Para muito além de um inesquecível momento à mesa, as casas que te apresentamos a seguir são deliciosamente interessantes, seja pela escolha primorosa dos ingredientes, pela decoração cool ou por promoverem mais do que uma refeição, mas uma experiência gastronômica

Atera, um pouco do Noma em Manhattan
Dentro de um prédio que abriga uma série de clínicas e escritório, no meio do Chelsea, está o Atera. Sua proposta é promover uma imersão em experiência sensorial onde a criatividade e a poesia convergem em uma refeição inesquecível. Palavras bonitas à parte, aqui se serve uma refeição incrível. E, sim, podemos chamar de experiência. O que vemos é respeito aos ingredientes e à comida. Alimentos em sua essência, uma busca pelo sabor e harmonização impecável. É memorável. Soma-se a um serviço impecável e descontraído, pessoas felizes trabalhando em um lugar que amam.

77 Worth St

Veja também:
Especial Nova York: 3 bares imperdíveis
Hotspots gastronômicos em Nova York por Dani Filomeno

Estela, pequeno, lotado, mas com refeição memorável
O moderninho Estela serve pequenos pratos em seu pequeno, apertado e escuro ambiente. Mas não se intimide pelo local porque é lá que você fará uma das melhores e mais diferentes refeições de Nova York – tanto que conquistou até o ex-presidente Barack Obama. A começar pelo Beef Tartar com sunchoke (alcachofra de Jerusalém) ou pelo cordeiro que vem com uma crosta de charmoula (especiarias) e mel e desmancha sem precisar de faca. Considerado por muitos a melhor novidade gastronômica dos últimos anos, é imperdível.

47 E Houston St

Cosme, o sucesso do mexicano Pujol na Big Apple
Esqueça tacos e burritos e fique atento em uma das mais bem executadas Margaritas que você encontrará em Manhattan. O Cosme é uma explosão de sabores, diferente de tudo que já se viu de uma cozinha mexicana. Inventivo, interessante e delicioso. Melhor: equipe atenciosa e lugar super-cool. Não vá embora sem provar o delicioso merengue com creme de milho. O chef Enrique Olvera, que colocou a casa entre as melhores da cidade, é proprietário também do celebrado Pujol, na Cidade do México, número 20 no ranking dos melhores do mundo.

35 E 21st St

 Fotos: Dani Filomeno e Divulgação

Posts relacionados