Viajar com crianças requer sempre uma dose extra de planejamento. Pode esquecer daquele tempo onde você arrumava as malas e, rapidamente, partia para um destino qualquer

Foto: Shutterstock

Depois dos filhos tudo muda, ainda mais quando o assunto é viagem. Pensando nisso e juntando toda a nossa experiência no assunto, preparamos um guia com informações importantes para você ganhar tempo e partir para o que realmente importa: curtir muito toda a experiência com os pequenos.

Veja também: 5 opções de passeios com as crianças pertinho de São Paulo

Antes mesmo de fazer as malas sempre vem aquela pergunta: Com que idade meu bebê já pode viajar?  Acho que esse é o primeiro questionamento de todos os pais de primeira viagem. Pelo menos comigo, foi assim. Existe uma diferença entre idade mínima e idade ideal. Em uma viagem de avião, por exemplo, cabe aos pais avaliar sempre a real necessidade de uma viagem e claro, se certificar de que todos os cuidados serão tomados. Em geral, as companhias áreas transportam bebês a partir do sétimo dia de vida. Quando falamos em idade ideal, vale um bate papo com o pediatra, previamente, para avaliar as condições do pequeno. Não existe um consenso, mas recomenda-se que os pais aguardem o bebê completar pelo menos os primeiros três meses. Assim, diminuem os riscos de infecções, uma vez que as principais vacinas estarão em dia.

Vacinas

Um dos itens indispensáveis em uma viagem e de extrema importância, a vacinação tem que estar sempre em dia. Para viagens nacionais e internacionais, o ideal é verificar a necessidade de alguma vacina especifica para aquele período. Infelizmente, ora ou outra acontecem surtos de alguma doença em determinadas regiões, como foi o caso da febre amarela. Lembrando que esse cuidado vale também para os adolescentes e adultos. Caso ainda reste alguma dúvida, ao clicar no link acima, você encontra o calendário nacional de vacinação.

Para o próximo post deste nosso mini guia de viagens outro assunto que merece a atenção dos papais: a documentação.

California Dreaming: quatro opções de parques para curtir com as crianças

Posts relacionados