A Noruega será palco do hotel mais sustentável do mundo, o Svart Glacier Hotel, que tem inauguração prevista para 2021

A Noruega é um país que sempre cria exemplos de sustentabilidade mundial e, para confirmar ainda mais esse selo, está prestes a receber o hotel mais sustentável do mundo, o Svart Glaicer, que abrirá suas portas em 2021. O hotel é o primeiro do mundo que investirá no conceito de energia positiva e é uma colaboração entre Miris, Snohetta e Powerhouse.

Svart Glacier Hotel tem inauguração prevista para 2021 (Foto: divulgação)

Com localização privilegiada, o Svart terá vista para a incrível geleira de Svartisen, a segunda maior do continente norueguês, e também para as luzes da aurora boreal durante a temporada de inverno. Além disso, o hotel é o primeiro do mundo com energia positiva localizado acima do Círculo Polar Ártico – que oferece dias intensos de verão (com luz o tempo todo) e no inverno é iluminado pela Aurora Boreal. O planejamento arquitetônico do empreedimento, com diversas pilhas de madeira, resultou em um lindo prédio circular espelhado que se estende desde a costa até o pé da geleira de Svartisen e chega às águas límpidas do fiorde do Ártico.

Svart Glacier Hotel será o hotel mais sustentável do mundo (Foto: divulgação)

Em termos de energia, o Svart reduz seu consumo anual em 85% em comparação aos outros hotéis modernos e também recolhe energia solar suficiente para poder cobrir as operações do hotel e a energia necessária para construir o prédio. Quando estiver 100% pronto, o hotel irá gerar mais energia do que consome e isso não terá impactos negativos para a natureza ao seu redor.

Como bom destino norueguês, o Svart olhará para as atividades ao ar livre e também permitirá o hóspede a ter uma experiência e viver em proximidade com a natureza. Será possível caminhar entre os solos azuis que compõe a geleira Svartisen ou também praticar escaladas com guias especializados e treinados. Durante o inverno, os hóspedes poderão observar as cores incríveis da Aurora Boreal. A yoga também é uma prática que entra em vigor e será possível aproveitá-la durante o sol da meia noite, mas, se quiser, o hóspede também poderá curtir a pesca realizada no fim do verão ou lançar seu caiaque do convés localizado embaixo do seu quarto e desbravar as águas norueguesas. Além disso, também será possível colher todas as iguarias locais e participar da preparação de cada refeição realizada no Svart.

O Svart terá vista privilegiada para a segunda maior geleira da Noruega (Foto: divulgação)

O Svart é um hotel que, principalmente, valorizará as práticas sustentáveis e também colocará seus hóspedes em contato direto com o meio ambiente.

Veja também: 30 programas imperdíveis pelo mundo, segundo Dani Filomeno

Posts relacionados