Fernando de Noronha

De pequenas escapadas a dois à viagens multigerações (daquelas feitas com pais, filhos e netos), o brasileiro tem escolhido cada vez mais os destinos com praia. Veja a lista apresentada pela Virtuoso Travel Week, conhecida como a “fashion week” do turismo, com os lugares mais procurados pelos viajantes nesse segundo semestre de 2018

Separa o filtro solar e não esquece o biquíni: para as próximas férias, ou feriados prolongados, os brasileiros têm priorizado destinos com praia, daquelas cheias de lodges luxuosos. O beira mar é o lugar apontado como tendência para escapadas de finais de semana, feriado e até férias, seja para momentos a dois, seja com a família toda. A lista apresentada pela Virtuoso Travel Week – encontro que reuniu, em Las Vegas, mais de 6 mil especialistas em turismo na semana de 11 a 17 de agosto – aponta os destinos da vez: Trancoso, Fernando de Noronha, Jericoacoara, Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu.

Saindo do Brasil, a pesquisa revela que Portugal, Itália, Estados Unidos, África do Sul, França e Austrália são os queridinhos quando o assunto é viagem internacional. Colonização portuguesa, forte imigração italiana e reconexão com origens são os principais motivos que levam os brasileiros a visitarem os destinos que aparecem, respectivamente, no topo da lista. Apesar da vibrante cena cultural, o que nos encanta na hora de bater o martelo sobre o próximo lugar no mapa para conhecer é o charme de lugares interioranos, daqueles pouco explorados, e a culinária local.

Estados Unidos e África do Sul, por exemplo, fazem check-in na lista por conta de seus diversos destinos com observação da vida selvagem. Já França e Austrália são procurados graças ao clima semelhante ao que estamos acostumados.

África do Sul

O perfil desse consumidor é formado por: pessoas entre 54 e 62 anos (com tempo para viajar); gastam em torno de US$ 128 mil/ano (cerca de R$ 540 mil) em viagens; pagam US$ 5 mil (cerca de R$ 20 mil) em passagens aéreas; fazem, ao menos, três viagens no período de 12 meses; passam três vezes mais tempo no hotel do que outros lugares públicos; passam quatro vezes mais tempo em cruzeiros do que outras faixas etárias; e tem uma taxa de lealdade de 90% (repetem viagem no ano seguinte).

Outros exemplos ultraluxuosos são: viver como um local em uma vila na Europa para celebrar algum momento especial da vida com seus entes queridos; navegar pelas Ilhas Galápagos em um iate; ou embarcar em um jato privado para qualquer lugar que surja na mente.

O estudo vai além e diz que especialistas detectaram que os viajantes do Brasil têm se aventurado em lugares pouco comuns se comparados com anos anteriores. Entre os hotspots, aparecem países como China, Tailândia, Japão e Egito. Tendência global estão Sri Lanka e Tanzânia. Nas tendências mundiais, experiências com harmonização de vinhos aparecem pela primeira vez na lista.

Cuba

Para entender
A Virtuoso é uma agência de networking, que reúne mais de 17.500 advisors (cargo incomum no Brasil, que funciona como uma espécie de conselheiro de viagem, que monta roteiros personalizados) e 1 mil agências de viagens, que vendem pacotes customizados. Tem em seu portfólio propriedades de altíssimo luxo, destinos incríveis, e direito a amenities exclusivos, acesso privilegiado a atrações e raras experiências.

A “semana de moda” do turismo acontece anualmente em Las Vegas, há 30 anos, e apresenta as novidades do setor, discute temas importantes, como sustentabilidade e, neste ano, por exemplo, o retorno do Caribe após a destruição de diferentes ilhas pelos furacões de 2017.

Fotos: Shutterstock


*O repórter viajou a convite do escritório que representa a Virtuoso no Brasil, hospedou-se no Bellagio e Park MGM. Durante a viagem, foi utilizado um chip de internet oferecido pela EasySIM4U, que vende pacotes de internet e ligações internacionais, oferecendo a comodidade de você sair do Brasil com esse chip já habilitado.

Posts relacionados