Férias chegando e que tal aproveitar um mar transparente com uma canga estirada na areia e muito descanso a beira mar? Amante de mergulho e de praia, Daniela Filomeno indica seis lugares imperdíveis no Caribe. O mar cristalino e turquesa desta região conquistou a jornalista, que visita todos os anos

Turks and Caicos

O arquipélago de Turks and Caicos ainda não é amplamente conhecido pelos brasileiros, mas figurões como Bruce Willis e Bill Gates frequentam a ilha de beleza única e intocada, além de deter a praia com o título de uma das dez mais bonitas do mundo, a Grace Bay.

São 40 ilhas que formam o arquipélago, um santuário ecológico, com praias paradisíacas e hotéis luxuosos e privativos, como o Amanyara (leia-se Grupo Aman). Turks and Caicos tem uma das barreiras de corais mais lindas do mundo, atraindo muitos scuba divers para mergulho e também praticantes de snorkel. A transparência do mar é impressionante, um dos mais cristalinos de todo o Caribe, além da cor turquesa intensa com nuances de toda a paleta de azul.

Antigua, o resort em ilha prive

Um verdadeiro refúgio, o hotel Jumby Bay ocupa uma ilha inteira da Antigua. Anexa à ilha principal St. John, a apenas poucos minutos de carro do aeroporto internacional, além de uma pequena travessia de barco, ele é um dos mais exclusivos e escondidos hotéis do Caribe. Integra a coleção da Oetker Collections (leia-se Hotel du Cap e Eden Rock) e possui apenas 40 quartos e suítes com piscinas privativas que lembram aconchegantes – e muito luxuosas – casas de praias, de frente para o mar, com um dos melhores serviços de todo o Caribe.

São três praias, Spa, kids Club, bares e dois restaurantes, sendo um deles em uma antiga casa colonial espanhola de 1830. O programa principal é ficar esticado nas grandes espreguiçadeiras à beira mar. Para os esportistas de plantão, o resort oferece uma academia completa e atividades como esqui aquático, wakeboard, windsurfe, pesca e mergulho (na ilha grande), entre outros.

A escondida Santa Lucia

Jade Mountain Resort em Santa Lucia (Foto: Daniela Filomeno)

Imagina estar hospedado em um quarto sem paredes, janelas ou ar-condicionado, em pleno Caribe. Uma experiência como esta, é uma das mais diferentes do Caribe e somente pode ser encontrada no hotel Jade Mountain, na ilha de Santa Lucia. Com uma das mais belas vistas, para as pontiagudas montanhas Pitons, na cor de jade, daí o nome Jade Mountain, seus quartos foram projetados para serem santuários de contemplação à natureza, com piscina infinita e design único, com passarelas de concreto privativas que levam a cada quanto. Um grande edifício de madeira na encosta, integrado à natureza, faz a curva natural da montanha em que foi alocado.

O hotel figura constantemente nas listas das vistas top 10 mundiais e também o terceiro melhor resort do mundo (pela Conde Nast). Todo incrustado na mata, o Jade Mountain, além de riqueza verde, tem projeto inovador, com estrutura futurista e moderna e passarelas de concreto e madeira, tudo assinado pelo arquiteto canadense Nick Troubetzkoy.

Você pode explorar a ilha de barco e conhecer as diversas praias, além de caminhadas, cachoeiras e muitas atividades aquáticas, como o mergulho certificado. Mas o hotel espetacular, é um convite para ficar recluso.

O paraíso dos mergulhadores Bonaire

Uma das Antilhas Holandesas, as “Ilhas ABC”, Bonaire fica a cerca de 50km de Curaçao. Sem vida noturna agitada, Bonaire tem vida própria em torno do mergulho certificado, diferente das suas vizinha Aruba e Curaçao.

Sua beleza rústica e natural não contempla grandes resorts ou hotéis luxuosos, o luxo fica para a natureza: é um dos melhores locais do mundo para mergulho – são mais de 60 pontos em águas transparentes. Além disso, os turistas também podem se aventurar no windsurf, praticar snorkeling ou pesca. E o dia é coroado com um boa lagosta grelhada pescada no dia ou o peixe fresquíssimo, bem simples. Tem coisa mais gostosa?

A rústica Bonaire (foto Daniela Filomeno)

As Bahamas que ninguém conhece

Pink Sand Beach na região de Ábaco (foto Daniela Filomeno)

A geografia das Bahamas – mais de 3 mil ilhas e ilhotas – na terceira maior barreira de corais do mundo contribuem para uma paisagem inesquecível. Bancos de areias, praias desertas, ilhas ligadas entre si por extensões de areia onde é possível caminhar, fazer snorkel… A extensão do país possibilita diversão para todos os gostos: para quem busca agitação ou calmaria por completo. No extremo norte das Bahamas, a meia hora de Miami de avião, fica o Ábaco, um arquipélago que esconde uma beleza intocada, para quem ama natureza, com água transparente turquesa e areia branquinha. Ábaco engloba um grupo de ilhas e ilhotas que formam uma cadeia de 120 milhas de comprimento que se estende por 650 quilômetros quadrados.

Esqueça a agitação de Nassau, Exumas ou os barcos e pousadas de Eleuthera, a região é rústica, onde americanos endinheirados têm suas casas de veraneio, já que as Bahamas são o país caribenho mais próximo dos Estados Unidos. Raramente se vê turistas brasileiros por aqui.

A região é pouco turística, leia-se uma quase inexistente estrutura hoteleira, restaurantes e lojas; consequentemente tem praias desertas de natureza selvagem. A melhor forma de explorar a região é de barco, pulando de ilhota para ilhota, em busca de bancos de areias e áreas de mar raso. E quem não sonha com uma praia deserta em suas merecidas férias?

República Dominicana além de Punta Cana

Enquanto Punta Cana é um destino ideal para as férias em família, La Romana é uma das mais aconchegantes cidades da República Dominicana. Por lá se esconde uma joia da hotelaria caribenha: o Casa de Campo, um dos resorts mais luxuosos do Caribe. Praia particular, areias claríssimas, água transparente, cinco campos de golfe, spa, campo de polo e tênis. Ideal para golfistas, possui três campos, que somam 63 buracos, desenhados por Pete Dye, ladeados pelas praias brancas de corais.

Com serviços diferenciados, o hotel oferece um carrinho de golfe por apartamento, lençóis de algodão egípcio, televisão com blue-ray, SPA e requintada gastronomia. Ainda é possível alugar as beaches houses e se hospedar a vizinhos celebridades, como Shakira e Julio Iglesias.

Altos do Chavón (Foto: Daniela Filomeno)

É lá que fica a vila toscana Altos do Chavón, que nasceu do sonho de um empreendedor e acrescentou romantismo à República Dominicana. Construída em 1976, e desenhada pelo cineasta Roberto Coppa, nasceu do sonho de Charles G. Bludorn (Gulf & Western Industries), que resultou nesse lindo e inusitado lugar no Caribe. A bela paisagem é muito procurada por noivos que realizam seus casamentos na igreja de San Estanislao, inaugurada pelo papa João Paulo II. Vale a visita.

 

V&G Visita: uma das mais paradisíacas ilha do Caribe, Antígua

Posts relacionados