Ao pé do Lago del Inca, a estação de esqui Portillo reúne belas paisagens, ótima infraestrutura para esqui e boa gastronomia 

A estação de esqui Portillo, no Chile, é o cenário perfeito para quem quer aproveitar a temporada de neve ou se iniciar no esporte e, o melhor, não fica muito longe do Brasil. A duas horas do aeroporto de Santiago, possui estrutura completa de hospedagem, lazer e entretenimento para adultos e crianças. O destino conta com 34 pistas para todos os níveis de esquiadores e snowboarders, 14 meios de elevação e, de quebra, ainda oferece diversas promoções especiais ao longo de toda temporada.

Portillo-Chile3

Encravado literalmente na Cordilheira dos Andes, o hotel está instalado em frente ao belíssimo Lago del Inca, entre montanhas nevadas, encostas íngremes e cumes que chegam a atingir mais de cinco mil metros de altura. Mesmo com o termômetro abaixo de zero, o sol brilhante se faz presente, refletindo na água do lago as montanhas que o cercam, formando um cenário que mais parece uma pintura. Ao final do dia é mandatório pelo menos alguns minutos na piscina quente e jacuzzis do hotel para descansar e relaxar do esforço do dia.

Portillo-Chile7

O hotel Portillo, construído ao final da década de 40, conserva seu estilo clássico num ambiente muito familiar. A temporada vai de julho a outubro e chega a receber até 10 mil hóspedes de todo o mundo, experientes ou não, em busca de praticar o esporte com um certo nível de isolamento. Diferente de outras estações de esqui da América do Sul, o hotel não possui quaisquer tipos de estabelecimentos comerciais em seus arredores, o que proporciona na estação um quê de destino intocado e é justamente este um dos principais pontos de encantamento de quem o visita.

Portillo-Chile5

Além dos esportes de neve, há muitas atividades, tanto para as crianças, como o MiniClub; quanto para os adultos, com aulas de ioga, alongamento, sessões de cinema, campeonatos de jogos de mesa e por ai vai… Pode-se acompanhar a programação completa que é fixada, diariamente, aos quadros de avisos.

Portillo-Chile6

Para os mais experientes e que gostam de uma dose a mais de adrenalina, é possível praticar heliski, uma modalidade ainda mais radical, em que o esquiador é levado de helicóptero até pontos isolados da montanha, fora do circuito convencional para descer por pistas exclusivas até a base da estação.

Portillo-Chile2

Na gastronomia, Portillo possui o restaurante principal, onde são servidos café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar. No almoço e jantar, o menu possui opção de uma entrada, três de prato principal e duas de sobremesa. Vale arranjar uma visita ao restaurante Tio Bob’s, que fica no topo de uma das montanhas, a 3.200 metros de altitude. Além da vista magnífica para toda a estação, tem um buffet de saladas e grelhados que vale a pena.

Portillo-TioBobs

Não é pelo fato de estar isolado que não há maneiras de se divertir por lá. O bar do hotel Portillo tem programação musical todas as noites, com estilos variados de música. Vale pedir o tradicional drinque local, o Pisco Sour, e relaxar. Se quiser um pouco mais de diversão, após o encerramento do restaurante e bar, o La Posada é o point para quer estender a noite. Ele foi criado para apoio dos funcionários, mas acabou caindo no gosto dos hóspedes que querem curtir  ao som de muito reggaeton e mais alguns drinques.

Portillo-Chile4

Para quem busca um destino econômico, o hotel Portillo ainda oferece mais dois tipos de acomodações, além dos apartamentos convencionais no complexo principal. O primeiro é o Octagon, uma área anexa ao hotel com 16 apartamentos menores e mais simples, que abriga até quatro pessoas e possui banheiro privativo. Já o Inca Lodge, muito procurado por mochileiros, funciona como um albergue, com quartos e banheiros comunitários.

E se você não dispõe de muito tempo para viajar, mas não quer abrir mão de curtir a temporada, o hotel Portillo tem pacotes especiais, chamados mini weeks, ideais para quem busca uma viagem mais curta. A hospedagem é de quatro noites, que incluem acomodação, acesso ilimitado aos teleféricos, quatro refeições diárias e acesso livre às instalações do complexo.

Fotos: Pamela Carvalho e Divulgação 

Posts relacionados