Parada obrigatória para amantes da boa mesa, a França tem na sua culinária um grande apreço cultural. E tanto apreço vem de tempos remotos, inclusive na confeitaria! Na idade média, a produção de doces, bolos e sorvetes se transformou em um trabalho manual tão rico e complexo, que os confeiteiros começaram a se destacar dos demais cozinheiros

Naquela época, membros da aristocracia francesa se cercavam de obras de arte, decorações corpulentas, roupas com tecidos nobres… Tanto luxo também deveria ser refletido no pratos: além dos ingredientes de máxima qualidade, o visual ornamentado e rebuscado também chamavam a atenção, principalmente de convidados da alta-sociedade. 

Resultado: a patisserie se transformou em um trabalho manual e artístico, que se perpetua até hoje. Por isso, montamos uma lista com os melhores doces da culinária francesa para você provar durante sua passagem por Paris. 

Éclair da L’éclair de Génie

melhor-eclair-paris
L’éclair de Génie, considerada pelos parisienses a melhor da cidade (Foto: reprodução site)

Também conhecido como profiterólis, o nome que pegou mesmo por aqui foi bomba recheada. Em Paris, o confeiteiro Christophe Adam fez fama enquanto trabalhava na confeitaria Fauchon e, em 2012, abriu uma loja especializada na iguaria, a L’éclair de Génie. Tem de caramelo salgado, creme brulé, maracujá… e, claro, muito chocolate!

Endereço: 14 Rue Pavée, 75004 

Macaron da Dalloyau

Duas bolachinhas de merengue e farinha de amêndoas com recheios variados. O favorito dos parisienses é feito pela pâtisserie Dalloyau, que mantém a receita tradicional e sabores básicos, como chocolate, baunilha, café, pistache, caramelo, framboesa e limão. 

Melhores macarrons de Paris (Foto: reprodução site)
Melhores macarrons de Paris (Foto: reprodução site)

Endereço: 6 rue de Lota, 75016 ou 101, rue du Faubourg Saint-Honoré, 75008

Tarte au Citron de Arnaud Larher

tarte-citron-arnaud-larher-1
Tarte au Citron de Arnaud Larher

Sobremesa da coroa real do século 19, a torta de limão leva uma massasucrée, uma massa clássica feita com bastante açúcar e recheada com creme de limão. Uma das mais requisitadas da cidade é vendida na confeitaria de Arnaud Larher – vencedor de prêmios como melhor pâtissier do ano pelo guia Champérard e o título de M.O.F (Meilleur Ouvrier de France), o mais importante do país.

Endereço: 53 rue Caulaincourt – 75018  ou 93 rue de Seine – 75006 ou 57 rue Damrémont – 75018

Mille Feuille do Jacques Genin 

Mil folhas do Jacques Genin (Foto: divulgação)
Mil folhas do Jacques Genin (Foto: divulgação)

Ou simplesmente: mil folhas! Uma massa folhada (dobrada cuidadosamente cinco vezes e recheada com manteiga) intercalada com um creme patissier liso e doce na medida. A bocada para se chegar ao paraíso é da maison Jacques Genin – a sobremesa já ganhou como a melhor de Paris pelo jornal francês Le Figaro. Vale provar o de baunilha, o de chocolate e o de caramelo.

Endereço: 133 rue de turenne ou 27 rue de varenne 

Os doces que imitam com perfeição frutas reais do Cédric Grolet

Cédric Grolet foi eleito, em 2017, o melhor chef confeiteiro do mundo pelo guia francês Les Grandes Tables du Monde, referência no meio gastronômico. E, em 2018, ganhou o mesmo prêmio pelo The World’s 50 Best Restaurants. Apenas por essa apresentação já valeria conhecer os seus doces. Mas, além disso, ele é conhecido por criar sobremesas que imitam perfeitamente as frutas que servem de base para o doce…verdadeiras obras de arte!

Cedric
Cédric Grolet, o melhor confeiteiro do mundo (Foto: reprodução Instagram)

Endereço: 228 rue de Rivoli, 75001 

Posts relacionados