Às margens do rio Danúbio, o Wachau Valley tem  tradição de vinicultura há dois mil anos. E uma das mais antigas vinícolas não só produz vinhos premiados, como foi pioneira dos biodinâmicos. Daqueles lugares que valem a viagem, confira!

Produção familiar, Nicolaehof tem premiados vinhos austríacos

A cidade de Dürnstein, na região vinícola de Wachau Valley, na Áustria, guarda uma joia para amantes de vinho. A vinícola Nikolaihof foi pioneira na produção de biodinâmicos na região e é uma das mais tradicionais da Áustria – produz vinhos há mais de 2 mil anos no Wachau Valley. Desde 1971, seus vinhos são feitos sem nenhum pesticida ou agrotóxicos químicos. Tem um vinho com 100 pontos na lista de Robert Parker, o 1995 Nikolaihof Vinothek Riesling, único austríaco a alcançar esta marca. Sua uva predominante é a Grüner Veltliner, mas oferece o melhor riesling da região, prova que é possível produzir bons vinhos orgânicos.

A história do local é longa: abrigou uma vila romana há 2 mil anos e a primeira igreja dos Alpes italianos. Depois, um monastério e ao longos dos séculos foi um lugar de grande importância para o catolicismo, com a assinatura de uma série de documentos históricos. Hoje, abriga uma das mais conceituadas vinícolas da Áustria.

Veja também:
Viena, capital da música clássica
Onde comer em Viena, na Áustria

Apesar de tradição milenar, a Europa central nunca havia sido protagonista na produção mundial de vinho. Mesmo aqui no Brasil, poucos rótulos eram conhecidos. Porém, nas duas últimas décadas os vinhos da Áustria conquistaram a atenção dos amantes de vinho e começaram a se tornar conhecidos por aqui. Principalmente a varietal Risseling às margens do Danúbio e os vinhos de sobremesa, entre os melhores do mundo. Na Áustria, os campos de cultivo das videiras e de vinificação existem há mais de mil anos, ou seja, o país tem tradição, como Bordeaux e outras regiões. A uva Grüner Veltliner é a variedade que mais se encontra no país.

Cruzeiro pelo Rio Danúbio

O que era para ser apenas uma parada do nosso Cruzeiro pelo Rio Danúbio, se transformou em uma agradável surpresa de um local com muita história, produção de vinhos de geração para geração de uma família empreendedora – até produtos de beleza orgânicos estão produzindo em outra empresa tocada por um dos filhos.

Posts relacionados