme Khesar Wangchuck e, atualmente, é o primeiro país que mede a felicidade na prática, com um índice próprio. Além da tristeza não fazer parte da rotina butanesa, o país também é palco de paisagens impressionantes e intocadas, como rios de água cristalina e florestas com uma rica fauna e, por isso, é considerado também “o último éden do mundo”. O Six Sences está com hotéis novinhos que pode explorar mais de uma cidade durante a exploração do país. Chamado Six Senses Butão, são 82 suítes e vilas distribuídas em cinco lodges em patrimônios como Thimphu, Punakha, Gangtey, Bumthang e Paro, incluindo a caminhada para o Tiger Nest, bucket list da maioria dos viajantes.

 

Leia Mais: 10 destinos dos sonhos por Dani Filomeno

Marrocos

Marrocos tem seu charme e não só pelas cores e sabores, mas também pela imensa riqueza histórica, contada em cada ruela de suas cidades muralhadas. Marrakech é a porta de entrada para país do continente africano e traz uma identidade própria, com personalidade forte e uma cultura totalmente dominante. Chamada de cidade vermelha, impressiona pelo confuso trânsito e também pela jovem e preparada vocação para o turismo. Você encontra hotéis que ultrapassam nosso entendimento de cinco estrelas, restaurantes com pontuação máxima no Guia Michelin, além de guias profissionais competentes e completamente estudados, com profundo conhecimento do país, para receber todos os turistas. Alguns deles, inclusive, falam cinco línguas até português. Sua arquitetura é plana, com prédios que atingem no máximo cinco andares e garantem uma vista interessante de todo o horizonte. No quesito gastronomia, Marrakech encanta pela enorme variedade de temperos e que te deixa com um gostinho de “quero mais” – assim, se torna um ótimo motivo para voltar.

Leia mais: Hotéis em Marrakesh que te fazem suspirar

Marrakech, a cidade vermelha

Mais antiga das capitais imperiais, Fèz concentra muitos monumentos medievais

Que tal ficar hospedado em um palácio real?

Atacama

Fugindo do roteiro básico da cosmopolita Santiago, capital do Chile, os turistas estão conhecendo este pequeno país na América do Sul aos poucos. Um dos destinos que mais se encontra em ascensão é, sem dúvida, o Deserto do Atacama, que você já deve ter visto o cenário deslumbrante em algumas timelines por aí. Seu clima árido e paisagens totalmente isoladas encantam os olhos de quem vê. Dizem, e é possível confirmar assim que você desembarca, que lá é o melhor lugar do mundo para observar o céu. Sua vegetação seca, sem chuvas – que não garante partículas de água no ar – e sua altitude contribuem para que as estrelas sejam vistas aos olhos nus, transformando a noite em um verdadeiro espetáculo da natureza. Na luz do dia também reserva boas surpresas, como as Termas de Puritama, que são piscinas naturais formadas dentro de cânion e tem temperatura totalmente agradável. Ali, bons hotéis dividem a atenção da paisagem estonteante, como o Tierra, que traz muito design e charme, e o Explora, com expedições exclusivas.

Leia mais: Atacama para principiantes: guia básico de passeios

Aventure-se pelo Deserto do Atacama, no Chile

Deserto do Atacama (Foto: Daniela Filomeno)

Posts relacionados