A agenda é intensa durante a Art Basel e uma série de exposições tomam Miami. Guarde um tempo para visitá-las. Confira também os dois novos museus da cidade  

ICA – Institute of Contemporary Art 

Yayoi Kusama no (Foto: Daniela Filomeno)
Yayoi Kusama no ICA (Foto: Daniela Filomeno)

O Institute of Contemporary Art of Miami traz o Sterling Ruby em dois andares com mais de cem peças de duas décadas de trabalho. O artista americano-holandês contesta as bases da cultura americana, as instituições e o mundo moderno por meio de fotos, pinturas e esculturas. Ruby já apresentou mostras individuais no Museu de Arte Contemporânea de Los Angeles (2008); na Galeria de Arte Moderna e Contemporânea, na Itália (2008–2009); no Museo d’Arte Contemporanea, em Roma (2013); no Baltimore Museum of Art, em Maryland (2014); no Belvedere, em Viena (2016); entre outros. 

A primeira artista mulher a representar o Japão em uma Bienal de Veneza (1993), Yayoi Kusama é uma das mais importantes artistas asiáticas vivas do mundo. A obra “All the Eternal Love I have for the Pumpkins” fica até 31 de janeiro de 2020 em uma sala anexa ao ICA. Ela revisita duas genéticas constantes em sua obra: abóboras cabotiá e bolinhas em série (pois). O visitante precisa reservar um horário pelo site (US$15, às terças é gratuito). Pode ficar apenas um minuto e apenas uma pessoa por vez na sala.

61 NE 41st St 

PAMM – Pérez Art Museum

Zhao Gang é uma figura essencial no desenvolvimento da arte contemporânea chinesa. Até 5 de janeiro de 2020, expõe no PAMM 14 pinturas de influência oriental e ocidental que refletem as profundas transformações que afetaram seu país natal.

The Other Side of Now: Foresight in Contemporary Caribbean Art é uma exibição temática de um grupo de 14 artistas que cercam as respostas para a pergunta “Como será o futuro do Caribe?” por meio de instalações, esculturas, pinturas e vídeos – em exibição até 7 de junho de 2020.

“Estás vendo coisas” é a obra audiovisual da artista brasileira Bárbara Wagner em parceria com o alemão Benjamin de Burca, que retrata a subcultura da música brega – em exibição até 29 de março de 2020.

O artista peruano José Carlos Martinat leva sua American Echo Chamber para o PAMM – são esculturas luminosas inspiradas em símbolos da cultura americana e peruana que retratam cenários políticos atuais. Em exibição até 26 de janeiro de 2020.

Teresita Fernández: Elemental – uma das principais artistas contemporâneas dos Estados Unidos reúne diversas obras que refletem e desafiam percepções sobre o mundo e a ordem social americana – em exibição até 9 de fevereiro de 2020. 

1.103 Biscayne Blvd

Fernando Botero, por Nader Latin American Art Museum

Fernando Botero, em exposição na Lincoln Road até janeiro/20 (Foto: divulgação)

Fernando Botero, considerado o artista vivo mais reconhecido e citado da América Latina, está com 15 monumentais esculturas de bronze exibidas no epicentro de Miami Beach. Apresentado pelo Nader Art Museum, o artista já teve suas obras exibidas nos mais importantes locais do mundo, como Paris, Tóquio, Berlim e Nova York, e, até 21 de janeiro, podem ser apreciadas pelos turistas e locais que passeiam pela região da Lincoln Road. Vale conferir de perto as ilustres esculturas como “Male Torso”, “Rape of Europa”, “Leda and the Swan” e “Pássaro”.

Lincoln Road, Miami Beach

O novo Rubell Museum 

Em 4 de dezembro, será inaugurado o novo campus do Rubell Museum com uma instalação que narram artistas, momentos e movimentos importantes em centros de artes nos últimos 50 anos, desde East Village a Pequim, passando por Los Angeles, São Paulo e Tóquio. A exposição inaugural inclui mais de 300 obras de cem artistas, oferecendo uma das mais abrangentes exposições de arte contemporânea em museus já apresentadas.

Instalado em seis antigos prédios industriais em Allapattah que foram conectados e transformados pela Selldorf Architects e se desdobram em um único nível, sem escadas ou elevador, para torná-lo acessível a todos. O campus contará com galeria, espaço flexível para apresentações, uma extensa biblioteca de pesquisa de arte, uma livraria e um restaurante interno e externo que se abre para um jardim no pátio. Desenhado por La Casona Garden em colaboração com Juan Roseliane-Valadez, o jardim foi concebido como um projeto de restauração usando plantas, muitas raras e nativas da região de Everglades e Florida Keys. 

Inauguração: 4 de dezembro de 2019
1100 NW 23rd St

Museum of Graffiti abre em Wynwood 

Museu do Grafitti abre em Miami (Foto: divulgação)
Museu do Grafitti abre em Miami (Foto: divulgação)

O novo museu de arte contemporânea, Museum of Graffiti, abre suas portas em 5 de dezembro no vibrante bairro de Wynwood, conhecido entre os entusiastas da arte por exibir mais de 200 murais de rua de artistas respeitados internacionalmente. 

A instituição, fundada pelo grafiteiro Alan Ket e pelo advogado de Miami Allison Freidin, inclui uma exposição permanente, duas galerias de exposições, uma instalação imersiva e uma loja. 

A apenas uma quadra da famosa Wynwood Walls, a coleção permanente do museu apresenta pinturas, esculturas e instalações de mídia mista, retratando a evolução da arte do grafite, com obras de primeiros escritores de grafite de Nova York, como Rammellzee, Riff 170, Phase2 e Tracy 168. Também estão em exibição peças dos grafiteiros dos anos 80 Sonic, Dondi White, Zephyr, Lady Pink e Doze Green, além dos nativos de Miami Abstrk, Crome, Rasterms, Verse e Raven. Para sua exposição inaugural, o Museu do Grafite apresentará novas obras do pioneiro de Amsterdã e fundador do movimento de caligrafia Niels “Shoe” Meulman em uma exposição intitulada “Espaço Negativo”.

Inauguração: 5 de dezembro
299 NW 25th St

Booking.com

Posts relacionados