Conteúdo patrocinado pela Prefeitura de Ilhabela

Famosa pelas praias, Ilhabela também concentra belas cachoeiras espalhadas em sua extensão

Ilhabela é um destino completo, ótimo para quem busca uma cenário paradisíaco para casar e ainda oferece uma agenda de programação completa aos convidados. Separamos oito cachoeiras imperdíveis para quem visita a ilha, mas é importante avisar: para chegar até elas é preciso caminhar bastante e, em alguns casos, enfrentar trilhas mais fechadas. O esforço, entretanto, vale a pena.

Veloso

Cachoeira do Veloso (Crédito: Divulgação/Secretaria do Turismo de Ilhabela)

A trilha para uma das mais lindas cachoeiras do sul da ilha parte de um camping a 900 metros da Praia do Veloso. De nível médio de dificuldade, o percurso de ida e volta tem 2,3 km e o tempo estimado de 1h30. No começo da manhã e no fim da tarde, é possível avistar uma grande diversidade de animais da Mata Atlântica como o tiê-sangue e a borboleta de vidro. A queda d’água, que está dentro do Parque Estadual de Ilhabela, tem algo em torno de 30 metros. Um pequeno poço rodeado por pedras e areia é um dos presentes para os que se aventuram nesta trilha.

Por que se casar em Ilhabela?

Friagem

Durante boa parte do percurso de 2,4 km (ida e volta), de nível médio, o visitante aprecia uma das mais belas vistas da face norte do canal de São Sebastião, da Serra do Mar e da Mata Atlântica que cobre o Parque Estadual de Ilhabela. A trilha começa logo após a Praia do Viana, ao norte, e leva até a queda de aproximadamente 25 metros. Embora não haja um poço para banho, a caminhada é compensada por uma refrescante ducha natural.

Cachoeira da Água Branca

Cachoeira da Água Branca (Reprodução Facebook Turismo Ilhabela)

Uma das mais belas e vistosas quedas d´água da ilha pode ser observada a partir do mirante do Parque Municipal das Cachoeiras, porém não há espaço para banho. O parque possui mais de 80 mil metros quadrados, que abrigam o Viveiro Municipal Aroeira (onde são cultivadas mudas de espécies nativas da Mata Atlântica), além de uma série de trilhas que levam a outras cachoeiras. O mirante de onde podem ser observadas as duas quedas da Cachoeira da Água Branca está localizado atrás do antigo Museu Náutico. O local conta com a estrutura de estacionamento e banheiro público.

Três Tombos

A trilha da cachoeira dos Três Tombos, também conhecida como Pancada d’Água, é a mais curta e de fácil acesso aberta à visitação e pode-se chegar de carro a poucos metros da primeira queda. Fica próxima à Praia da Feiticeira, no sul da Ilha, e o nome vem das três quedas d’água que formam o complexo. Ótima opção para quem quer caminhar pouco, tomar um banho rápido, por isso é das mais procuradas pelos turistas.

A primeira queda tem cinco metros de altura e forma uma piscina natural de cerca de 100 metros quadrados, ideal para tomar banho com a família. O percurso de 720 metros (ida e volta), tempo estimado de 30 minutos e nível de dificuldade baixo. Pelo trajeto é possível desfrutar do contato com a Mata Atlântica e avistar espécies de aves como o papagaio-moleiro, tucano-de-bico-verde, sabiá-una, pula-pula, entre outras.

Laje

Parada obrigatória a caminho da Praia do Bonete, essa linda cachoeira, a 50 minutos a pé da Ponta de Sepituba, é mais um atrativo do Parque Estadual no lado sul da ilha. É considerada um dos melhores pontos para banho e, portanto, bastante procurada pela sua piscina e tobogã naturais. A trilha é tranquila e bem larga, com trechos de subidas e descidas. Originalmente foi planejada para ser uma passagem de carro até o Bonete, mas o projeto foi abandonado e contribuiu para a recuperação da mata e a manutenção do modo de vida caiçara. Por isso, este paraíso natural está preservado até hoje.

De carro, depois que acaba o asfalto, pode seguir pela estrada de terra até a Ponta da Sepituba, economizando 2 km da trilha. De ônibus, precisa pegar a linha para Borrifos e descer no ponto final e continuar pela estrada de terra. Leve repelente, chegue cedo durante a temporada e contemple tamanha beleza.

Areado

Cachoeira do Areado (Reprodução Facebook Turismo Ilhabela)

No meio do caminho para a Praia do Bonete, a Cachoeira do Areado é um ponto estratégico de parada para recarregar a energia. A água gelada e a areia grossa da cachoeira são um ótimo massageador para os pés cansados dos aventureiros. Embora não haja queda d’água neste ponto da trilha, Areado é uma das maiores cachoeiras de Ilhabela.

Saquinho

Formada por uma queda d’água de 18 metros, que, apesar de não ser tão grande, forma uma bela paisagem em conjunto com a Mata Atlântica. Não há poço para banho, mas chegar até lá é uma grande conquista, uma vez que se encontra a pouco menos de 30 minutos da Praia do Bonete.

Gato

A caminhada começa no Canto do Ribeirão, na Praia de Castelhanos, para chegar à maior cachoeira do parque, com aproximadamente 80 metros de altura. São 4 km (ida e volta), de nível médio de dificuldade, que podem ser percorridos em 1h30. Ao longo da trilha, além de observar a rica fauna e flora da Mata Atlântica, há lugares encantadores como o Poço do Gordo, que possui águas em tons verde-esmeralda, ideais para um banho refrescante.

Posts relacionados