Viajar com filhos não é tarefa fácil. A busca por destinos é interminável, afinal, há muitos critérios infantis que devem se sobressair na hora de escolher o lugar. É necessário observar se o hotel é kids friendly, se a cidade oferece programas e passeios voltados para crianças, além de restaurantes que recebam muito bem os pequenos. Para ajudar nesta árdua missão, reunimos um time para compartilhar suas experiências ao redor do mundo na companhia dos filhos. Quer saber mais? Acompanhe a nossa coluna “V&G Kids”

Ruas de Nova York (Foto: Jon Flobrant)

Big Apple, City That Never Sleeps, Empire City, esses são alguns dos apelidos dados a cidade de Nova York. Flavia Gemignani, mãe de João, de quatro anos, e Luiza, de um ano, já morou na cidade, antes da maternidade, e atualmente viaja para o local com frequência, mas agora com toda sua família. Na coluna de hoje, ela passa as melhores dicas de programas familiares por lá, mas pontua que não é o destino ideal para uma viagem com crianças pequenas. Ainda assim, por gostar muito do lugar, ela achou alternativas para que todos aproveitem o passeio.  

Rooftop do The Surrey Hotel (Foto: Reprodução Instagram)

Em que hotel ficar com crianças?

The Surrey Hotel: situado no Upper East Side é o favorito de Flavia na cidade. The Surrey está localizado em uma região que não é muito movimentada, porém, principalmente nos períodos de alta temporada, ela acredita ser o local ideal para se hospedar. Fica a 126 metros do Central Park e 483 metros do Museu Metropolitano. O prédio conta com um jardim sazonal na cobertura, além disso, os hóspedes têm o serviço de concierge disponível durante o dia todo. Outro diferencial do hotel é o Café Boulud, que fica aberto para o café da manhã, almoço e jantar. “Lá eles são muito atenciosos com as crianças. O serviço é ótimo, com um atendimento de muita qualidade” complementa Flavia.

 20 E 76th St

Lotte Hotel: para quem deseja ficar em Midtown, região mais movimentada, Flavia indica o Hotel Lotte, que é o antigo New York Palace. Ele é bem localizado, próximo da Quinta Avenida, conta com uma boa estrutura e quartos amplos. O lugar proporciona acesso fácil às lojas, além disso, fica próximo ao MoMA, Museu de Arte Moderna. 

455 Madison Ave

O que fazer:

Nova York é muito rica culturalmente, porém os programas podem ser limitados de acordo com a idade dos pequenos. Existem desde programações mais simples e tradicionais até as mais elaboradas. Sendo assim, a cidade proporciona diversão para todos os gostos e bolsos.

Playgrounds e Zoológico: dentro dos passeios mais simples, Flavia recomenda o passeio por diferentes parques, como por exemplo o Central Park, que conta com playgrounds e um zoológico, o Central Park Zoo –  em média R$73 ($18) para adultos e R$53 ($ 13) para crianças de 3 a 12 anos. O parque está aberto todos os dias, das 6h à 1h. 

Central Park (Foto: Jon Tyson)

Outro playground queridinho da família é o do Madison Square Park. O parque, situado no cruzamento da Quinta Avenida com a Broadway, quase em frente ao centro gastronômico Eataly, é agradável para piqueniques e brincadeiras com os pequenos. Está aberto todos os dias, das 6h às 23h. 

Teatros: algumas apresentações de teatro divergem de acordo com a idade da criança. Peças da Broadway, como Aladdin e O Rei Leão, têm uma classificação mínima de 4 anos de idade. Um espetáculo que tem entrada livre para todas as idades, porém é sazonal, é o Christmas Spectacular, estrelado pela Radio City Rockettes. Trata-se de um show musical anual, apresentado no Radio City Music Hall. “É maravilhoso, um espetáculo bem familiar, com muita música e efeitos especiais. Tem várias crianças na plateia, então ninguém reclama se seu filho estiver chorando ou andando no local” explica Flavia.

Museus: outro programa que é delicioso, e indicado para crianças, é a visita aos museus. Flavia costuma frequentar o Metropolitan Museum of Art – MET – , “O MET é o meu favorito, porém ele é muito grande, então sempre escolhemos uma área do museu para visitar com as crianças” complementa. É um dos museus mais visitados do planeta, e está entre os famosos da cidade, aberto todos os dias da semana, das 10h às 17h30. Os convites variam de $25 para adultos – em média R$100 – e $17 para idosos e crianças menores de 12 anos – média de 69.

1000 5th Ave

Metropolitan Museum of Art (Foto: Matthieu Joannon)

O MoMA, Museu de Arte Moderna, também é um ponto de parada da Flavia com os pequenos. As crianças adoram o local, especialmente pelo fato do museu contar com um programa de visita guiada especial para as crianças. Fica aberto todos os dias, das 10h às 17h30, e os ingressos custam $25 para adultos – em média R$100 – e $18 para idosos – média de R$73 – jovens menores de 16 recebem entrada gratuita.

11 W 53rd St

Sopa de cogumelos com sanduíche de batata e ovo do Gramercy Tavern (Foto: Reprodução Instagram)

Restaurantes:

Ter um menu que agrade o paladar infantil e, ao mesmo tempo, ter um atendimento de qualidade, pode ser um desafio para os pais. Confira os restaurantes que Flavia costuma ir com seus filhos em Nova York. 

Ilili: em primeiro lugar está o restaurante Ilili. O estabelecimento, de culinária libanesa, é dono de um menu espetacular e um ambiente agradável. Um ponto positivo do local é o fato de que todas as mesas são grandes, com isso, dispõe de um amplo espaço para colocar as bolsas, carrinho, e diversas coisas que se carrega por conta das crianças. “Eles recebem muito bem os pequenos! Por mais que não tenha kids menu, eles ajudam com o que tem no cardápio, e modificam os pratos para o público infantil” conta Flavia. 

236 5th Ave

Gramercy Tavern: o favorito da família é o Gramercy Tavern. O restaurante, comandado pelo Chef Michael Anthony, além de receber muito bem a criançada, conta com um cardápio tradicional americano, para Flavia, é o melhor de Nova York. A indicação do menu é o Chocolate Pudding Cake, trata-se de uma sobremesa, um bolo de chocolate com creme de leite, coco e sorvete de nozes. 

42 East 20th Street

 

Quer ler mais matéria sobre dicas de viagem com os pequenos? Clique aqui e confira!

 

Especial NYFW: 13 lugares descolados para um bom brunch em Nova York

Booking.com

Posts relacionados