Planejar uma viagem é fundamental para aproveitar ao máximo o precioso tempo de férias. A expert de Disney, Aline Menegat, do site Falando de Orlando, compartilhou seis dicas fundamentais para quem vai para a terra do Mickey pela primeira vez. Confira

Roteiro inteligente: faça um roteiro inteligente! Pesquise muito ou contrate um serviço de planejamento de viagem para observar eventos especiais e quais dias os parques ficam abertos até mais tarde, além de fugir daqueles em que os parques ficam mais cheios, como o Magic Kingdom às segundas-feiras. Isso ajuda e muito no aproveitamento do tempo.

Fastpasses: são importantíssimos para ganhar tempo nos parques da Disney. Todos têm direito a agendar 3 fastpasses por dia, que otimizam o tempo de permanência nas filas, que, muitas vezes, se reduzem de 1h para 5 ou 10 minutos com esse recurso. Os agendamentos podem ser feitos pelo aplicativo da Disney e com 30 dias de antecedência da visita. Informações detalhadas no Falando de Orlando.

Importância do carro em Orlando: alugar carro tem um custo, mas influencia diretamente no aproveitamento da viagem, por isso, não abra mão de um. O transporte público na região nem sempre atende a área dos parques e serviços como Uber têm tarifas dinâmicas nos horários e dia e saída dos parques, por isso, não valem a pena.

Conheça o hotel mais luxuoso de Orlando 

Pacote de dados brasileiro: vale a pena! Muita gente acredita que a rede de wifi dos parques é suficiente, mas não é, já que o número de pessoas usando é grande, o que deixa o sistema lento e falho. Ter sua própria internet também é válido para emergências, como uso de aplicativos variados, além de Waze e Google Maps para quem optar em alugar carro sem GPS.

Cupom de desconto: faz parte do dia a dia dos americanos e vale muito a pena para outlets e restaurantes. É possível baixar vouchers nos sites dos malls e trocar por livrinhos com os descontos ou apresentá-los através de aplicativos nos locais em que estão sendo oferecidos. Vale a pena usar e, muitas vezes, resultam em uma economia legal.

10 curiosidades sobre o Mickey Mouse 

Dica especial para quem tem crianças até 8 anos: quem vier pela primeira vez com crianças até 8 anos, não se engane e invista em um carrinho. Por mais que não sejam usados para essa faixa etária no Brasil, andar nos parques durante todo o dia é cansativo para os pequenos e também para os pais, que acabam tendo que carregá-los no final do passeio. Um bom investimento não é comprar, mas sim alugar um modelo em empresas que oferecem o serviço em Orlando.

Sobre Aline Menegat

De grande fã do Mickey Mouse a empresária, Aline Menegat, criadora do “Falando de Orlando”, transformou seu lugar preferido no mundo em um negócio de sucesso. Através do blog de mesmo nome e de suas redes sociais ela apresenta, de maneira leve e descontraída, tudo sobre o universo mágico, indo do trivial, para quem vai debutar nos parques, às dicas mais específicas.

Com mais de 20 anos de experiência no segmento, trabalhando inclusive como cast member no Hollywood Studios, Aline vive com a família em Orlando e é dona da agência de viagens Menegatour.

Frequentemente, ela tem ajuda da filha Joana, de 7 anos, que adora aparecer nos stories da marca, contando suas aventuras e preferências. Mãe e filha falam o que pensam, de maneira espontânea, em posts sobre atrações, restaurantes, hotéis e diversos assuntos voltados para quem escolheu esse destino. “Nossas recomendações são honestas. Se não gostar, não indico mesmo. Quero que as pessoas tenham uma experiência não apenas especial, mas, inesquecível”, esclarece.

 

 

 

Quem disse que em Orlando não se come bem?

 

Posts relacionados