Tati Luft no Egito Antigo (Foto: Tati Luft)

Terra das múmias e pirâmides históricas, esfinges, faraós, arqueologia moderna, camelos, mistérios e do poderoso rio Nilo. Egito é um dos destinos mais deslumbrantes do mundo, não só por sua beleza de encher os olhos, mas por guardar segredos e monumentos dignos de fascinação. Um deles é a Pirâmide de Quéops, uma das 7 maravilhas do mundo. Tatiana Luft pousou pelo país e divide com o V&G suas impressões

Quem nunca sonhou em conhecer o Egito? Eu sonhava desde criança e, em 2018, o sonho virou realidade. E a realidade foi muito melhor que o sonho!

O primeiro passeio foi conhecer as Pirâmides de Quéops. Elas já são lindas e grandiosas em fotos, pessoalmente são ainda mais. Dá pra chegar pertinho, dá para entrar na maior (de Quéops), dá pra tirar foto de todos os ângulos, dá pra passear de camelo olhando para elas… a diversão é garantida. Outro monumento de tirar o fôlego é a Esfinge, que ficou enterrada por anos e foi totalmente desenterrada entre 1925 e 1936. Ela foi esculpida em uma pedra única de mais de 70 metros de comprimento e é maravilhosa. Todas as noites é oferecido um show de luzes nas Pirâmides, recomendo imensamente: é lindo!

Do Cairo, peguei um avião rumo a Assuã, cidade no sul do Egito, e lá iniciei um Cruzeiro pelo Rio Nilo. O rio é calmo, tranquilo, a gente nem sente que está em um navio. A vista é sempre muito bonita e em cada parada da travessia conheci um templo diferente. Além disso, há uma parada para um banho – onde não tem crocodilos – e fiz um passeio de camelo para uma aldeia Núbia (onde o animal de estimação é justamente o crocodilo).

Passeio no Rio Nilo (Foto: Tati Luft)

Todos os templos são magníficos. Alguns mais conservados (como o de Hathor, em Dandara), outros menos. Mas o mais interessante é conhecer todos, para ter uma visão geral. Aos poucos as histórias vão se encaixando, as imagens talhadas nas paredes começam a ser facilmente compreendidas, e a História do Egito Antigo nos é fornecida por meio de desenhos de milhares de anos atrás. É mágico, é imperdível.

Outro passeio que eu amei foi andar de balão sobre a cidade de Luxor. Ver o amanhecer em cima de um balão e sobrevoar essa cidade histórica foi, com certeza, um dos melhores dias da minha vida. E – prepare-se – o dia no Egito começa às 4h da manhã e termina às 22h! E é cheio de surpresas, muito agradáveis e inesquecíveis.

Recados importantes:
– No verão, é muito quente, então é recomendável que se use um lenço na cabeça (que depois descobri que não esquenta, protege) e calças leves, porque os passeios são sempre uma surpresa!

– Como o Egito é um país bastante diferente, aconselho contratar um pacote com uma agência de confiança. Mesmo quem não gosta de excursão (eu nunca gostei), vai adorar, porque o Egito está investindo em grupos menores e com guias que falam a língua do visitante (o meu guia foi ótimo, falava português fluente).

– O Egito está investindo em segurança. Nas cidades maiores – como Cairo e Luxor – há policiamento ostensivo em toda a cidade e principalmente nos Templos. No interior (como Ábidus), minha van foi escoltada por policiais o tempo inteiro (por 3 horas), para assegurar que eu chegasse segura e protegida.

Posts relacionados