Ótima comida, organização padrão Disney, estrutura impecável e agenda de programação para encantar – e manter ocupada – a criançada. Boa gastronomia incluída, shows inéditos da Broadway, Kids Club, personagens acessíveis o dia todo e uma área de adultos que vai fazer valer à pena o esforço de divertir os pequenos

Varanda da cabine do Disney Cruise (Foto: Daniela Filomeno)

Confesso que entrar em um navio nunca foi o meu ideal de viagem. Ainda mais cruzeiro da Disney, que imaginava aquela agitação insana dos parques de Orlando, no melhor esforço para não perder nenhuma criança e atender todas as demandas de  brinquedos, com filas e muito cansaço. Mas, a convite da Disney Cruise, e principalmente pelos meus filhos pequenos, resolvi encarar meu preconceito e ver de perto como é essa experiência. E adorei!!

São quatro navios que atendem na Flórida, com saída de Miami e Cabo Canaveral. No verão europeu, eles rumam para o mar Mediterrâneo e arredores.

No pacote, todas as refeições estão incluídas, com comidas a bordo, snacks e bebidas não alcoólicas (algumas especiais são cobradas à parte, assim como as alcoólicas). Atrações do barco, como shows (produções com Broadway), jantares temáticos, cinema, teatro, karaokê, jogos, festas, tudo incluído.

Em cada canto do navio sempre é possível encontrar personagens disponíveis para fotos e autógrafos. Alguns é possível até agendar com antecedência, para não enfrentar grandes filas.

Estrutura para os pais: os dois Kids Club se encarregam dos pequenos, a partir de 3 anos, em um sistema seguro com pulseira de identificação, reconhecimento de face, foto e senha para retirada da criança. E ficam abertos até tarde.

Como escolher seu cruzeiro

Comece primeiro de onde quer sair e quantos dias quer ficar. Ao selecionar o mês que pretende ir, entenda que o valor do cruzeiro é igual passagem de avião: quanto maior antecedência, menor o custo. O navio vai lotando e os valores subindo. O valor é pago por pessoa, já que a comida e bebidas (não alcoólicas) estão incluídas. Eles oferecem cabines que cabem até quatro pessoas em diversas categorias que vão desde quartos na área interna do navio sem janelas até cabines com amplas varandas e a presidencial, praticamente um apartamento a bordo.

Nos navios grandes, 80% das cabines, e mais de 70% dos menores (Disney Magic e Wonder) têm vista para o mar. Desses, quase 90% e 60%, respectivamente, possuem varandas privativas.

Parada em Nassau, Bahamas (foto Daniela Filomeno)

Tipos de Navios Disney

São quatro navios Disney, Magic e Wonder, ambos com capacidade para 2,7 mil pessoas, e os maiores  Dream e Fantasy para 4 mil pessoas que saem do Porto Canaveral, perto de Orlando. O navio maior tem naturalmente mais restaurantes, bares, shows e atividades, mas fui no Disney Magic e achei muito bom explorar a ilha da Disney, Castaway, não na capacidade máxima (mesmo sendo projetada para receber os 4 mil passageiros).

Paradas

Saindo de Miami, encontrará cruzeiros parando de Bahamas a Cancun, no México, ou na charmosa Key West. Um local sempre incluído é a ilha privativa em Ábacos, nas Bahamas, também chamada de ilha da Disney.

Disney Magic

No Disney Magic Cruise, duas novidades estrearam há menos de oito meses: o show da Cinderela, produzido pela Broadway, e o jantar da Rapunzel, em um salão todo ambientado. No inverno americano, ele parte de Miami em roteiros de quatro e cinco dias, com itinerários que podem incluir Key West, Nassau, Curaçao, Castway, entre outros lugares. 

(foto Daniela Filomeno)

Conexão

O wi-fi a bordo é cobrado à parte ($150 1 gigabyte) e sinal 3G só nas paradas. Para se comunicar dentro do navio, o App tem um sistema de messenger para falar entre todos a bordo, que tem emoticons fofos dos personagens da Disney. Este mesmo App, tem a programação diária, restaurantes abertos, cardápios, onde encontrar os personagens e tudo para facilitar sua vida dentro do Cruzeiro. Também tem um telefone sem fio, que pode andar com ele por todo navio.

A partir de qual idade vale fazer um Cruzeiro da Disney?

Se tiver filhos pequenos e tiver que vir (para trazer os maiores), eles irão se divertir, afinal tudo é muito lúdico. Mas o ideal é a partir dos 3 anos, idade inicial para os dois kids club. Tem um berçário que é cobrado a parte (US$90/hora), com estrutura completa para o bebê. 

Atrações para crianças

O navio é todo projetado para receber crianças de todas idades. Porém, a partir dos 3 anos, poderá frequentar os kids Club que fica na maior do tempo com monitores, sem pais. Por isso, precisa saber ir ao banheiro sozinho e não usar mais fraldas. São dois Kids Club no Disney Magic, todos tem momentos de Open House, onde é aberto para pais e cuidadores acompanharem seus filhos na brincadeira. Muitos brasileiros trabalham no navio, inclusive no kids Club, o que ajuda muito para as crianças que não dominam o inglês.

  • Uma das áreas molhadas de crianças no Disney Magic (foto Daniela Filomeno)

    It’s a Small World Nursery – berçário para bebês de até três anos. É cobrado à parte (US$90/ hora), tem de fraldário a berço, tudo para seu bebê ficar bem sozinho.

  • Disney’s Oceaneer Club – um kids Club voltado para os personagens da Disney, com um play do Woody que as crianças piram.
  • Disney’s Oceaneer Lab – neste kids Club são mais para atividades artísticas, com “experiências” de ciência até oficina de cupcake.
  • Cinema – oferece filmes inéditos e clássicos da Disney sob as estrelas ou nas salas de exibição de última geração para a criançada o dia todo, até sessão antes de dormir, onde todos já vão de pijamas.
  • Teatro com show da Rapunzel, Cinderela e mágica/ malabarismos

Atrações para teenagers

  • Vibe teen club – ambos clubes tem programação o dia todo, de stand up a baladinha no final do dia.
  • Edge teen club
  • Chill Spa for teens at Senses Spa & Salon – os adolescentes têm sua área reservada no spa.
  • Cinema – os adolescentes também encontram filmes para sua idade no cinema.
  • Teatro com show da Rapunzel, Cinderela e mágica/ malabarismos.

Tem área para adultos?

Um brinde à área dos adultos! Quem disse que o navio da Disney não tem espaço para maiores?

No deck onde tem as duas piscinas infantis, com tobogãs e áreas molhadas, cinema ao ar livre, entre outras coisas, também tem uma área exclusiva para maiores de 18 anos. Jacuzzis, piscina com espreguiçadeiras e um bar para os pais recarregarem as energias. Um andar também tem bares, Pub, sala de jogos e outras atrações voltadas para adultos. Além de um restaurante de alta gastronomia, o Palo.

São seis bares pelo navio:  Pub, piano Bar, o-Bills, Palo Bar, Cove, Signals – estes dois últimos na área da piscina, também para adultos. Também tem disco club, música ao vivo, stand up e outras atrações. Inclusive uma balada silenciosa onde todos usam fones de ouvidos e cada um ouve e dança a música que escolher. 

Alta gastronomia a b ordo no restaurante para adultos Palo (foto Daniela Filomeno)

O Palo, restaurante de gastronomia italiana apenas para adultos, é delicioso! Lá tem um suflê de chocolate e um tiramisú incríveis. O Palo não está incluído no pacote, é opcional, mas o preço é justo: $40 para antepastos, entrada, prato principal (com opções como pasta de lagosta ou ossobuco) e sobremesa. Vale super a pena.

Gastronomia

Quem disse que não se come bem no navio? Um sistema rotativo indicará em quais restaurantes jantará antes mesmo de embarcar, é prático e superorganizado. Não gostou? Assim que embarcar, vá ao concierge e adeque ao seu gosto, mas garanto: é fácil e eficiente. Sua mesa será a mesma (número), assim como seus atendentes – eles procuram colocar pessoas que falam a sua língua, no nosso caso uma brasileira e um português nos atenderam.

O Disney Magic ainda tem o Rapunzel’s Royal Table, Animator’s Palate, Lumiere’s (que serve café da manhã à la carte), Cabanas (que não precisa de reserva) e os no melhor estilo “deu fome” no  meio do dia Pete’s Boiler Bites (de saladas, frutas e comidas saudáveis), Pinocchio’s Pizzeria e Daisy’s De-Lites.

Castway Cay

Praia para adultos no mar estonteante de Castaway Cay, ilha da Disney nas Bahamas (Foto: Daniela Filomeno)

Uma ilha privada nas Bahamas que recebe somente quem está nos cruzeiros da Disney. A companhia planejou com antecedência esta parada paradisíaca: a Disney Cruise comprou a ilha dois anos do primeiro navio ficar pronto, há 21 anos, e fez uma estrutura digna dos seus parques. 

Key West

Key West, a última cidade do arquipélago da Flórida Keys, é a mais famosa e fica a exatos 260km de Miami e a apenas 145km de Cuba – ou seja, é o extremo sul dos Estados Unidos. Chamada de Caribe dos Estados Unidos, o mar é azul turquesa e faz sol o ano inteiro. Destino ideal para se desconectar e relaxar ao máximo.

Uma curiosidade: Key West é o estado oficial da torta de limão, decretado por lei. Impossível ir até lá e não experimentar a iguaria. Nossa dica é ir no Blue Heaven, um restaurante delicioso, todo de madeira com um jardim cheio de mesas, música animada e bem caribenho. Almoçamos por lá um prato com camarão e grift, uma espécie de polenta típica do sul, que veio com bolo de banana, combinação diferente e saborosa, e terminamos com a clássica Key Lime Pie.

Nassau & Paradise Island

Nassau, a capital das Bahamas, é um movimentado centro metropolitano repleto de cultura, lojas, restaurantes, hotéis, cassinos e, claro, praias. A cidade recebe inúmeros cruzeiros por dia, ou seja, se prepare para lugares lotados!

Uma das praias do gigantesco hotel Atlantis, em Nassau (foto Daniela Filomeno)

Para o norte de Nassau, ligada por uma ponte, encontra-se a Paradise Island. Seu nome diz tudo. São 685 acres de pura euforia, desenvolvidos quase que exclusivamente para encantar e acomodar os visitantes, aqui é onde ficam a maioria dos grandes resorts. E é aqui que fica o Atlantis, pegamos o dia para Atlantis Adventures, praticamente um parque aquático, cheio de piscinas, tobogãs, rio de correnteza, espaço aquático Kids e assim vai. Para criançada é diversão pura. O complexo de resorts também tem duas praias, a Cove Beach é a mais calma. Há outras opções na ilha para quem quiser mais sossego, vou preparar uma matéria para vocês, mas as Kids estavam com tanta energia que não teve jeito: precisamos de um parque aquático para gastar esta energia toda! O valor para todo o complexo é $120 adultos e $83 crianças a partir de 4 anos. Quem quiser só curtir a praia, pode pegar um day use apenas para isso.

Curiosidades do Navio da Disney

A buzina da Disney Cruise Line são as icônicas sete primeiras notas da melodia da música “When You Wish On a Star”.

Os navios da Disney são os únicos navios de cruzeiro que possuem quatro capitães – o capitão do navio, o capitão Mickey, o capitão Gancho e o capitão Jack Sparrow.

A festa do convés “Piratas do Caribe”, sempre em uma das noites do navio, faz queima de fogos de artifício em pleno mar, coisa que só a Disney mesmo pode fazer.

Área para adultos com piscina, bares e jacuzzis (foto Daniela Filomeno)

Mesmo tendo 21 anos de idade, o Disney Magic tem sua manutenção impecável. Ele não pára, enquanto os viajantes desembarcam 9h da manhã, às 11h30 já tem novos turistas prontos para almoçar no Cabanas. Toda a manutenção é feita durante os cruzeiros, principalmente à noite.

Os navios da Disney são pintados com cores inspiradas no Mickey Mouse – casco preto, superestrutura branca, acabamento amarelo e dois funis vermelhos gigantes, cada um com o logotipo Mickey Mouse da Disney Cruise Line. Os botes salva-vidas são amarelos, em vez do tradicional laranja reguladora. A Disney recebeu permissão especial da Guarda Costeira dos EUA para pintar os botes salva-vidas de amarelo, para manter a cor especial do navio.

São cerca de 950 tripulantes (Disney Magic) de mais de 86 nacionalidades diferentes. Isso é aproximadamente um membro da tripulação para cada três convidados.

Cada navio da Disney tem um Oficial Ambiental a bordo dedicado a supervisionar todos os sistemas e procedimentos ambientais, juntamente com os esforços de reciclagem de bordo, minimização de resíduos e recuperação de água.

O revestimento de casco inovador é 100% não-tóxico para o ambiente marinho e eficiência de combustível, reduzindo a resistência da superfície na água.

Mais de mil galões de óleo de cozinha usado nas cozinhas a bordo são descarregados e reciclados em portos de escala em todo o mundo a cada semana. Nas Bahamas, uma parceria com a Administração de Resíduos das Bahamas (BWM) permitiu a conversão em combustível biodiesel para a frota local de veículos BWM.

Os sistemas de reciclagem de bordo juntam mais de 325 toneladas de materiais recicláveis ​​de alumínio, plástico, papel entre outros a cada ano. Isso é o equivalente a mais de 54 ônibus escolares ou 24 baleias jubarte.

Posts relacionados