Futurista, fascinante, organizada, Cingapura atrai cada dia mais turistas em busca de sua rede hoteleira ampla e luxuosa, gastronomia incrível e atrações para todos os gostos

Captura de Tela 2015-03-16 às 21.54.54

Singapura para muitos, no nosso português Cingapura, é exemplo de organização urbana, gastronomia estrelada e uma cidade para voltar várias vezes. Segunda cidade mais segura do mundo, também é impecável na limpeza e organização. Tudo funciona perfeitamente e parece que sempre foi assim, mas não era. Sua reviravolta foi recente, toda esta civilização e modernidade foi construída nos últimos 48 anos, isto sem recursos naturais, petróleo ou indústria. Sua economia é baseada em serviços, em especial o porto, centro financeiro, medicina e, claro, o turismo. Possui uma estrutura hoteleira impecável, inclusive o icônico hotel Marina, com a famosa piscina em seu topo, debruçada para a cidade.

Captura de Tela 2015-03-16 às 21.54.12

Cingapura, além de um destino turístico, também é “ponte”para muitos turistas fazerem rápidas paradas entre destinos do ocidente e oriente. Para conhecer os pontos turísticos três dias são o suficiente. Agora, a parte gastronômica é uma atração à parte, possui vários restaurantes estrelados e considerados os melhores do mundo. Ou seja, a lista de opções é extensa – para mais de uma viagem…


Para visitar, a área atrás do hotel Marina, Gardens By The Bay, é a coisa mais linda do mundo. Jardins com estruturas de árvores futuristas, as Supertrees, cobertas com plantas locais, que colhem a água da chuva e energia da luz do sol para sua iluminação noturna.

Supertrees_Cingapura

Coroadas por dois domos gigantescos, em formato de pulmão ou nuvem, um dedicado às flores e outro às plantas, com espécimes de quase todos os continentes e a maior cachoeira indoor do mundo. Andar por ali é como estar em uma locação de um filme.

Captura de Tela 2015-03-16 às 21.57.23

Vale tomar um drinque ou almoçar no Sky on 57º, no topo do Hotel Marina, e ter uma bela vista de toda a marina e dos Gardens. Lá fica a famosa piscina – com borda infinita – mais alta do mundo, fechada para hóspedes, mas é possível dar uma espiada.

Hotel Marina_Cingapura

Ao caminhar pela orla do hotel não deixe de visitar a loja da Louis Vuitton, uma verdadeira obra prima arquitetônica. A volta completa oferece uma visão interessante de toda a bacia, desde o próprio icônico hotel, até os arranha-céus modernos do centro econômico-financeiro.

LV_Cingapura

Ainda vale visitar os bairros típicos: Little Índia e Chinatown, onde está localizado o mais antigo templo hindu da cidade (1827), The Sri Mariamman Temple, com sua fachada colorida e detalhista.

templo_cingapura

E também o Buddha Tooth Relic Temple and Museum, da dinastia Tang, um templo budista chinês com o interior impressionante, repleto de budas dourados, somando quase 2kg de ouro e pedras preciosas. Aqui é o único templo que tem a imagem do Buddha feliz, trazida da Índia, entre os 100 budas de seus interiores.

Captura de Tela 2015-03-16 às 21.58.09

O pôr do sol pode ser desfrutado do alto da Singapore Flyer, uma roda gigante de 165 metros de altura, com cápsulas de vidro, muito usadas para festas e despedidas – ou até um chá (tem uma cápsula para o chá da tarde). A Moët & Chandon Champagne Flight possui uma especial, com serviço de champagne, toda caracterizada. A volta dura meia hora.

Para compras, a Orchard Road é a maior concentração de shoppings de luxo que já vi. Ao caminhar pela linda avenida, é possível entrar em vários seguidos, e encontrar grande parte das grifes de luxo do mundo. Além de compras, reúne restaurantes, bares, danceterias e cafés. Se a intenção é fazer compras, vale um dia inteiro.

Antes ou depois do jantar, não deixe de tomar um drinque no bar Lantern do novo Hotel Fullerton. Também é uma opção de local para ver o show de luzes do Marina.

Posts relacionados