A cidade aclamada pelos vinhos e pela boa gastronomia também oferece opções de lazer e muita aventura em contato com a natureza

Passeio de balão por Mendoza (Foto: Mendoza Balloonns)
Passeio de balão por Mendoza (Foto: Mendoza Balloonns)

Romântica, em família ou com amigos. Mendoza é um destino turístico que agrada a quase todos os tipos de viajantes. Só no ano passado, 100 mil brasileiros foram para a província argentina – ficando atrás apenas do Chile em número de turistas. O vinho de qualidade ainda é o grande atrativo, mas desde 2005 a região vem chamando a atenção daqueles que procuram por aventuras de montanha e neve. Veja o que fazer:

CAVALGADA

Para quem prefere se manter em solo firme, este é um dos passeios mais tradicionais. É uma boa maneira de apreciar (ou até cruzar) os Andes. Os roteiros variam de acordo com seu gosto, mas dá para aliar a rota dos cavalos com as visitas às vinícolas – incluindo uma parada estratégica para o almoço.   

ESCALADA

O Monte Aconcágua é o ponto mais alto das Américas, só perde para o Himalaia. Com quase 7.000 metros de altitude, oferece trilhas e escaladas para diversos tipos de aventureiros: desde quem quer chegar ao mirante no conforto do carro, até aqueles que se arriscam para chegar ao pico com corda e picaretas. Diversas empresas estão espalhadas pela cidade e oferecem guias e pacotes turísticos.

ESQUI

São duas as estações mais visitadas na temporada de neve: Los Penitentes, com algumas opções de hotelaria na região e um gostoso centrinho de compras, e Los Puquios, a 180 km de Mendoza e com menos estrutura. Ambas são muito procuradas por quem nunca teve contato com a neve, as pistas são apenas para principiantes. 

Confira também:
O que fazer em Mendoza por Anna Buffara 

Um roteiro pelo centro de Mendoza
Onde se hospedar no centro de Mendoza

MOUNTAIN BIKE

Se preferir deixar o cavalo de lado, invista na bicicleta. Com todos os equipamentos de segurança, dá para explorar desde as trilhas do deserto até o alto das colinas. As excursões guiadas são adaptadas de acordo com o preparo físico do turista: dos esportistas aos iniciantes.

PARAPENTE

Se a água não for sua praia, tente alguma emoção pelo ar. A agência Argentina Rafting oferece pacotes com instruções de decolagem, voo e pouso. O passeio com o instrutor dura cerca de 20 minutos e parte do alto da colina do Arco – que é acessado em veículos com tração 4×4.

PASSEIO DE BALÃO

Desde o ano passado, a empresa Mendoza Balloons passou a oferecer passeios sobrevoando as vinícolas da cidade e outras áreas rurais. É possível ver animais selvagens em seu habitat natural, além da vista deslumbrante da Cordilheira dos Andes. Os voos duram 45 minutos e comportam até 16 pessoas. Logo após o pouso, é feito um brinde com um ótimo espumante mendocino.  

RAFTING

Talvez seja a maneira de ter contato mais direto com a natureza de Mendoza: basta juntar os amigos, encher um bote inflável, vestir o colete salva-vidas e se atirar corredeira abaixo – sem se esquecer de ter um guia especializado a bordo. Como não exige grandes performances técnicas e proporciona altas doses de adrenalina, é a atividade favorita dos aventureiros na cidade.  

TIROLESA

O mais novo esporte radical local: voar a 40 metros de altitude, ao longo de 1.400 metros de extensão, pendurado por um cabo de aço e cruzando o rio Mendoza. Dura poucos segundos, mas é possível apreciar a vista panorâmica do Vale de Potrerillos e Cordón del Plata (a mais de 6.000 metros acima do nível do mar).

Posts relacionados